conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende homem por ameaças à jovem que teve fotos íntimas vazadas

Publicados

em

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil identificou e prendeu um rapaz de 25 anos que estava extorquindo uma jovem de 19 anos, que procurou a Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande, na sexta-feira, 8 de março. O suspeito,Bruno Pereira dos Santos, 25 anos, foi preso em flagrante por extorsão em concurso de pessoa. Ao menos três mulheres eram extorquidas por ele, após terem fotos íntimas vazadas. O flagrante ocorreu neste sábado (09).

A vítima, que é universitária, contou aos policiais que era chantageada por um homem que se identificava por Marcos. Ela teve fotos íntimas vazadas que acabaram sendo usadas pelo suspeito para extorsão.  A moça informou que no dia  22 de fevereiro recebeu a primeira ameaça e no dia 8 de março voltou a receber mensagens do suspeito exigindo dinheiro, a quantia de R$ 2 mil, que deveria ser entregue a um terceiro, chamado de Bruno, pessoa que ficaria responsável por encontrá-la.

Diante disso, a jovem pediu ajuda na Polícia Civil, após o suspeito marcar encontro no estacionamento de um supermercado na Avenida Miguel Sutil, em Várzea Grande.  Uma equipe policial monitorou o encontro e fez a abordagem do suspeito que foi levado até a Delegacia.

Veja Também:  Operação da Delegacia da Mulher visita vítimas de denúncias de violência

No celular dele foram encontradas fotos íntimas da moça, além de fotos de outras vítimas mulheres que estavam, possivelmente, também chantageadas.  Contra ele também foram identificados outros dois boletins de ocorrência, narrando situações de extorsões.

O celular foi apreendido e será encaminhado à perícia. No aparelho foram identificados dois números diferentes com o aplicativo Whatsapp, sendo um o número a qual a vítima vinha recebendo as mensagens de extorsão.

Ao ser interrogado, o suspeito Bruno Pereira contou que o primeiro contato com a vítima foi por um dos números e se identificou como Marços. Ele disse que após a vítima confirmar ser ela nas fotos, falou que era do “presídio” e integrante de uma facção criminosa, para qual agia. A partir daí passou a exigir dinheiro da moça, mas ao ser questionado se exigia que ela também mantivesse relação sexual com ele, negou o fato.

O delegado Guilherme de Carvalho Bertoli disse que o suspeito, além de ameaçar divulgar nas redes sociais as fotos da vítima, também fazia ameaças de morte a ela e seus familiares. Para as chantagens, antes ele realizava levantamento da vida da vítima, como endereço e nomes dos pais e local de trabalho.

Veja Também:  Polícia Civil prende cinco membros de organização criminosa por latrocínio de motorista de aplicativo

O preso será encaminhado para uma unidade prisional, à disposição da Justiça.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Barra do Bugres e Região

Forças de segurança apreendem 450 kg de droga e aeronave utilizada para tráfico em Arenápolis 

Publicados

em

O entorpecente estava escondido em um canavial; ninguém foi preso

Hérica Teixeira | Sesp-MT – Foto por: Gefron-MT

Ação conjunta das forças de segurança estadual e federal apreenderam, neste domingo (14.03), no município de Arenápolis (234 km de Cuiabá), uma aeronave carregada com 450 quilos de cloridato de cocaína. O prejuízo estimado ao crime com esta apreensão é de R$ 15 milhões. Ninguém foi preso. 

Conforme a ocorrência, a Polícia Militar de Denise (206 km de Cuiabá) recebeu uma denúncia e, então, se deslocou até a pista de voo de uma fazenda no município vizinho, Arenápolis, onde se deparou com um veículo. Com a chegada da polícia, no entanto, os ocupantes conseguiram fugir, abandonando o carro na região de um canavial.

Também no local, a polícia encontrou a aeronave, que estava vazia. Contudo, durante buscas pelo canavial, foram localizados 11 sacos grandes carregados de drogas.

Participaram da ação o Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron-MT), a Polícia Militar de Tangará da Serra e a Polícia Federal. As equipes continuam as buscas para localizar os suspeitos.

Fonte: Assessoria

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres – MT 

Comentários Facebook
Veja Também:  Delegado Rogério Gualda se aposenta com a sensação de dever cumprido
Continue lendo

Policial

Jovem é sequestrado, torturado e morto em Nova Olímpia

Publicados

em

Crime aconteceu em Nova Olímpia

O adolescente, Kawan Bruno Oliveira Silva, de 17 anos, foi encontrado morto após ser sequestrado junto com um amigo, de 19. Os dois foram torturados, na madrugada de domingo, 07, em Nova Olímpia. Horas depois, corpo de Kawan foi encontrado com marcas de tiros no Campo do Epitácio. Já a outra vítima conseguiu fugir e um dos suspeitos de praticar o crime foi preso.

De acordo com o boletim de ocorrência, o sobrevivente contou que o amigo recebeu a ligação de uma pessoa com nome de sogrinha ou T2, o convidando para consumir droga. Os dois foram até o local combinado e, quando chegaram, encontraram uma motocicleta e um veículo os esperando.

Quatro pessoas estavam no local. Eles foram rendidos, colocados no porta malas do carro e levados para um barracão abandonado. Lá, foram amarrados, torturados e agredidos com pedaços de madeira, fios e cordas.

Já na madrugada, foram levados para o campo. No local, ficaram de joelhos e um dos suspeitos efetuou vários disparos contra Kawan. Já ele, aproveitou da distração dos criminosos e conseguiu fugir, pedindo ajuda logo em seguida.

A vítima deu a entrada em uma unidade de saúde. E, por volta das 4h, a Polícia Militar foi acionada por populares relatando que o corpo de Kawan foi encontrado abandonado no campo. Enquanto o local era isolado, eles foram informados que um rapaz deu entrada no hospital da cidade, vítima do mesmo caso.

Com Barbara Sá/RD News

 

Veja Também:  Operação ‘Bom Dia’ prende cinco por comércio de drogas em Campos de Júlio

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana