conecte-se conosco


Geral

Procon-MT orienta sobre cuidados com a compra de presentes

Publicados

em

Fotos: Josi Dias

 

Planejamento, e pesquisa de preço são essenciais para evitar endividamento

Hannah Marques/Assessoria Procon-MT

Para orientar o consumidor sobre os seus direitos na compra de presentes do Dia dos Pais, celebrado tradicionalmente no segundo domingo de agosto, o Procon Estadual, vinculado à Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Setasc), separou dicas importantes para evitar contratempos e realizar uma compra segura.

 

Segundo pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá (CDL), 93% dos cuiabanos pretendem presentear no Dia dos Pais. O estudo, produzido do dia 18 a 22 de julho, com 250 pessoas, indica ainda que os consumidores devem gastar um valor médio de R$ 267,45 com os presentes. Roupas, calçados, acessórios, perfumes, alimentos e bebidas, joias e relógios, telefonia/smartphone, livros e artigos esportivos estão entre os produtos que devem registrar maior procura.

 

O secretário adjunto de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor, Edmundo Taques, destaca que é importante fazer um planejamento e definir antecipadamente o que deseja comprar e quanto pode gastar.

 

“É preciso ter cautela para não se endividar, todos os anos alertamos para a importância da pesquisa de preços, uma vez que há grande variação entre produtos de uma mesma marca. Também é interessante analisar os valores se optar por compras a prazo. Pagar à vista na maioria das vezes é uma opção mais vantajosa, principalmente pela possibilidade de negociar um bom desconto e assim evitar o endividamento a longo prazo”, ressalta o secretário adjunto.

 

Confira outras dicas do Procon-MT:

 

Alimentos e cestas de café da manhã: informe-se antecipadamente sobre cobranças de taxa de entrega, número e tipo de produtos e embalagens, marcas e complementos, pois esses itens fazem diferença no preço final. Com todos os detalhes definidos, peça por escrito o que foi acertado, como data e horário de entrega, valores e condições de pagamentos.

 

Eletrônicos: compare preços e prazo da garantia. Não se esqueça de verificar se existe assistência técnica em Mato Grosso. Solicite uma demonstração de funcionamento do aparelho e teste as funções. O Código de Defesa do Consumidor (CDC) estipula uma garantia de 90 dias para produtos duráveis. Os produtos importados também devem seguir essas determinações.

 

Perfumes e cosméticos: a dica é observar atentamente a embalagem. Produtos nacionais e importados devem conter as informações sobre a mercadoria em língua portuguesa. Instruções de uso, características, registro no órgão competente, prazo de validade, composição, volume/quantidade, condições de armazenamento e identificação sobre o fabricante/importador.

Veja Também:  Sicredi Sudoeste MT/PA lança edital e abre  inscrições para o Fundo Social 2022

 

Roupas e calçados: sempre pergunte antes se a loja aceita a troca do produto por questões de gosto, cor e tamanho, isso vale para a compra de qualquer produto. Também é preciso se informar antecipadamente sobre prazos e condições para a realização da troca. Quando, no momento da compra, o comerciante oferecer o direito a troca, o consumidor poderá exigir tal substituição. Sempre que possível solicite comprovante do benefício por escrito.

 

Vale presente: na dúvida sobre o que comprar, algumas pessoas optam pelo “vale presente”. É importante definir com o lojista e notar na nota fiscal como será restituída eventual diferença de valores entre o vale e a efetiva aquisição do produto.

 

Compra pela internet: é preciso verificar se constam no site o número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), endereço físico e canais de troca e atendimento. Observe também se há cobrança de frete, existência de outras taxas e o prazo de entrega. Ao efetuar a compra, imprima ou salve em seu computador a página do site com os dados. Antes de enviar seus dados pessoais e de seu cartão de crédito, observe se a conexão é segura. Desconfie de valores abaixo da média e nunca clique em anúncios recebidos por e-mail ou redes sociais, pois eles podem levar a sites fraudulentos. O recomendado é sempre digitar o endereço do site.

  

Formas de pagamento: com relação ao pagamento, o consumidor precisa redobrar a atenção, pois os comerciantes estão autorizados a oferecer descontos de acordo com o prazo ou instrumento de pagamento utilizado. É importante lembrar que as lojas não são obrigadas a receberem cheques de terceiros ou de outras praças, porém os estabelecimentos devem deixar bem visível a informação para que o cliente possa escolher a melhor forma de quitar a compra e para não provocar transtornos aos clientes.

 

Ao optar pelo parcelamento, tire todas as dúvidas sobre o número e valor das parcelas, taxa de juros ao mês e ao ano, encargos e o valor total a prazo. Todos esses dados também devem ser informados de forma clara, visível e ostensiva pelo fornecedor.

 

Trocas

Devolução/arrependimento: para compras realizadas fora do estabelecimento comercial – internet, telefone e catálogos em domicílio – o consumidor tem até sete dias após o recebimento da mercadoria para solicitar o cancelamento e devolver o produto, desde que não tenha sido usado, sem precisar se justificar. O cancelamento deve ser solicitado por escrito. No ato da entrega, só assine o comprovante de recebimento do produto após examinar o estado da mercadoria. Havendo irregularidades, estas devem ser relacionadas no próprio documento, justificando assim o não recebimento.

Veja Também:  Senado aprova eleições em 15 e 29 de novembro deste ano

 

Nota fiscal e garantia: não se esqueça de exigir o documento fiscal. Ele é que comprova a relação de consumo e será necessário para reclamar, caso haja algum problema com o produto. O prazo para reclamações é de 30 dias para produtos não duráveis (que se extinguem rapidamente com seu uso, como alimentos, por exemplo) e 90 dias para os bens duráveis (que tem consumo prolongado, como aparelhos celulares, geladeira, televisão).

 

Fique atento: o Código de Defesa do Consumidor (CDC) estabelece que as lojas só são obrigadas a trocar produtos que apresentarem vício de qualidade (defeito). 

 

Reclamações

 

O atendimento no Procon Estadual é presencial e está sendo realizado por ordem de chegada, sem necessidade de agendamento prévio. O consumidor deve comparecer no período das 08h às 17h, de segunda a sexta-feira, sendo necessário retirar a senha na entrada. A sede do Procon-MT está localizada na Rua Baltazar Navarros, n. 567 (antigo Sine), no Bairro Bandeirantes, em Cuiabá.

 

Caso prefira, o consumidor também pode optar pelo atendimento via WhatsApp. Para tal, basta entrar em contato pelo celular (65) 9228-3098, enviar uma mensagem e seguir as instruções. 

 

Plataforma online

 

Também é possível registrar sua reclamação pelo Consumidor.gov.br a qualquer hora do dia ou da noite. As principais lojas nacionais do varejo estão cadastradas no site e podem ser acionadas pelo consumidor sem ser preciso sair de casa.

 

Outras opções de atendimento

 

Em Cuiabá: nos postos do Ganha Tempo da Praça Ipiranga (das 08h às 17h); no Ganha Tempo do CPA (das 8h às 17h) e no Posto do Procon na Assembleia Legislativa (das 7h às 17h), por ordem de chegada.

 

Em Várzea Grande: no Centro Estadual de Cidadania, que fica dentro do Várzea Grande Shopping (das 10h às 18h), por ordem de chegada.

Comentários Facebook
Propaganda

Geral

Traição é resultado de um relacionamento infeliz?

Publicados

em

As traições geralmente acontecem nos locais em que é mais propício porém em outros lugares também

É um grande mito este que as traições só acontecem em relacionamentos infelizes, embora aconteça com uma frequência maior nesses casos, visto que muitas vezes as pessoas estão entediadas dos seus parceiros e muitas vezes até com raiva ou cansadas deles.

Todavia as traições também acontecem nos melhores relacionamentos e nos mais felizes também, pois para existir uma traição basta que exista um infiel e está tudo perdido.

Por conta desse mito muitas pessoas esforçam-se ao máximo para ter uma relação feliz com o seu parceiro ou parceira realizando todas as suas vontades e desejos, o famoso “fazer em casa para que ele(a) não procure na rua”. Porém nem sempre isso vale para segurar alguém em um relacionamento e garantir que a pessoa seja fiel.

O outro cônjuge pode fazer de tudo para o parceiro, inclusive possuir todos os atributos desejáveis por aquela pessoa, se ela sentir vontade de trair e for da natureza dela, ela irá sim trair a pessoa com quem ela se relaciona.

Veja Também:  Correios comemora 357 anos de história e o dia do Carteiro

É bastante comum encontrar casais que mesmo casados por anos em um relacionamento feliz e saudável o marido costuma trair a esposa e vice versa. Muitas vezes essas traições acontecem até com pessoas mais novas em troca de dinheiro, presentes ou mimos, caracterizando essas pessoas como sugar daddy ou sugar mommy.

A questão é que as traições podem acontecer em qualquer relacionamento, seja ele feliz ou não, pois depende muito mais do caráter, do respeito, do amor e do sentimento que as pessoas desses relacionamentos nutrem uma pela outra do que por fatores como a felicidade.

Óbvio que em um relacionamento feliz e realmente saudável é mais difícil que ocorram as traições visto que as pessoas estão satisfeitas umas com as outras, porém todo cuidado é necessário ao lidar com pessoas pois muitas vezes nunca as conhecemos de verdade. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Geral

Programa Empregar’ em Tangará da Serra já conta com mais de 200 jovens inscritos

Publicados

em

O Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IPF-MT, por meio do ‘Programa Empregar’, que tem qualificado jovens entre 16 e 20 anos de idade para o mercado de trabalho, realizará, desta vez, a ação em Tangará da Serra, nos próximos dias 10 e 11 de agosto. As inscrições continuam abertas e podem ser feitas de forma gratuita pelo link na BIO da Fecomércio-MT no Instagram.

 

O programa, que é realizado em parceria com o Sindicato do Comércio Varejista de Tangará da Serra (Sincovatan), já conta com mais de 200 inscritos e ocorrerá na Associação Comercial e Empresarial de Tangará da Serra (Acits).

 

Serão abordados temas sobre varejo e empreendedorismo, além da realização de testes de comportamento para melhor inserir os jovens no mundo do trabalho.

 

O superintendente da Fecomércio-MT, Igor Cunha, destaca a parceria dos sindicatos filiados localizados no interior como forma de ampliar a ação do Sistema. “A ajuda dos sindicatos filiados à Fecomércio tem contribuído com a nossa missão frente ao programa, que é o de colaborar com o desenvolvimento econômico em todo o estado, por meio da inserção de mais pessoas qualificadas no mercado de trabalho”.

Veja Também:  Combater drogas e alcoolismo 

 

Ao término do evento, os jovens vão receber certificados e, os selecionados para as vagas já disponíveis, que totalização mais de 120, receberão uma carta de encaminhamento às empresas parceiras do programa.

 

O presidente do Sistema no estado, José Wenceslau de Souza Júnior, confirmou a necessidade de mão de obra qualificada para atender aos anseios das empresas. “Não somente o comércio, mas diversos outros setores demandam profissionais preparados para atender às necessidades do mercado, por isso, queremos dar as mesmas ou até mais condições para que os jovens consigam corresponder às expectativas das empresas parceiras do programa”.

 

A ação desenvolvida pelo Sistema já atendeu jovens da capital e Várzea Grande e Rondonópolis, capacitando dezenas de jovens para preencher as vagas de trabalho disponíveis.

 

Os interessados em participar poderão obter mais informações sobre o programa por AQUI. Já o local para a realização do evento, será no auditório da Acits, localizado na avenida Presidente Tancredo de Almeida Neves, 96-S, no centro da cidade.

Veja Também:  Vereador Nei da Saúde prestigia Prova de Laço Comprido em Barra do Bugres

 

O Sistema S do Comércio, composto pela Fecomércio, Sesc, Senac e IPF em Mato Grosso, é presidido por José Wenceslau de Souza Júnior. A entidade é filiada à Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que está sob o comando de José Roberto Tadros.

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana