conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende 15 integrantes de organização criminosa de roubos, furtos e homicídios

Publicados

em

Assessoria | PJC-MT

Quatorze integrantes de uma organização criminosa investigada em roubos/furtos ocorridos  em chácaras e empresas (frigorífico e lojas eletrodomésticos), no município de  Várzea Grande, tiveram mandados de prisão cumpridos na manhã desta quarta-feira (27), na operação Maktub (expressão árabe “já estava escrito”).

Todos os criminosos têm passagens por roubos, furtos e receptação. Cinco deles também respondem por homicídio.

A operação foi deflagrada pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos (Derf) do município, com apoio de policiais da Gerência de Operações Especiais (GOE) e Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva).

Na ação, uma pessoa também foi presa em flagrante, somando, ao todo, 15 presos na operação coordenada pelos delegados de polícia Elaine Fernandes, Afonso Monteiro e Guilherme Bertoli.

A delegada titular da Derf, Elaine Fernandes, explicou a operação. “Essa ação objetiva reprimir a prática de crimes patrimoniais em Várzea Grande, sobretudo, roubos e furtos, de modo a desarticular as associações criminosas que vem aterrorizando o município”, disse.

Dentre os alvos presos está Geovan Santana da Silva, que teve o mandado cumprido em chácara na região do Bandeira em Cuiabá. Conforme a investigação, Geovan integra a quadrilha que praticou roubos a chácaras na região da Passagem da Conceição.

Um deles ocorreu na madrugada do dia 22 de agosto de 2018, quando invadiu uma chácara na localidade, juntamente com comparsas. Todos munidos de arma de fogo, arrombaram a porta da residência, renderam os familiares e subtraíram: aparelhos celulares, dinheiro, documentos pessoais, dentre outros pertences e empreenderam fuga com o veículo da vítima, um  Voyage, Placa NPL, 1292.

Veja Também:  PM resgata mulher e prende suspeito por sequestro e cárcere privado em Araputanga

As vítimas afirmaram que Geovan era um dos mais violentos. Segundo elas, o criminoso mantinha a arma apontada na cabeça da vítima e o tempo todo ameaçava atirar. Em dado momento pegou uma faca e ameaçou de cortar as mãos e as pernas das vítimas.

Outro criminoso, Donato Silva Nascimento, teve a prisão decretadas pelo roubo ocorrido em frigorífico de Várzea Grande. Na ocasião, ele e mais dois comparsas invadiram o local no dia do pagamento dos funcionários, renderam todos e mediante grave ameaça com o emprego de arma de fogo subtraíram cerca de R$ 80 mil.  

O suspeito (Donato) é acusado de ser um dos autores da tentativa de chacina ocorrida no bairro Jardim Imperador, em outubro de 2018, que culminou com dois mortos e dois feridos.

Os alvos Eduardo Gonçalo dos Santos, Evandro Fernando de França e Vinícius Alexandre de Queiroz, conhecido por Mussum, são contumazes nas práticas criminosas. Eles integram a associação criminosa responsável pela prática de oito furtos mediante arrombamento e concurso de pessoas nas lojas Ricardo Eletro de Cuiabá e Várzea grande, deixando prejuízo de aproximadamente R$ 400 mil à empresa.

O preso Wesley Sebastião de Arruda teve o mandado de prisão decretado no processo que responde por um roubo em um consultório de odontologia, no bairro Cristo Rei, crime ocorrido no ano de 2017. Munido de um revólver e acompanhado de uma mulher, que portava uma faca, ambos renderam funcionários e pacientes e subtraíram diversos pertences.

Veja Também:  Polícia registra um roubo ao Laticínio de Arenapolis

Flagrante

O criminoso Willian Pereira da Silva foi preso em flagrante durante a operação, acompanhado de um adolescente. Ele estava na posse de simulacro de arma de fogo.

A Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA) recebeu informações de que integrantes de uma associação criminosa iriam praticar roubo em um comércio na região central de Várzea Grande. A equipe efetuou vigilância e conseguiu impedir a execução do crime, autuando W illian pela prática decorrupção de menor e associação criminosa.

Veja a lista dos presos  e suas passagens:

1. Alex da Costa Lima (artigo 121)

2. Amilton Aparecido Teixeira ou Alécio Aparecido Teixeira (Artigo 155)

3. Atila Amaral Domingos dos Santos (Art. 155, 157)

4. Donato Silva Nascimento (Art.157, 180, 121 (chacina/ roubo frical))

5. Eduardo Gonçalo dos Santos  (Art.155 (quadrilha Mussum))

6. Evandro Fernando de França (Art. 155, 157, 180 (quadrilha Mussum))

7. Felipe Henrique da Conceição (Art. 157)

8. Geovan Santana da Silva (Art. 157)

9. Jose Luiz Pereira Guedes (Art. 121)

10. Marton da Silva Lisboa (Art. 157, 121,33)

11. Natanael Maiko Bernardo da Silva (Art. 157, 180, 33, 121)

12. Sebastião Pereira Cardoso  (Art. 121)

13. Vinicius Alexandre de Queiroz (Mussum) (Art. 155, 157, 180)

14. Wesley Sebastião de Arruda (157- roubo a mão armada consultório odontológico em 2017)

Flagrante

01 – Willian Pereira da Silva (corrupção de menores / associação criminosa) -pistola simulacro.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Polícia Civil identifica suspeitos e apreende armas de fogo em investigação de homicídio contra mulher em Comodoro

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Os autores do bárbaro homicídio que vitimou uma mulher em Comodoro (644 km a oeste de Cuiabá) foram identificados e duas armas de fogo foram apreendidas pela Polícia Civil, na sexta-feira (30.07), durante diligências para apuração do crime.

Entre os envolvidos está um casal, formado por uma mulher de 31 anos e um menor de 16, apontados como autores da execução da vítima. Um segundo casal teria presenciado os fatos, não interferindo na ação dos executores.

O homicídio que vitimou Lázara Izabel Souza da Silva, de 35, ocorreu na quinta-feira (29), ocasião em que a vítima foi com a tia buscar garrafas pet na residência vizinha. Havia dois casais na casa, e a tia decidiu ficar no local, onde ficou ingerindo bebida alcoólica com a suspeita e o marido dela.

Em determinado momento o casal entrou para a casa, ocasião em o suspeito saiu com uma arma de fogo atirando contra a vítima, que saiu correndo, porém foi alcançada pelo casal. Vendo que a vítima ainda estava com vida, a suspeita a esfaqueou, assim como o marido dela deu várias coronhadas na cabeça da vitima.

Veja Também:  MT é o terceiro Estado com maior aumento de feminicídios durante a pandemia

O outro casal não se envolveu na situação, porém ficou o tempo todo observando com uma espingarda calibre 28. Após o crime, os dois casais esconderam as armas e fugiram do local.  A vítima foi socorrida, porém não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã de sexta-feira (30).

Assim que foi acionada do crime, a equipe da Polícia Civil foi até o local, onde localizaram uma das armas escondida na mata. Em continuidade as diligencias, os policiais localizaram o casal, dono da residência. Questionados sobre a outra arma, eles confessaram que também estava escondida na região de mata próxima a casa.

O suspeito apontado como dono da arma, de apenas 18 anos, e casado com um menor de 15, foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e liberado após pagamento de fiança. O menor que atirou contra a vítima se apresentou na Delegacia na presença de advogado na sexta-feira (30), sendo ouvido e liberado.

A companheira dele, suspeita de esfaquear a vítima, continua foragida. Segundo as informações, o crime foi motivado por uma briga ocorrida em um bar no ano de 2018, ocasião em que a vítima o irmão da suspeita (casada com o menor).

Veja Também:  Companhia Raio encontra maconha com trio durante motopatrulhamento

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Suspeito com passagens por roubo é preso com arma e munições em Sinop

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito de envolvimento em crimes de roubo foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na sexta-feira (31.07), durante ação realizada pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Sinop (500 km ao sul de Cuiabá).

A ação deflagrada para cumprimento de mandado de busca e apreensão domiciliar expedido pela 4ª Vara Criminal de Sinop, decretado, com base nas investigações da Derf. O suspeito, de 28 anos, possui passagens anteriores por roubo.

Durante as buscas na residência no bairro Terra Rica, os policiais apreenderam uma arma de fogo calibre 38, com numeração suprimida e sete munições do mesmo calibre, além de produtos de origem duvidosa.

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido à Derf, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e munições.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Batalhão Ambiental, Sema e Dema encontram carne de caça em pesqueiro
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana