conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil cumpre buscas e prende fiscal por suspeita de comércio irregular de terrenos em Peixoto de Azevedo

Publicados

em

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil cumpriu dois mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão temporária, na manhã desta quinta-feira (07.03), no município de Peixoto de Azevedo (691 km ao Norte), em desfavor de servidores da Prefeitura Municipal.

As três ordens judiciais decorreram das investigações referentes a inquérito instaurado pela Delegacia de Peixoto de Azevedo, no mês de setembro de 2018, para apurar a existência de loteamentos irregulares criados na cidade, inserção de dados falsos no sistema de informática da Prefeitura, além dos crimes de associação criminosa e estelionato.

Em averiguações dos fatos, a Polícia Civil identificou uma quadra pertencente a reserva técnica da Prefeitura, a qual no sistema de IPTU consta nome de proprietários. Ainda conforme a própria Prefeitura, o local não pode ser comercializado.

Os indícios apontaram para o envolvimento de três suspeitos, sendo um fiscal de tributos, um servidor que havia trabalhado no setor de tributação e um engenheiro, todos servidores da Prefeitura.

O fiscal de tributos identificado como R.A.A. teve o mandado de prisão temporária (5 dias) decretado pela Justiça e cumprido pelos policiais civis.

Veja Também:  Em Tangará, hotel e residências foram alvos de busca e apreensão

As buscas e apreensão domiciliar foram cumpridas em residências de outros dois investigados, bem como nos setores da Prefeitura onde os envolvidos trabalham.

Nas casas dos alvos foram apreendidos computadores pessoais dos suspeitos, contratos de compra e venda de imóveis, recibos de pagamentos, entre outros documentos que serão analisados.

Já na Prefeitura foram apreendidos computadores usados pelos servidores, que serão encaminhados à Politec para serem feitos os espelhamentos dos dados e depois devolvidos para a Prefeitura

Conforme o delegado de coordena as investigações, Geraldo Gezoni Filho, o fiscal está detido temporariamente por cinco dias para a garantia da instrução inquisitiva, e a Polícia Civil ouvirá testemunhas e possíveis vítimas do caso.

As investigações continuam para elucidação dos fatos e responsabilidade criminal dos envolvidos.

 

 

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Furto de gado no distrito de Capão Verde virou rotina

Publicados

em

Imagem Ilustrativa

Os constantes furtos de gado no distrito de Capão Verde, distante de Cuiabá 150 km, município de Alto Paraguai virou rotina. Na noite desta quarta-feira, 24/02, o pequeno produtor João Batista de Souza, popular João Tangará, teve sua propriedade invadida e, cerca de, 60 animais foram levados.

Um morador do distrito, que não quis se identificar, disse a reportagem do site NAMIRADALEI que constantemente propriedades são invadidas e os animais levados, sempre no período noturno e, na maioria das vezes, o morador é mantido sob a mira de armas de fogo.

Ano passado um pecuarista do distrito teve várias cabeças de gado roubado e os funcionários mantidos reféns. O proprietário não estava na fazenda no momento da ação, que duraram muitas horas de tortura psicológica nos reféns.

De acordo com informações do morador que nos relatou o ocorrido, por volta das 20h, ele viu uma movimentação de um caminhão Mercedes de cabine branca e gaiola preta, saindo do sítio do senhor João Tangará, sentido distrito de Currupira.

A polícia foi acionada e, até o momento da publicação desta matéria, ninguém foi preso.

Fonte: Na Mira da Lei

 

Veja Também:  Pai sai da cadeia, atira na cabeça dos dois filhos e se mata

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres – MT 

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Foragido por homicídio em Arenápolis é capturado no Distrito da Guia

Publicados

em

Na ocasião, a vítima, um homem, teve os dentes tirados à força e agredida até a morte, pelo acusado e comparsas que já foram presos

Maricelle Lima Vieira | PMMT – Foto por: PMMT

Uma equipe do 10º BPM capturou na manhã desta segunda-feira (21.12), um foragido da justiça por homicídio ocorrido na cidade de Arenápolis, no final do mês de outubro deste ano.

Na ocasião, a vítima, um homem, teve os dentes tirados à força e agredida até a morte, pelo acusado e comparsas que já foram presos.

Os militares da Base Ribeirão do Lipa foram informados pela equipe da Agência de Inteligência que o criminoso estaria em uma casa no Distrito da Guia, na capital.

Considerado de alta periculosidade com dois mandados abertos, sendo o segundo por tráfico de droga, ambos os documentos expedidos pela justiça de Arenápolis.

Os policiais chegavam à residência quando encontraram o denunciado saindo. Ele não apresentou resistência e foi entregue na Central de Flagrante.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: Assesoria

Veja Também:  Polícias Civil e Militar cumprem buscas e desarticulam tráfico no bairro Jardim Renascer

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana