conecte-se conosco


Policial

PM prende três pessoas por roubo e porte ilegal de arma em Rondonópolis

Publicados

em

Em ação rápida, policiais militares do grupo de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) prenderam dois homens, de 22 e 24 anos, e uma mulher de 20 anos pelos crimes de roubo e porte ilegal de arma, na tarde desta quarta-feira (22.06), em Rondonópolis. Na ação, foram apreendidas duas armas de fogo, celulares e quantia em dinheiro.

Conforme o boletim de ocorrência, por volta de 16h50, a equipe do Raio foi acionada para verificar uma denúncia, em um estabelecimento comercial, na região central da cidade. Segundo a denúncia, dois homens armados teriam invadido o local, roubado celulares e dinheiro e teriam fugido em uma motocicleta.

Em diligências, os policiais conseguiram localizar os suspeitos, que foram detidos no estacionamento de um supermercado.

Em revista pessoal aos suspeitos, foram encontrados um revólver de calibre .38 e um revólver de calibre .32, ambos municiados. Questionados sobre o roubo, os suspeitos confessaram o crime e receberam voz de prisão.

Na Delegacia de Rondonópolis, os dois suspeitos foram reconhecidos pelas vítimas do roubo. Um dos funcionários informou que o roubo começou após uma mulher ter ido ao estabelecimento para comprar um aparelho celular que ele teria anunciado a vendasnas redes sociais. A vítima disse que os criminosos teriam ido direto em seu aparelho e perguntaram por outros celulares que estariam na loja. 

Veja Também:  Policiais e autoridades civis são homenageados com a Moeda Honorífica do Bope

Diante das afirmações, as equipes policiais questionaram se a mulher mencionada pela vítima estaria envolvida na ação criminosa. O fato foi confirmado pelos homens presos e a mulher, que estava presente na Delegacia como suposta vítima, também recebeu voz de prisão pela participação no roubo.

Disque-denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

 
Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Tio de 62 anos é preso pela Polícia Civil por estupro de vulnerável contra sobrinha

Publicados

em

Por

Um homem investigado pela Polícia Civil pelo estupro de vulnerável contra a própria sobrinha foi preso nesta sexta-feira (01.07). O crime ocorreu na cidade de Denise e é investigado pela Delegacia de Barra do Bugres.

A Polícia Civil apurou que o investigado de 62 anos cometeu os abusos sexuais contra a vítima que atualmente está com 13 anos. Os abusos teriam iniciado quando ela tinha 10 anos.

A vítima procurou ajuda do Conselho Tutelar após assistir a uma palestra na escola sobre violência sexual, na cidade de Denise.

O fato foi registrado na Polícia Civil que deu início à investigação e apurou que, além do suspeito de 62 anos, outro tio da vítima também é investigado por cometer abusos contra a adolescente.

A partir das informações coletadas na investigação, a delegada Renata Evangelista representou pela prisão dos dois envolvidos. As buscas seguem para localizar o segundo envolvido.

O homem preso nesta sexta-feira respondeu anteriormente por outro crime de estupro.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Homem e mulher envolvidos com tráfico de drogas são presos em Sorriso
Continue lendo

Policial

Polícia Civil cumpre prisão preventiva de trio envolvido em diversos roubos em Várzea Grande

Publicados

em

Por

Três criminosos envolvidos em diversos roubos em Várzea Grande tiveram mandados de prisão preventiva cumpridos pela Polícia Civil, nesta sexta-feira (01.07), dentro do trabalho investigativo realizado pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos do município (Derf-VG).

Os suspeitos foram identificados como autores de um roubo a residência em que uma família foi feita refém no bairro Nova Várzea Grande. O crime ocorreu no dia 22 de fevereiro, quando os criminosos invadiram a casa, rendendo o casal e as duas filhas de 03 e 07 anos, fazendo ameaças e subtraindo diversos bens.

Durante o roubo, enquanto um dos suspeitos ficou com as vítimas, as ameaçando e exigindo que fizessem transferências bancárias, os outros dois vasculhavam a casa subtraindo bens de valor, que foram colocados no veículo da vítima que também foi utilizado na fuga.

No dia 1º de março, o trio praticou um roubo a um hotel em Várzea Grande, ocasião em que foram presos em flagrante pelo crime. Na ocasião, um dos assaltantes estava em posse do celular roubado da vítima do roubo a residência.

Veja Também:  Polícia Civil prende servidor que utilizava do cargo para abusar sexualmente de menores carentes

Além dos dois roubos, os suspeitos possuem diversas passagens anteriores por crimes de roubos, furtos, associação criminosa e tráfico de drogas. Dois deles também foram identificados como autores de outro roubo a residência ocorrido no mês de janeiro em Várzea Grande.

Diante dos fatos, o delegado da Derf-VG, Maurício Maciel Pereira Junior, representou pela prisão preventiva dos suspeitos, em decorrência do envolvimento do roubo a residência em que a família foi feita refém. Os mandados foram expedidos pela Justiça e cumpridos pela equipe da Derf no presídio onde cumprem pena em decorrência dos outros crimes.

“Em virtude das investigações que apontaram o envolvimento dos investigados no roubo e de todo histórico dos suspeitos, foi representado por nova prisão preventiva, garantindo que eles permaneçam presos pela prática dos crimes”, concluiu o delegado.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana