conecte-se conosco


Policial

Polícias Civil e Militar prendem 4 por homicídio de jovem em Diamantino

Publicados

em

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil e Militar de Tangará da Serra prenderam quatro suspeitos de envolvimento no assassinato do jovem Gabriel Rodrigues do Nascimento, de 20 anos, na manhã desta terça-feira (26.02). Na ação foram presos Fernando Silveira de Souza, 34 anos, Odair José da Silva, 34 anos, José Valdo da Silva Soares, 22 anos e Jackson Manoel de Macena Cordeiro, 21 anos.

As investigações iniciaram para apurar o desaparecimento de duas pessoas Fernando (suspeito) e Gabriel. Fernando foi localizado em uma fazenda no Distrito de Deciolândia sendo trazido para Tangará da Serra pela Polícia Militar. Questionado a respeito de Gabriel, Fernando confessou que ter matado a vítima com a ajuda de outras pessoas que trabalham na fazenda Pscheidt.

Em diligências na fazenda, a Polícia Civil localizou o suspeito Odair, que confessou ter ajudado a matar e a carregar o corpo da vítima para uma área próxima do alojamento onde estavam tomando bebida alcoólica. O suspeito mostrou a equipe de investigadores o local onde teria deixado o corpo de Gabriel, sendo este encontrado já estado de decomposição. A vítima foi assassinada com arma branca com aproximadamente 12 golpes na região do pescoço.

Veja Também:  Dois homens são presos com entorpecentes e aparelho bloqueador de sinal em Várzea Grande

As equipes da Politec e do IML foram acionadas para comparecer ao local de crime. Os suspeitos Odair José da Silva e Fernando Silveira de Souza confessaram a participação no crime. Os outros dois suspeitos José Valdo da Silva Soares e Jackson Manoel de Macena Cordeiro negaram envolvimento no homicído.

Os objetos encontrados com a vítima foram entregues lacrados na Delegacia de Tangará da Serra. O flagrante está sendo lavrado pelo delegado João Romano na Delegacia de Polícia de Tangará da Serra.

 

 

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal apreendem caminhão com madeira irregular na fronteira

Publicados

em

Por

Um caminhão carregado de madeira irregular foi apreendido na noite de quinta-feira (30.06), no município de Comodoro, região oeste do Estado, após ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal. Três pessoas foram presas em flagrante pelo crime ambiental.
 
Os policiais civis de Comodoro e os agentes da PRF realizavam barreiras na região de fronteira, visando o combate a extração ilegal de madeira em terras Indígenas, quando na noite de quinta-feira (30), avistaram um caminhão transportando a matéria prima. 
 
A fiscalização policial foi montada na Rodovia BR 174, próximo ao KM 555, entre os municípios de Comodoro e Vilhena, no Estado de Rondônia.  Durante a abordagem foi verificado que o veículo era ocupado pelo motorista e mais dois indivíduos.
 
Na ocasião não foram apresentados os documentos obrigatórios, além da documentação exigida para o transporte de madeiras, como o Documento de Origem Florestal e a Guia Florestal, além disso, o caso do transporte da madeira feito no período noturno, constitui uma agravante ao crime ambiental previsto na Lei Federal  9.695/98.
 
Diante dos fatos, o caminhão com a carga de madeira foi apreendido, e os três suspeitos conduzidos para Delegacia de Comodoro, onde foram interrogados e autuados em flagrante delito.

Fonte: PJC MT

Veja Também:  Secretaria de Segurança Pública deflagra operação integrada na região do Araguaia

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Tio de 62 anos é preso pela Polícia Civil por estupro de vulnerável contra sobrinha

Publicados

em

Por

Um homem investigado pela Polícia Civil pelo estupro de vulnerável contra a própria sobrinha foi preso nesta sexta-feira (01.07). O crime ocorreu na cidade de Denise e é investigado pela Delegacia de Barra do Bugres.

A Polícia Civil apurou que o investigado de 62 anos cometeu os abusos sexuais contra a vítima que atualmente está com 13 anos. Os abusos teriam iniciado quando ela tinha 10 anos.

A vítima procurou ajuda do Conselho Tutelar após assistir a uma palestra na escola sobre violência sexual, na cidade de Denise.

O fato foi registrado na Polícia Civil que deu início à investigação e apurou que, além do suspeito de 62 anos, outro tio da vítima também é investigado por cometer abusos contra a adolescente.

A partir das informações coletadas na investigação, a delegada Renata Evangelista representou pela prisão dos dois envolvidos. As buscas seguem para localizar o segundo envolvido.

O homem preso nesta sexta-feira respondeu anteriormente por outro crime de estupro.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Operação da Polícia Civil desmonta célula de facção criminosa em Campo Verde
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana