conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil recupera dinheiro subtraído de vítima durante golpe de compra de veículo

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso, por meio da Delegacia de Lucas do Rio Verde (354 km ao norte de Cuiabá) em parceria com a Delegacia Especializada de Repressão a Crimes (DRCI) Informáticos, recuperou o valor de R$ 2 mil subtraídos de uma vítima que negociava a venda de um veículo na internet.

A ocorrência foi registrada nesta segunda-feira (04.10), após a comunicante acionar a Polícia Civil de Lucas do Rio Verde, relatando que seu esposo havia colocado uma caminhonete F1000 para venda nos grupos de compra e venda da rede social “facebook”.

A comunicante recebeu uma ligação de um número de celular, ocasião em que uma mulher se apresentou interessada na compra. Após esse fato, outro número de celular ligou para a comunicante, dizendo que o aparelho anterior havia caído no vaso.

Durante a conversa a suspeita passou um terceiro número de celular dizendo que era de seu esposo, e que ele compraria a camionete da comunicante para posteriormente repassar para outra pessoa, a qual acabou sendo vítima do golpe.

Veja Também:  PM abre 500 vagas para processo seletivo da Escola Estadual Militar de Sinop

Ao mesmo tempo o marido da suspeita conversava com a comunicante e também estava conversando e enganando a vítima. O suspeito em conversas com o esposo da vítima disse que a comunicante estava o devendo e a compra da caminhonete serviria como quitação da dívida, pois o suspeito receberia o pagamento do veículo e a comunicante ia repassar para a vítima.

Após isso a vítima foi olhar a caminhonete, e depois de olhar o veículo a vítima fez uma transferência via TED para a conta bancária. Depois de realizada a transferência a comunicante e a vítima se encontraram no cartório, só então que perceberam que caíram em um golpe.

Diante dos fatos, rapidamente a equipe da DRCI foi acionada para dar apoio nas investigações, e com base nas informações passadas pela vítima e comunicante foi possível recuperar o valor subtraído da vítima, com o bloqueio de R$ 2 mil transferido para a conta da suspeita.

As investigações seguem em andamento para identificar os envolvidos no crime.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Casal responsável por lançar drogas e celulares em penitenciária é preso em flagrante, no sul do estado

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Um casal foi preso pela Polícia Civil nesta segunda-feira (18.10), em Rondonópolis, suspeito de jogar entorpecentes utilizando drones para dentro da Penitenciária Major Eldo de Sá Corrêa. A prisão foi efetuada no bairro Jardim dos Reis pela equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos.

No domingo, policiais penais abateram três drones, quando os equipamentos tentavam lançar drogas e celulares na unidade prisional.

A partir das informações coletadas, a equipe da Derf de Rondonópolis realizou diligências e conseguiu chegar ao casal e apreender com o homem, de 31 anos, e a mulher, de 29 anos, os controles dos drones. Cada equipamento é avaliado em aproximadamente R$ 15 mil reais. As buscas na residência do casal resultaram ainda na apreensão de porções de entorpecentes e dinheiro. 

Os dois suspeitos serão atuados por tráfico e associação para o tráfico de drogas e após a formalização do flagrante foram encaminhados às respectivas unidades prisionais em Rondonópolis.Ambos têm registros criminais anteriores, a mulher por roubo e furto e o homem por tráfico de drogas. 

Veja Também:  Um terço dos municípios de MT não registrou assassinatos no primeiro semestre

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Réu pela morte da ex-convivente tem prisão cumprida pela Polícia Civil

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 53 anos, réu pelo feminicídio da ex-convivente, ocorrido em 2018 na cidade de Castanheira, noroeste do estado, foi preso nesta segunda-feira (18.10) pela Polícia Civil, em Nova Lacerda. O mandado de prisão preventiva foi cumprido pela equipe do delegado Ricardo Marques Sarto.

O réu foi preso em sua residência, localizada no centro da cidade, e estava aguardando o julgamento em prisão domiciliar.
Contudo, a decisão foi revogada e um novo mandado foi expedido pela 3a Vara Criminal da Comarca de Juína, onde tramita o processo do feminicídio. Agora, ele aguardará o júri em regime fechado.

A vítima, Rosana Borges das Neves, 31 anos, foi morta pelo réu que invadiu a residência de familiares dela, em Castanheira, e a atingiu com vários disparos de arma de fogo. Conforme o registro da ocorrência, a vítima ainda gritou por socorro e tentou fugir do autor do crime, mas foi atingida pelas costas.

Após os trâmites legais de formalização do mandado de prisão na Delegacia de Comodoro, o preso foi encaminhado à unidade prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Veja Também:  Dois homens são presos com meio quilo de droga em Nova Xavantina

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana