conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil realiza palestra do projeto Unidos Contra as Drogas

Publicados

em

 Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil realizou duas palestras sobre drogas na Escola Municipal Marcio Schabatt Souza, em Lucas do Rio Verde. A primeira foi realizada na noite de quinta-feira (28.02) e a segunda aconteceu na manhã desta sexta-feira (01.03).

Aproximadamente 200 alunos na faixa etária de 12 a 15 anos de idade tiveram a oportunidade de aprender mais sobre o mal causado pelas drogas, o efeito que causa em quem usa o entorpecente, o mal que faz para a família do usuário e para a sociedade como um todo.

“Os estudantes puderam conhecer o trabalho da Polícia no combate ao tráfico de drogas”, acrescentou investigador Wladimir Mesquita.

As palestras fazem parte do projeto Unidos Contra as Drogas, que é uma parceria entre a Polícia Judiciária Civil e a Comunidade Terapêutica do município, com o objetivo de conversar e alertar crianças de escolas públicas e particulares sobre os malefícios que as drogas proporcionam às pessoas e a sociedade.

O projeto existe há cerca de três anos na cidade de Lucas do Rio Verde e surgiu após a Polícia Civil verificar a existência de muitos menores envolvidos com droga no município.   

Veja Também:  Polícia Civil esclarece homícidio ocorrido em penitenciária e identifica autores

Unidos contra as drogas vem realizando um trabalho preventivo com palestras nas escolas, empresas, igrejas, entre outros locais que tenha interesse em debater o tema com a comunidade de Lucas do Rio Verde.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Maconha é apreendida na BR 364 em Rondonópolis

Publicados

em

Na tarde de ontem (09), a Polícia Rodoviária Federal apreendeu cerca de 30 kg de maconha em um ônibus.

A ocorrência aconteceu na BR 364, município de Rondonópolis, quando um ônibus foi parado para fiscalização.

Durante a verificação dos passageiros, uma mulher apresentou bastante inquietação e nervosismo e a todo momento entrava em contradição a respeito da viagem, o que gerou suspeita por parte da equipe policial.

Indagada se possuía bagagens, informou que não possuía, porém estava em posse de tickets de bagagem despachada. Com isso, foi realizada uma busca com o cão de faro no compartimento externo, o qual indicou presença de ilícitos ao farejar duas malas.

Ao verificar a identificação das bagagens, constatou-se que a numeração dos tickets eram iguais às da passageira que tinha sido fiscalizada inicialmente.

Em virtude disso, os policiais abriram as malas pertencentes à passageira e encontraram a quantidade de 38 tabletes de droga, pesando um total de 30 kg de maconha.

Perguntada sobre o ilícito, a mulher afirmou ter pego em Foz do Iguaçu e entregaria na cidade de Rio branco/AC.

Veja Também:  Polícia Civil cumpre mandado contra suspeito de alugar armas para cometimento de crimes

Diante dos fatos, a passageira foi detida, a princípio, pelo crime de tráfico e foi encaminhada à Delegacia de Polícia Judiciária Civil de Rondonópolis

Fonte: PRF MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Autor de homicídio em Arenápolis é preso em flagrante pelo Polícia Civil

Publicados

em

Por

Um homem apontado como autor do homicídio ocorrido na noite de quarta-feira (27.07), no município de Arenápolis (258 km a médio norte de Cuiabá), foi preso em flagrante pela Polícia Civil, durante atendimento da ocorrência.

Os investigadores de Arenápolis foram informados sobre uma situação de tortura e de homicídio por meio de arma cortante, que vitimou a pessoa de José Augusto Rodrigues de Souza, 20 anos.

Imediatamente a equipe acompanhada do delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, foram até o hospital onde a vítima havia dado entrada, porém não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Em seguida, os policiais civis foram até o local dos fatos para obterem mais detalhes acerca do ocorrido. Durante entrevista com populares foi possivel qualificar o autor do homicídio, o qual foi localizado nas proximidades, sentado em frente de uma residência.

O suspeito foi levado até a Delegacia de Arenápolis, e no interrogatório assumiu o crime. Ele alegou que foi cercado por três indivíduos de uma facção rival, e passou a ser espancado com capacetes e uma mangueira, momento em que conseguiu sacar uma faca e golpeou a vítima.

Veja Também:  Polícia Civil esclarece homícidio ocorrido em penitenciária e identifica autores

Conforme o delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, os indícios apontam que o homicídio decorreu da legítima defesa, pelo fato que os três homens na função de “disciplina” dariam um salve no suspeito.

Após a confecção dos autos, o preso será apresentado e colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana