conecte-se conosco


Policial

Policiais civis da DRE doam sangue para ajudar MT-Hemocentro

Publicados

em

Assessoria | PJC-MT

Para ajudar a aumentar o estoque de bolsas de sangue do MT-Hemocentro, 20 policiais civis, entre delegados, investigadores e escrivães, lotados na Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), participaram na manhã desta quarta-feira (27.02), da campanha que incentiva a doação de sangue antes do carnaval.

A iniciativa em reunir o efetivo partiu o delegado titular da DRE, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, que pela segunda vez conclama os servidores da delegacia onde coordena trabalhos, a doarem sangue para atender às necessidades do Banco de Sangue de Mato Grosso, o MT-Hemocentro. O delegado quanto titular da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva) também convocou os policiais a doarem. 

 “Como policial protegemos e servimos à sociedade. Então, estamos literalmente ‘dando o sangue’ em prol da sociedade mato-grossense, com o objetivo de chamar atenção de outros órgãos, não somente da Segurança Pública, mas de todos os setores, da importância da doação de sangue e da dificuldade que se tem em conseguir doadores”, disse.

O investigador Antônio Figueiredo foi um dos doadores da comitiva de policiais. Ele contou que desde 2003 é doador de sangue, com carteirinha do Hemocentro. “O processo é muito tranquilo, não dói, não tem estresse, só precisa seguir as orientações, tanto antes quanto depois da doação, e ter boa saúde”, contou o policial.

Veja Também:  Operação Lei Seca prende 13 motoristas e fiscaliza 87 veículos em Cuiabá

Para a escrivã Néria Carvalho somente quem já precisou de sangue, seja para si próprio ou para algum familiar, sabe da importância da doação, que pode salvar vida. “É tão pouco para quem doa e muito para quem recebe”, afirmou.

Muitos policiais aproveitaram a doação de sabe para buscar informações sobre os procedimentos para também se tornar doador de medula óssea.

O MT-Hemocentro, único banco de sangue público, necessita aumentar o estoque de sangue, no período do Carnaval assim como nas festas de fim de ano, para atender diversos pacientes hospitalizados em hospitais da região metropolitana, principalmente, aqueles em situações de emergências que foram vitimas de acidentes de trânsito, e ainda pacientes com cirurgias agendadas e outros em tratamento de doenças hematológicas. Uma bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas.

Horário de funcionamento

O MT Hemocentro está localizado na Rua 13 de Junho, n° 1055, bairro Centro-Sul, em Cuiabá. O horário de atendimento é de segunda a quinta-feira, das 7h às 17h30.

Veja Também:  Força Tática apreende 102 kg de drogas e prende três suspeitos em Cuiabá

Quem pode doar

O Ministério da Saúde recomenda que o doador compareça à unidade portando um documento oficial com foto, tenha mais de 50 quilos, esteja em bom estado de saúde e tenha uma alimentação saudável.

Homens podem fazer até quatro doações anuais, com prazo de dois meses entre cada uma. Já as mulheres podem fazer três doações por ano, com um espaço de quatro meses. Os candidatos precisam ter a partir de 16 a 69 anos, 11 meses e 29 dias.

Em cada coleta é retirado um volume aproximado de até 450 ml de sangue. Recomenda-se, nas primeiras horas pós-doação, descanso, evitar atividade física e ingestão de bebida alcoólica.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Homem é preso pela PM por tráfico de drogas e corrupção de menores

Publicados

em

Por

Policiais militares do 7º Batalhão da PM prenderam em flagrante um homem de 29 anos por tráfico de drogas e corrupção de menores, no município de Nobres, na segunda-feira (04.07). Com o suspeito, foram apreendidas porções de drogas e a quantia de R$ 782,00 em dinheiro.

Conforme o boletim de ocorrência, durante operação integrada Narcos Brasil 2022, a equipe da PM de Nobres recebeu informes de que um suspeito estaria transportando drogas de um bairro para o outro, escondendo-as nos pertences de sua esposa, uma adolescente de 17 anos.

Diante da denúncia, os policiais militares realizaram rondas em busca do criminoso, que foi localizado próximo a um bar, junto de sua esposa. Ao ser realizada abordagem e busca pessoal, foram localizadas na bolsa da mulher algumas porções de substância análoga a maconha e pasta base de cocaína.

Questionado, o suspeito afirmou que iria vender as drogas e reiterou que a adolescente não estaria envolvida em suas atividades ilícitas. Já a mulher revelou que na residência onde vivia com o criminoso estaria escondida mais drogas e dinheiro.

Veja Também:  Força Tática prende três homens por estelionato e tráfico de drogas

Em buscas pelo imóvel, os policiais militares encontraram mais porções de drogas, balanças de precisão, além da quantia em dinheiro e um colete à prova de balas com inscrições e brasões da Polícia Judiciária Civil.

Diante da situação de flagrante, o suspeito recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia da cidade, junto com todo o material apreendido, para registro da ocorrência e demais providências cabíveis do caso.

Disque-denúncia  

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Policiais civis recuperam em Barra do Garças caminhão roubado na cidade de Juscimeira

Publicados

em

Por

Um caminhão Trator Scania roubado em Juscimeira, região sul do Estado, foi recuperado pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (06.07), no município de Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá). Dois suspeitos foram presos na operação “Azimute”.

A ação foi realizada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Barra do Garças, após informações sobre o possível paradeiro do veículo Bitrem, repassadas pela Delegacia de Polícia de Juscimeira.

O roubo seguido de sequestro e cárcere privado ocorreu no domingo (03), quando o motorista de 39 anos foi rendido por quatro indivíduos armados, ao estacionar a carreta carregada de madeira na rodovia, próximo de um restaurante em Juscimeira.

A vítima foi encapuzada e colocada dentro de um automóvel, ficando por cerca de 24 horas em cárcere privado no meio da mata, sendo torturada pelos suspeitos e obrigada a ingerir bebida alcoólica.

Durante as investigações para esclarecer o crime a equipe de Juscimeira identificou a localização do caminhão nas imediações de Pontal do Araguaia, razão pela qual foi solicitado apoio a Derf de Barra do Garças.

Veja Também:  PRF inicia ‘Operação Carnaval’ nas rodovias federais do MT na próxima sexta (1º)

Em diligências no local os investigadores encontraram o caminhão Bitrem em uma estrada, escondido numa trilha que passa dentro de uma propriedade rural.

Dois suspeitos também foram presos em flagrante por roubo, associação criminosa e posse ilegal de arma de fogo. Além do caminhão recuperação, outros dois automóveis foram apreendidos.

A operação “Azimute” contou com a participação de quatro delegados, nove investigadores e um escrivão.

As investigações continuam para identificar outros possíveis envolvidos no crime. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana