conecte-se conosco


Política Nacional

Presidente envia cumprimentos a Pedro Castillo por eleição no Peru

Publicados

em


O presidente Jair Bolsonaro encaminhou mensagem para cumprimentar o presidente eleito do Peru, Pedro Castillo. Após uma contestação judicial da opositora de Castillo no segundo turno, a direitista Keiko Fujimori, o Júri Nacional de Eleições proclamou a vitória do ex-professor de 51 anos de idade nas eleições ocorridas no dia 6 de junho. 

“Cumprimento o senhor Pedro Castillo Terrones por sua eleição à presidência do Peru”, disse o presidente, em publicação no perfil do Twitter da Secretaria Especial de Comunicação Social do governo federal. 

O resultado oficial havia sido adiado por apelações de Fujimori, que buscavam anular algumas cédulas por acusações de fraude. A candidata disse, no entanto, que era obrigada por lei a reconhecer a decisão do Júri Nacional de Eleições.

A Organização dos Estados Americanos (OEA), a União Europeia e o Reino Unido disseram que a eleição foi limpa. A posse está marcada para o dia 28 de julho. 

Veja Também:  CRA vota incentivos para criadores de ovelhas e cabras

Edição: Aline Leal

Comentários Facebook
Propaganda

Política Nacional

Presidente Jair Bolsonaro abre live para cobertura da imprensa

Publicados

em


O presidente Jair Bolsonaro resolveu abrir hoje (29) a live que realiza todas as quintas-feiras para a cobertura da imprensa. Ele também convocou toda a população para assistir à transmissão.

O presidente adiantou que deve falar sobre possíveis fraudes nas eleições de 2014 e 2018. 

Assista ao vivo:

Edição: Claudia Felczak

Comentários Facebook
Veja Também:  CRA vota incentivos para criadores de ovelhas e cabras
Continue lendo

Política Nacional

Presidente prorroga suspensão de metas para prestadores de saúde

Publicados

em


O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quarta-feira (28) o projeto de lei que prorroga a suspensão da obrigatoriedade do cumprimento das metas quantitativas e qualitativas contratualizadas pelos prestadores de serviço de saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) até 31 de dezembro de 2021.

O projeto foi motivado pelas impactos da pandemia de covid-19 no sistema de saúde. As metas que os prestadores devem cumprir são usadas como parâmetro para o pagamento dos serviços, que são operados por organizações sociais (OS).

De acordo com a Subchefia para Assuntos Jurídicos da Presidência da República, a suspensão é necessária diante da anormalidade na prestação dos serviços de saúde.

“Diante do atual cenário, o direcionamento dos atendimentos das instituições de saúde passou a ser para contenção da doença [covid-19], de modo que as consultas médicas de diferentes especialidades, procedimentos eletivos, exames complementares e diversas outras ações de saúde tiveram que ser suspensas”, justificou o órgão. 

Edição: Nádia Franco

Veja Também:  Senadores divergem sobre política externa brasileira

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana