conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil apresenta Anuário de atendimentos na Delegacia da Mulher no ano de 2018

Publicados

em

Assessoria | PJC-MT

O segundo Anuário Estatístico da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá referente ao pronto-atendimento de 3.054 vítimas femininas de violência doméstica e familiar, do ano de 2018, será apresentado nesta sexta-feira (29.03) pela Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, no auditório da Diretoria Geral, na Avenida Coronel Escolástico, bairro Bandeirantes, em Cuiabá.  

O documento, a exemplo do primeiro anuário de 2017, traça análise dos atendimentos de mulheres, que buscaram ajuda ou até mesmo uma orientação na Delegacia da Mulher, após sofrerem algum tipo de violência.  

O Anuário compreende levantamentos de dados das ocorrências quanto aos dias da semana com maiores índices de registros, horário dos fatos de maior incidência, bairros contendo maior número de registros e outras informações quanto às vítimas que procuraram a Delegacia, como a idade, cor declarada, profissão, números de filhos da união com o autor, vínculo com o autor no momento do registro e outras peculiaridades. 

O Anuário também traçou o perfil do autor da violência, a partir das declarações da vítima no momento do pronto atendimento.

Veja Também:  Foragido do Paraná é preso em Sorriso

A delegada titular da Dedm Cuiabá, Jozirlethe Magalhães Criveletto, frisa que o documento é muito importante porque é uma referência para o conhecimento sobre vítimas atendidas na Capital. Também mostra a seriedade e compromisso sobre o trabalho da Delegacia e a efetividade das políticas de segurança em torno do enfrentamento da violência contra a mulher em Cuiabá.

“O Anuário 2019 é mais uma demonstração da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, de que estamos comprometidos com a causa da mulher, com a sociedade cuiabana apresentando  importantes dados, capazes de nortear ações e tomadas de decisões por parte dos nossos gestores”, disse a delegada. Jozirlethe Magalhães Criveletto.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Homem tem prisão cumprida durante registro de boletim de ocorrência na Delegacia de Pedra Preta

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem com mandado de prisão em aberto foi preso pela Polícia Civil, na segunda-feira (02.08), após comparecer a Delegacia de Pedra Preta (238 km ao sul de Cuiabá) para registrar um boletim de ocorrência.

O suspeito de 38 anos estava com o mandado de prisão expedido pela Primeira Vara de Família e Sucessões de Rondonópolis desde novembro de 2020. A ordem de prisão foi cumprida, após o policial fazer as checagens necessárias na Delegacia de Pedra Preta, verificando o mandado em aberto, com validade até novembro de 2021.

Diante dos fatos foram tomadas as providências cabíveis sendo posteriormente o suspeito colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Operação cumpre mandados e prende autor de tentativa de homicídio em Juína
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende casal com mais de 25 quilos de drogas que seriam distribuídos em Canarana

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Aproximadamente 25 quilos de entorpecentes, entre maconha, cloridrato de cocaína e crack, foram apreendidos na ‘Operação Sangria”, deflagrada nesta terça-feira (03.08), pela Polícia Civil, em Canarana (823 km a leste de Cuiabá). O trabalho tinha o objetivo de  cumprir mandado de busca e apreensão em uma propriedade apontada como ponto de armazenamento de drogas.

Segundo as investigações, a grande quantidade de substância ilícita seria distribuída em pontos de venda de entorpecentes na cidade. O casal responsável pela chácara foi autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

A operação foi deflagrada após meses de monitoramento do suspeito em trabalho investigativo que uniu as Delegacias de Polícia de Canarana, Água Boa com o suporte do Núcleo de Inteligência.

O suspeito responsável pela distribuição da droga estava residindo há alguns meses em Canarana e como estratégia para driblar as investigações, o traficante locou uma chácara distante da área urbana da cidade, onde levava uma vida de regalias, proporcionadas através do dinheiro ilícito.

Veja Também:  Casal é preso por matar taxista com 14 facadas em Vila Bela da St. Trindade

Durante as investigações, os policiais identificaram o local onde o suspeito morava com a esposa e filhos e que também era utilizado para esconder os entorpecentes, que ficavam enterrados em diversos pontos do quintal da chácara. Durante as buscas na propriedade, foram apreendidos cerca de 25 quilos de entorpecentes, entre maconha, cloridrato de cocaína e crack.

No local, também foi apreendido aproximadamente R$ 25 mil em dinheiro, uma pistola calibre 38 com diversas munições, além de dois veículos utilizados no transporte de droga, aparelhos celulares e diversos documentos que serão analisados, com o fim de comprovar o envolvimento com a atividade ilícita.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana