conecte-se conosco


Mato Grosso

Policiais militares mestres e doutores vão expor produção científica em seminário

Publicados

em

Nesta sexta-feira (29.03), das 8 às 18h, no Teatro Zulmira Canavarros, anexo a Assembleia Legislativo, em Cuiabá, ocorre o 2º Seminário ‘Ciência e Pesquisa na Polícia Militar: Uma interface com a Educação’.

Realizado pela Diretoria de Ensino, Instrução e Pesquisa(Deip), por meio da Academia de Polícia Militar Costa Verde, esse é um evento aberto ao público em geral, especialmente aos estudantes das universidades – públicas e privadas.

Na oportunidade, policiais militares, oficiais e praças, estarão expondo e palestrando sobre pesquisas científicas produzidas em cursos de pós-graduação, doutorado e mestrados, e nas capacitações relacionadas às exigências para progressão na carreira.

Além dos 40 artigos científicos de conclusão de curso dos alunos do 4º Curso de Habilitação de Oficial Administrativo (CHOA), o seminário terá a apresentação e explanação de cinco teses de mestrado e doutorado. Entres essas pesquisas está a de mestrado do tenente-coronel Sebastião Carlos Rodrigues da Silva.

Mestre em Sociologia pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Carlos pesquisou sobre ‘Polícia Comunitária em Mato Grosso: Tensão entre Estado e Sociedade’.

Veja Também:  Homem é preso por receptação, apropriação indébita e desobediência

O cabo Josemy Brito da Silva, mestre em Física e acadêmico do Programa de Doutorado em Física da UFMT, abordará em palestra a pesquisa que fez em seu mestrado. intitulada ‘Espectroscopias Raman, Infravermelho e Técnicas Termoanalíticas em amostras de entorpecentes: Aplicações na Área da Segurança Pública’.

Para participar, é necessário contribuir com 1 kg de alimento não-perecível. Os produtos arrecadados serão doados Abrigo Bom Jesus em Cuiabá, via Sala da Mulher, da Assembleia Legislativa. Os estudantes que participarem receberão certificado de 10h.

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Colegiado define distribuição de 111.240 doses de vacinas contra a Covid-19

Publicados

em


A Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT) aprovou a Resolução Nº 77, que estabelece a distribuição, o armazenamento e a aplicação das 111.240 doses de vacina contra a Covid-19 enviadas neste fim de semana pelo Ministério da Saúde, sendo 50.400 doses da Coronavac e 60.840 doses da Pfizer.

Conforme a Resolução Nº 77, a vacina da Pfizer deve ser aplicada como primeira dose em pessoas entre 40 e 49 anos. As doses da Coronavac contemplarão com a primeira e segunda dose pessoas de 40 a 44 anos.

O prazo de aplicação da segunda dose da Pfizer é de até 12 semanas. Já o prazo da segunda dose da Coronavac varia entre 14 e 28 dias.

O colegiado pontuou na Resolução que os municípios que já completaram a vacinação das pessoas de 40 a 49 anos devem seguir para a próxima faixa etária (ano a ano) em ordem decrescente de prioridade.

Ainda foi acordado o armazenamento de 18 doses da Pfizer na Rede de Frio Estadual, como novo estoque estratégico para reposição de eventuais perdas técnicas. Também foi pactuada a distribuição de um remanescente de 40 doses da Coronavac que estavam armazenadas na Rede de Frio Estadual como estoque estratégico.

Veja Também:  Ouvidoria do Estado atende 4,4 mil demandas no início de 2019

Caso os municípios alcancem a completa vacinação dos públicos-alvo estabelecidos para a imunização, a CIB orienta a continuidade da imunização dos demais públicos elencados pelo Ministério da Saúde.

Após a distribuição dos imunizantes aos municípios, as vacinas deverão ser armazenadas conforme as condições estabelecidas pela fabricante e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e com o apoio da segurança pública.

A aplicação das doses deve ser obrigatoriamente registrada pelos municípios no Sistema Nacional do Programa de Imunização (SI-PNI), do Ministério da Saúde. Até o momento, Mato Grosso já recebeu 2.730.710 doses de imunizantes contra a Covid-19.

Confira em anexo a resolução:

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Tangará da Serra sedia reunião para discutir recursos hídricos nos dias 4 e 5 de agosto

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), e a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) realizam em Tangará da Serra (251 quilômetros distante de Cuiabá) a Oficina e a Reunião Pública para discutir as ações do Plano de Recursos Hídricos (PRH) de duas bacias hidrográficas da região, a do Alto Paraguai Superior e Alto Paraguai Médio.

As reuniões serão presenciais em duas datas: no dia 04/08 às 18h e no dia 05/08 às 8h, no Auditório Municipal. Para participar é necessário realizar a inscrição gratuita por meio de um formulário on-line DISPONÍVEL AQUI. 

O evento colherá contribuições para a elaboração do  Plano de Recursos Hídricos (PRH). O documento define as ações do Poder Público para as próximas décadas para a preservação e manutenção dos rios da região, incluindo informações sobre ações de gestão, projetos, obras e investimentos prioritários. Esta é a segunda cidade a receber o evento. Nos dias 2 e 3/08 uma oficina e uma reunião pública foram realizadas em Diamantino. Está previsto mais um encontro presencial em Cáceres.

Veja Também:  MPMT recomenda exoneração em Secretaria de Infraestrutura

Veja a programação:

Oficina e Reunião Pública em Tangará da Serra
Quando: 04/08 às 18h e 05/08 às 8h
Local: Auditório Municipal
Link para inscrições: https://forms.gle/Wn5rFPgHVyYa8SpE8

Oficina e Reunião Pública em Cáceres
Quando: 06/08 às 18h e 07/08 às 8h
Local: Auditório principal da Unemat
Link para inscrições: https://forms.gle/xckfaNqeqfjyZ2mPA

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana