conecte-se conosco


Carros e Motos

Puma GT 1979 é oferecido nos EUA pelo equivalente a R$ 107.000

Publicados

em


source


Puma GT: clássico brasileiro vem com motor VW boxer e desenho que fez sucesso no Brasil e em outros mercados
Divulgação

Puma GT: clássico brasileiro vem com motor VW boxer e desenho que fez sucesso no Brasil e em outros mercados

Os esportivos da saga ‘fora-de-série’ da Puma já são raros no Brasil, agora imagine um nos EUA. Em terreno onde a presença de carros grandes e musculosos e SUVs com motores gigantescos são comuns, ver um modelo ‘Made in Brasil’ por lá é quase uma heresia.

Apesar disso, há muitos americanos que apreciam a exclusividade e o nosso Puma  que foi importado para lá é um bom exemplo disso. Não há informações de quando o modelo foi importado, mas de acordo com o site americano Auto Evolution, a versão GT em específico está anunciada através da loja Cool Cars For Sale em Pompano Beach, Flórida, por US$ 20.500 (sem impostos ou taxas), ou o equivalente a R$ 107.000, em conversão direta.

Veja Também:  Interesse dos jovens em ter CNH cai 10,5% em seis anos

O que se sabe é que na época, o esportivo nacional foi impedido de ser vendido no mercado norte-americano nos anos em que foram fabricados por conta das novas emissões e regulamentações de segurança impostas pelo governo dos Estados Unidos. Assim, foi proibida a importação dos esportivos da Puma GT naquela época.

Consultamos alguns por aqui e exemplares da mesma unidade sai por, em média, R$ 45.000 em ótimas condições, naturalmente e mesmo assim são muito raros. Com sede em Botucatu (SP) o Puma começou como um projeto de paixão de um imigrante italiano no Brasil com o nome de Rino Malzoni no início dos anos 1960.

Você viu?

A maioria dos Puma GTs foram equipados com motores Volkswagen de 1600 cc  que funcionam com câmbio manual, de 4 marchas,  que fizeram muito sucesso por aqui em meados dos anos 1960 e 1980 em época que a importação ainda era proibida.

Veja Também:  Saiba quais são as vantagens dos carros elétricos no Brasil

No anúncio da loja, não há muitos detalhes a respeito da manutenção que foi feita ou a quilometragem, ainda que seja difícil precisar a informação oficial. No entanto, o modelo parece estar bem preservado e original .

Essa e outras raridades como uma VW Kombi 1995 com pintura sai e blusa (azul e branca), também exportada do Brasil, podem ser vistas no site  www.coolcarsforsale.net.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Propaganda

Carros e Motos

Exposição de carros elétricos acontece em São Paulo, no Pacaembu

Publicados

em


source


Exposição de carros elétricos e congresso sobre o tema será realizado entre os dias 23 e 25 de setembro em São Paulo
Divulgação

Exposição de carros elétricos e congresso sobre o tema será realizado entre os dias 23 e 25 de setembro em São Paulo

A exposição “Veículo Elétrico Latino-Americano” vai acontecer nos dias 23 (quinta-feira), 24 (sexta-feira) e 25 (sábado), na Praça Charles Miller, no Pacaembu, das 12h às 20h.

Será um encontro aberto, seguro, seguindo rigorosamente as determinações da Prefeitura para realização de eventos na capital. Junto da feira, nos dias 22, 23 e 24, vai acontecer em paralelo, dentro do Estádio do Pacaembu, o “ Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos ” (C-MOVE) com a presença de 130 especialistas, incluindo os Secretários Municipais Ricardo Teixeira e César Azevedo.

Em sua 16ª edição, o “ Veículo Elétrico Latino-Americano” é a mais importante e tradicional exposição brasileira sobre o mercado da eletromobilidade no País, reunindo fabricantes e importadores de diferentes veículos eletrificados, produtos e tecnologias desse segmento.

Veja Também:  Saiba quais são as vantagens dos carros elétricos no Brasil

“Esse evento vai marcar a união do mercado brasileiro da eletromobilidade, mostrando tendências e caminhos que vão nortear essa área daqui para frente e contribuir para o seu desenvolvimento”, afirma Ricardo Guggisberg, fundador do “Veículo Elétrico Latino-Americano” e presidente do Instituto Brasileiro de Mobilidade Sustentável (IBMS) , uma das entidades que apóiam o evento.

Entre os participantes, estarão montadoras de automóveis, como Nissan , Fiat , Peugeot e BYD , o representante brasileiro da Tesla , marcas de motocicletas como Bull Motors e Shineray , locadoras de veículos elétricos como Unidas , Movida e Lease Plan .

Haverá também empresas especializadas em carregamento de veículos elétricos como Zletric, Power2go e Electric Mobility Brasil, novos patinetes elétricos feitos no Brasil (da Davinci Micromobilidade), fornecedores de bicicletas, quadriciclos, triciclos e scooters elétricos como a Elemovi.

Ainda entre atrações estarão as sofisticadas bikes elétricas importadas produzidas pela Specialized, um ônibus e um caminhão elétricos da Eletra e o primeiro carro-forte elétrico do mundo (do Grupo Protege).

Os profissionais da área podem fazer o seu credenciamento gratuito, já o público que não trabalha no setor deverá adquirir o ingresso que custa R$ 70 no local e R$ 50 pelo site .

Veja Também:  Chevrolet Prisma da nova geração aparece no primeiro teaser oficial

Têm direito a meia entrada estudantes, deficientes e seus acompanhantes, idosos e jovens de baixa renda de 15 a 29 anos, que façam parte de programas sociais do governo, e cuja renda familiar seja de até dois salários-mínimos. Os estudantes devem apresentar carteirinhas emitidas por entidades estudantis de representatividade nacional.   

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Caoa Chery planeja lançar nova picape rival da Fiat Toro no Brasil

Publicados

em


source
Caoa Chery Tiggo 7 da nova geração deverá servir de base para a nova picape intermediária, rival  de Fiat Toro e companhia
Divulgalção

Caoa Chery Tiggo 7 da nova geração deverá servir de base para a nova picape intermediária, rival de Fiat Toro e companhia

A Caoa Chery quer estar entre as dez marcas mais vendidas no Brasil e, para isso, terá que entrar no segmento de picapes intermediárias, segundo apurou a reportagem de iG Carros. A ideia é oferecer um produto que entre na briga com Fiat Toro, Renault Oroch, a nova Chevrolet Montana, Ford Maverick e companhia.

No Brasil, a nova picape da Caoa Chery ainda está em fase inicial de desenvolvimento. Mas, o modelo chegou a ser mencionado como Tiggo PUP durante uma coletiva de imprensa na África do Sul e, posteriormente, a marca confirmou ao site IOL Motoring que se trata de uma picape. Por lá, o novo utilitário chegará em 2023 e deverá chegar ao Brasil logo em seguida, já que o segmento estará em plena ebolição no país daqui a dois anos.

Veja Também:  Saiba quais são as vantagens dos carros elétricos no Brasil

A nova picape da Caoa Chery deverá seguir o visual do novo SUV Tiggo 7 Pro , que vai ser lançado no Brasil em 2022. Como ambos os modelos deverão ter vários itens em comum, estima-se que o conjunto mecânico será um deles. Então, estamos falando do motor 1.6 turbo, de 187 cv e 28 kgfm de torque que funciona com câmbio automatizado de dupla embreagem.

O mais provável é que a nova picape da Caoa Chery seja um dos frutos dos investimentos da ordem de R$ 1,5 bilhão anunciados para ampliação da linha de montagem em Anápolis (GO), de onde já saem os SUVs Tiggo 5X, 7 e 8 . A apresentação do novo modelo para o mercado sul-africado vai acontecer no final do ano que vem.

Interior do novo Tiggo 7 também deverá ser usado na nova picape da Caoa Chery que vai ser fabricada no Brasil
Divulgação

Interior do novo Tiggo 7 também deverá ser usado na nova picape da Caoa Chery que vai ser fabricada no Brasil

Tudo indica que a briga no segmento de picapes intermediárias ficará bastate disputado a partir do ano que vem até, pelo menos, 2025. Neste ano está prevista a chegada da VW Tarok , vinda da Argentina, com a mesma base do SUV Taos. Além dela também haverá a nova Chevrolet Montana , em 2022, ano em que também estreia a Ford Maverick , trazida do México.

Veja Também:  Chevrolet Prisma: nova geração é revelada no mercado chinês

Outro modelo do segmento de picapes intermediárias que está para ser lançado é a versão renovada da Renault Oroch , até o início de 2022. Além disso, a Hyundai poderá trazer a  Santa Cruz como parte da linha de importados da marca. Portanto, a Fiat Toro terá muito trabalho pela frente na briga com rivais.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana