conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende três criminosos e liberta vítima em Cuiabá     

Publicados

em

Um crime extorsão mediante sequestro, em que um vigilante foi mantido refém durante várias horas, foi esclarecido pela Polícia Civil, nesta segunda-feira (11.07). As ações realizadas pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) resultaram na libertação da vítima e na prisão de três pessoas envolvidas no crime.
 
A vítima foi levada pelos criminosos durante a fuga após um roubo frustrado, mantida amarrada por várias horas e localizada pelos policiais do GCCO, em uma região de mata no bairro Pedra 90. As diligências contaram com o apoio da equipe da Polícia Militar e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).
 
Os criminosos tinham a intenção inicial de roubar uma residência no bairro Boa Esperança, em Cuiabá.  Como forma de garantir o roubo, sem acionamento da polícia, renderam e mantiveram como refém o vigilante que realizava rondas pelo local.
 
Com a vítima subjugada, os assaltantes subtraíram, do interior da residência que estava desocupada, diversos objetos de valor, como aparelhos eletrônicos, joias e objetos pessoais, colocados dentro do veículo para fuga. Durante ação, a vizinhança notou a movimentação estranha no local, alarmando os suspeitos, que fugiram do local sem concretizar seu intento, mas levaram o vigilante como refém em seu veículo, um Fiat Doblô.

Veja Também:  Equipamentos avaliados em R$ 150 mil e furtados de fazenda são recuperados e res suspeitos presos

Após a fuga, com a vítima sob seu poder, passaram a exigir que o vigilante fizesse diversas transferências de valores para uma conta indicada por eles, retirando todos os valores que possuía em suas contas bancárias. Não satisfeitos, os criminosos entraram em contato com a esposa da vítima e exigiram o pagamento de R$ 10 mil para sua libertação.  
 
Para aterrorizar a família, foram encaminhados uma série de áudios e vídeos da vítima, amarrada, clamando por socorro.  
 
Após tomar conhecimento da ocorrência em andamento, equipes da GCCO iniciaram imediatamente as diligências no intuito de localizar e liberar a vítima.
 
Após algumas horas de buscas, ações operacionais e de inteligência, os policiais da GCCO conseguiram localizar a vítima em uma região de mata no bairro Pedra 90, em Cuiabá. 
 
Durante as diligências realizadas, foi possível identificar e prender três envolvidos no crime. Dois deles foram responsáveis pelo fornecimento e exigência de transferências dos valores para a liberação da vítima, enquanto um terceiro estava com o carro da vítima.
 
Os suspeitos foram conduzidos à GCCO, onde após serem interrogados pelo delegado Ferdinando Frederico Murta, foram autuados em flagrante pelos crimes de extorsão mediante sequestro e associação criminosa. “Graças à ação rápida das equipes, foi possível prender três dos criminosos envolvidos no crime e, o mais importante, a liberação da vítima com saúde e sem a necessidade do pagamento do resgate exigido”, disse o delegado.

Veja Também:  Polícia Civil identifica jovem que fez comentário ofensivo contra policiais em rede social

O delegado titular da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, ressaltou o preparo dos policiais para atender esse tipo de ocorrência de gerenciamento de crise, que por meio de um trabalho operacional e de inteligência, chegou ao bom resultado, com a prisão dos suspeitos e liberação da vítima com a sua integridade física. “Por se tratar de um crime de atribuição da GCCO, será dada continuidade às investigações com objetivo de identificar e prender o restante do grupo criminoso”, destacou. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Autor de homicídio em Arenápolis é preso em flagrante pelo Polícia Civil

Publicados

em

Por

Um homem apontado como autor do homicídio ocorrido na noite de quarta-feira (27.07), no município de Arenápolis (258 km a médio norte de Cuiabá), foi preso em flagrante pela Polícia Civil, durante atendimento da ocorrência.

Os investigadores de Arenápolis foram informados sobre uma situação de tortura e de homicídio por meio de arma cortante, que vitimou a pessoa de José Augusto Rodrigues de Souza, 20 anos.

Imediatamente a equipe acompanhada do delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, foram até o hospital onde a vítima havia dado entrada, porém não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Em seguida, os policiais civis foram até o local dos fatos para obterem mais detalhes acerca do ocorrido. Durante entrevista com populares foi possivel qualificar o autor do homicídio, o qual foi localizado nas proximidades, sentado em frente de uma residência.

O suspeito foi levado até a Delegacia de Arenápolis, e no interrogatório assumiu o crime. Ele alegou que foi cercado por três indivíduos de uma facção rival, e passou a ser espancado com capacetes e uma mangueira, momento em que conseguiu sacar uma faca e golpeou a vítima.

Veja Também:  Equipamentos avaliados em R$ 150 mil e furtados de fazenda são recuperados e res suspeitos presos

Conforme o delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, os indícios apontam que o homicídio decorreu da legítima defesa, pelo fato que os três homens na função de “disciplina” dariam um salve no suspeito.

Após a confecção dos autos, o preso será apresentado e colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

PM flagra infração de trânsito e prende homem com arma de fogo em Rondonópolis

Publicados

em

Por

Policiais militares do 5º Batalhão em Rondonópolis prenderam um homem, de 49 anos, por porte ilegal de arma de fogo, na noite desta quarta-feira (27.07). Com o suspeito, que foi abordado após ser flagrado cometendo uma infração de trânsito, a PM apreendeu um revólver calibre .38 com cinco munições.

Por volta de 18h30, durante rondas pelo bairro Rondônia, a equipe do 5º BPM flagrou o momento em que o condutor de uma caminhonete Hilux cinza estava dirigindo o veículo falando ao celular. 

De imediato, os policiais militares realizaram abordagem ao veículo e informaram ao suspeito sobre a infração de trânsito cometida. Questionado se havia algum material ilícito no carro, o homem disse que não transportava nada ilegal.

Porém, a equipe policial realizou vistorias no veículo e encontraram a arma de fogo carregada com as cinco munições, dentro de um console próximo ao câmbio da caminhonete.

Diante da situação de flagrante, o suspeito recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia de Rondonópolis, onde foi registrado o boletim de ocorrência, ficando à disposição da Polícia Judiciária Civil para as demais providências cabíveis.

Veja Também:  PRF do Mato Grosso reduz em 56% o número de acidentes

Disque-denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

 

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana