conecte-se conosco


Policial

PRF fiscaliza poluição atmosférica por veículos pesados

Publicados

em

Ação ocorreu no trecho da BR 163, entre os dias 04 e 06 de fevereiro em Sorriso/MT

A 6ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Sorriso/MT, realizou uma operação de enfrentamento aos crimes ambientais com foco na fiscalização de emissões veiculares (Arla 32 e Diesel S10). A ação ocorreu no trecho da BR 163, entre os dias 04 e 06 de fevereiro.

O ARLA 32 é um aditivo para controle e redução das emissões de Óxidos de Nitrogênio, enquanto o Diesel S10 é empregado para o controle de emissões de Enxofre. Ambos são obrigatórios para os veículos pesados, movidos a diesel, fabricados a partir de 2012, conforme determinação do Conselho Nacional de Meio Ambiente.

Dos 13 veículos fiscalizados, três foram flagrados com irregularidades, sendo dois pelo funcionamento incorreto do SCR (Sistema de Redução Catalítica Seletiva) e um pela utilização de combustível não permitido (Diesel S500).

Os veículos autuados foram removidos e foram lavrados Termos Circunstanciados de Ocorrência pelo cometimento, em tese, dos crimes previstos nos artigos 54 e 60 da Lei 9.605/98 – Lei dos Crimes Ambientais.

Veja Também:  Suspeitos de homicídio são presos por tráfico e comércio ilegal de munições

O procedimento policial é encaminhado à Promotoria do Meio Ambiente em Sorriso para apuração das responsabilidades e penalização dos autuados, bem como os veículos são periciados e o órgão ambiental (lbama) acionado para providências cabíveis na esfera administrativa ambiental, sem prejuízo das autuações por infrações de trânsito averiguadas (Transitar com equipamento obrigatório ineficiente/inoperante).

Ainda no dia 06 a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) realizou a perícia nos veículos, confirmando as irregularidades apontadas na fiscalização da Polícia Rodoviária Federal.

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Furto de gado no distrito de Capão Verde virou rotina

Publicados

em

Imagem Ilustrativa

Os constantes furtos de gado no distrito de Capão Verde, distante de Cuiabá 150 km, município de Alto Paraguai virou rotina. Na noite desta quarta-feira, 24/02, o pequeno produtor João Batista de Souza, popular João Tangará, teve sua propriedade invadida e, cerca de, 60 animais foram levados.

Um morador do distrito, que não quis se identificar, disse a reportagem do site NAMIRADALEI que constantemente propriedades são invadidas e os animais levados, sempre no período noturno e, na maioria das vezes, o morador é mantido sob a mira de armas de fogo.

Ano passado um pecuarista do distrito teve várias cabeças de gado roubado e os funcionários mantidos reféns. O proprietário não estava na fazenda no momento da ação, que duraram muitas horas de tortura psicológica nos reféns.

De acordo com informações do morador que nos relatou o ocorrido, por volta das 20h, ele viu uma movimentação de um caminhão Mercedes de cabine branca e gaiola preta, saindo do sítio do senhor João Tangará, sentido distrito de Currupira.

A polícia foi acionada e, até o momento da publicação desta matéria, ninguém foi preso.

Fonte: Na Mira da Lei

 

Veja Também:  Ex-funcionário de fórum condenado por peculato tem prisão cumprida em Barra do Bugres

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres – MT 

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Foragido por homicídio em Arenápolis é capturado no Distrito da Guia

Publicados

em

Na ocasião, a vítima, um homem, teve os dentes tirados à força e agredida até a morte, pelo acusado e comparsas que já foram presos

Maricelle Lima Vieira | PMMT – Foto por: PMMT

Uma equipe do 10º BPM capturou na manhã desta segunda-feira (21.12), um foragido da justiça por homicídio ocorrido na cidade de Arenápolis, no final do mês de outubro deste ano.

Na ocasião, a vítima, um homem, teve os dentes tirados à força e agredida até a morte, pelo acusado e comparsas que já foram presos.

Os militares da Base Ribeirão do Lipa foram informados pela equipe da Agência de Inteligência que o criminoso estaria em uma casa no Distrito da Guia, na capital.

Considerado de alta periculosidade com dois mandados abertos, sendo o segundo por tráfico de droga, ambos os documentos expedidos pela justiça de Arenápolis.

Os policiais chegavam à residência quando encontraram o denunciado saindo. Ele não apresentou resistência e foi entregue na Central de Flagrante.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: Assesoria

Veja Também:  Suspeitos de homicídio são presos por tráfico e comércio ilegal de munições

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana