conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende dois por participação em latrocínio de sargento da PM

Publicados

em

Assessoria | PJC-MT

Dois suspeitos de participação no roubo seguido de morte de um sargento da Polícia Militar foram presos, na tarde de sexta-feira (08), após diligências investigativas da Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva). Os dois suspeitos são responsáveis por recrutar os executores do crime e vão responder por associação criminosa e também latrocínio.

A unidade policial assumiu o caso do latrocínio do 3º sargento da Polícia Militar Marino Soares,  62 anos, ocorrido na manhã de sexta-feira, no bairro Vila Rosa, em Cuiabá.  O crime foi motivado pelo roubo do veículo EcoSport da vitima, localizado logo depois pela Polícia.

A identificação e prisão dos suspeitos Mário Dias de Paes Júnior, 22 anos, conhecido por Neném,  e Michael Douglas Ibiapino, 29,  ocorreu após a detenção feita pela Polícia Militar de Kelvison Richer Silva de Oliveira, 23. O suspeito Kelvison quando localizado na casa de Mário, que no momento não estava no imóvel, sendo encontrado pelos policiais civis nas proximidades da casa de sua mãe, local onde também foi preso o comparsa Michael.

Veja Também:  Filha e genro de idoso que morreu em incêndio são presos pela Polícia Civil

Na sequência da prisão da PM, investigadores da Derrfva foram até à residência de Mário acompanhados de peritos da Politec, para análises de vestígios. Na casa foi encontrado um pé direito de um chinelo Havaianas de cor azul, bem como uma camiseta toda ensanguentada. O pé esquerdo do mesmo chinelo foi encontrado no local do latrocínio, próximo ao corpo do militar.

Quando abordado, Michael mentiu o nome, alegando não conhecer Mário, que na verdade são cunhados. Kelvison confessa o crime e narra que após foi até a casa Mário, que o auxiliou na trocou da roupa ensaguentada por outra limpa, logo em seguida deixou a casa para não ser preso.

Ambos os suspeitos (Mário e Michael) já eram investigados pela Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos como autores intelectuais de um roubo ocorrido no dia 3 de março deste mês, referente um veículo Etios que foi encontrado na quarta-feira (06), na residência de Michael, localizada no condomínio Chapada dos Sábias, bairro Jardim Imperial, na capital.

Veja Também:  PRF apreende mais de uma tonelada de agrotóxico no MT

O segundo executor do crime também teve a prisão preventiva representada pela Polícia Civil, mas encontra-se foragido.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Filha e genro de idoso que morreu em incêndio são presos pela Polícia Civil

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A filha e o genro de um idoso, morador de Mirassol d’Oeste, foram presos nesta quinta-feira (22.07) pela equipe da Polícia Civil do município em cumprimento a decisões judiciais dentro do inquérito que apura a morte de Toshio Ono, 77 anos.

Toshio morreu durante um incêndio em sua casa, no centro da cidade, no dia 26 de junho. O fogo consumiu toda a residência e após o incêndio ser controlado, o corpo dele foi localizado em meio aos escombros.

A delegada Carla Nogueira representou pela prisão temporária do casal, depois que o inquérito instaurado para apurar as circunstâncias da morte do idoso apontou elementos de que o incêndio pode não ter sido acidental.

Foram realizadas diversas diligências e oitivas de familiares e testemunhas. A Policia Civil aguarda a conclusão dos laudos do local e do DNA do corpo de Toshio Ono, que ficou completamente carbonizado.

“Não podemos dizer que eles são culpados, porém, com base nos elementos de prova colhidos até agora, a Polícia Civil representou pela prisão temporária para esclarecer mais pontos na investigação e evitar que os investigados fujam do distrito da culpa”, esclareceu a delegada.

Veja Também:  Delegada da PJC representa Mato Grosso durante curso internacional patrocinado pela Embaixada Americana

Incêndio

 Durante rondas no centro da Mirassol d’Oeste, na noite de 26 de junho, uma equipe da Polícia Miitar avistou uma grande nuvem de fumaça e ao checar a origem, se deparou com uma residência em chamas. No local estavam pessoas que moravam em uma residência próxima ao local do incêndio e não conseguiram sair do quintal, sendo socorridos pelos policiais que removeram o portão e retiraram as pessoas que pediam por socorro.

Os policiais solicitaram apoio da prefeitura do município e de uma usina com caminhões-pipa para conter as chamas. As testemunhas, em estado de choque, informaram que estavam dormindo em uma casa nos fundos no mesmo quintal da casa do idoso, e que quando perceberam o fogo já estava alastrado.

Inicialmente, as testemunhas disseram que não sabiam que a vítima que morreu carbonizada estava dentro da casa, pois o mesmo costumava dormir na casa de parentes.

Os policiais foram na casa de familiares onde a vítima costumava pernoitar e não o encontraram. Somente após o fogo ser controlado com uso de três caminhões pipa, foi possível encontrar a vítima carbonizada, em meio aos escombros.

Veja Também:  Rotam prende suspeito de roubar caminhonete no bairro Itapajé

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Jovem é pego com droga e lança-perfume no bairro São Mateus

Publicados

em


Uma equipe da Rotam prendeu na madrugada desta sexta-feira (23.07), um rapaz de 19 anos, com 12 porções de cocaína, uma porção de maconha, um frasco de lança- perfume e dinheiro, no bairro São Mateus, na Capital.

Os policiais notaram que o suspeito ficou nervoso com a aproximação da viatura durante patrulhamento, por isso, foi abordado. Uma parte da droga foi encontrada em suas partes intimas já na Delegacia durante busca pessoal.

Em seu nome constaram passagens criminais por homicídio tentado, uso e tráfico de droga.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Polícia Civil descobre escritório do tráfico e prende membros de facção em Rondonópolis
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana