conecte-se conosco


Policial

Polinter fecha fevereiro com 68 mandados de prisão cumpridos (corrigida)

Publicados

em

Assessoria | PJC-MT

A Gerência Estadual de Polinter, da Polícia Judiciária Civil, fechou o mês de fevereiro com 68 mandados de prisão cumpridos em desfavor de pessoas que respondem tanto na esfera criminal como na cível (devedores de pensão alimentícia).

As prisões são decorrentes de diversos crimes como atentado contra a liberdade sexual, crimes contra a pessoa, estupro de vulnerável, tráfico de drogas e violência doméstica.

Entre os mandados de prisão cumpridos está o de Gracielle Rosana da Silva, 35, acusada do homicídio da própria mãe, no ano de 2004 para ficar com a herança. A suspeita foi sentenciado a pena de 13 anos de reclusão, expedido pelo juízo da 2ª Vara Criminal de Cuiabá.

Outra ordem judicial decorrente de um caso de grande repercussão, ocorrido em 1983, foi a prisão de Francisco Martins Pereira, 59, apontado como autor do homicídio que vitimou o pai do deputado federal, Valtenir Pereira.

Segundo o delegado titular da Polinter, Marcos Veloso, o bom resultado da delegacia se deu em virtude do emprenho e dedicação de toda equipe que não mede esforços para dar cumprimento aos mandados. “A Polinter ainda pode fazer com apoio da sociedade, que pode auxiliar na prisão de criminosos através das denúncias”, disse o delegado.

Veja Também:  Polícia Civil cumpre mandado de busca e apreensão em ponto de venda de drogas e prende um traficante

Denúncias:

Além do disque denúncia via 197, a Polícia Civil conta com um canal exclusivo via WhatsApp para recebimento de informações referentes a captura de foragidos. Pelo telefone (65) 9 9933-4614 qualquer pessoa pode auxiliar as investigações. O sigilo é absoluto.

 

 

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Policiais civis prendem em Pontes e Lacerda traficante que saiu recentemente da cadeia

Publicados

em

Por

Um jovem que saiu recentemente da prisão, foi novamente preso pela Polícia Civil, nesta sexta-feira (24.06), no município de Pontes e Lacerda (448 km a oeste de Cuiabá), após ser abordado com porções de droga.

Reincidente na venda ilícita, o suspeito de 20 anos, foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

Os policiais civis realizaram diligências, quando ao passar pelo bairro Vila Guaporé, avistaram três indivíduos conversando em atitude suspeita. A equipe fez o retorno pelo quarteirão, e ao perceberem a viatura, dois deles se assustaram e saíram do local.

Na ocasião os investigadores verbalizaram para o rapaz que ficou, porém, este ignorou e começou a andar de forma rápida. Durante a abordagem o suspeito continuou ignorando a equipe, andando ainda mais acelerado.

Em determinado momento o suspeito retirou de seu bolso uma recipiente de plástico e jogou em cima do telhado de uma residência. Contudo, motivado pelo declive, o recipiente caiu no solo e abriu-se.

Dentro do objeto haviam 11 porções de pasta base, e no bolso do jovem encontrado a quantia de quase R$ 200. Na sequência foi feita a checagem e verificado que no dia 22 de maio, o mesmo recebeu um alvará de soltura, pois cumpria pena por tráfico de drogas.

Veja Também:  Polícia Civil prende homem por estupro de vulnerável de colega da filha em Barra do Garças

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido para Delegacia de Polícia, interrogado pelo delegado Guilherme Campomar da Rocha, e autuado em flagrante. Após a confecção dos autos, o preso foi colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil realiza terceira etapa do projeto itinerante na Regional de Pontes e Lacerda

Publicados

em

Por

O projeto “Coordenadoria de Gestão de Pessoas Itinerante”, desenvolvido pela Polícia Civil, promoveu a terceira edição na quarta-feira (22.06), na Delegacia Regional de Pontes e Lacerda (448 km a oeste de Cuiabá).

A terceira etapa do evento foi direcionada aos servidores das delegacias dos municípios de Comodoro, Vila Bela da Santíssima Trindade, Jauru e Pontes e Lacerda.

O projeto visa buscar a aproximação da Coordenadoria de Gestão de Pessoas com os policiais civis, levando informações sobre os seus produtos, serviços e ações de Prevenção a Saúde e Segurança no Trabalho.

As atividades oferecidas foram: Workshop de Atenção a Saúde Mental, Trabalho de Sensibilização sobre a Importância da Saúde Física e Apresentação dos Produtos e Serviços da Coordenadoria de Gestão de Pessoas.

Durante a ação foram disponibilizados também os serviços de prevenção à saúde, viabilizados por meio de parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Pontes e Lacerda.

Na ocasião foram feitos atendimentos para testes rápidos de ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis) e Covid19, aferição de pressão arterial e teste glicêmico e orientações ergonômicas e fisioterapêuticas.

Veja Também:  Condenada à prisão por sequestrar bebê para ritual satânico em MT mudou de casa várias vezes e passou 2 anos foragida

Além da avaliação física de Bioimpedância e orientações nutricionais com a nutricionista autônoma Carolina Franco.

O delegado regional de Pontes e Lacerda, Marcos Cezar Farias Lyra, agradeceu a equipe da CGP pela iniciativa pioneira e de extrema importância, em razão do conhecimento transmitido, resolução de dúvidas e questionamentos, haja vista a dificuldade de deslocamento do servidor até a capital.

Segundo Marcos Lyra, ter presença da Coordenadoria de Gestão de Pessoas Itinerante nas unidades policiais do interior do Estado, é pensar no servidor e tentar facilitar os trâmites de acesso à Gestão de Pessoas.

“Nos agradecemos a ação desenvolvida pelas profissionais envolvidos, em especial ao município de Pontes e Lacerda e a Associação do Comercial e Empresarial da cidade, pela parceria indispensável para a realização do evento”, destacou o delegado Regional.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana