conecte-se conosco


Carros e Motos

Quatro motocicletas são roubadas por hora no Estado de SP, diz estudo

Publicados

em


Estudo da Fecap sobre roubo de motos toma dados fornecidos pela Secretaria de Segurança Pública como base
Divulgação

Estudo da Fecap sobre roubo de motos toma dados fornecidos pela Secretaria de Segurança Pública como base

O novo estudo divulgado pela Fecap (Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado) aponta que quatro motocicletas são roubadas por hora no Estado de São Paulo. O levantamento toma como base os números de boletins de ocorrência sobre roubo de motos publicados pelo Portal da Transparência da Secretaria de Segurança Pública do Estado em 2018. compilados pelo núcleo de pesquisa da Fecap.

LEIA MAIS: Segurança: 59% dos acidentes de trânsito são causados por distrações

Este levantamento leva como base a ocorrência de 18.553 furtos e 17.167 roubos registrados ao longo do ano passado. Em média, foram 2.936 roubos de motos
por mês, 98 por dia e 4 por hora. O estudo ainda aprofunda o comportamento dos marginais, que preferem roubar durante a noite e furtar pela manhã e tarde – quando os furtos
ficam mais frequentes que roubos. Terça e quarta-feira são os dias com maior número de ocorrências de furtos, enquanto os roubos acontecem mais frequentemente nos fins de semana.

Veja Também:  Suzuki GSX-R1000R ganha nova cor na linha 2021; veja a galeria

LEIA MAIS: Especialistas falam sobre o seguro de carros para os jovens

São Paulo é a cidade que lidera o ranking de furtos
, correspondendo a 37% das ocorrências do Estado. Em seguida, temos o ABC Paulista, Ribeirão Preto, Osasco, Campinas e Diadema empatados com 2%. Limeira e Mogi Guaçu surgem com 1%. A capital paulista também lidera o ranking de roubos, com 43% das ocorrências. São Bernardo, Ribeirão Preto e Santo André aparecem com 4%, enquanto Osasco, Campinas e Diadema ficam com 3%. Por fim, Limeira corresponde a 2% das ocorrências do Estado, enquanto Mogi Guaçu e Itaquaquecetuba apontam 1%.

Roubo de motos na capital paulista


A cidade de São Paulo lidera as estatísticas de roubo de motos, seguida pelo ABC Paulista , Osasco e Campinas
Divulgação

A cidade de São Paulo lidera as estatísticas de roubo de motos, seguida pelo ABC Paulista , Osasco e Campinas

Falando especificamente da cidade de São Paulo, a maior parte das ocorrências de roubos e furtos acontecem em Santo Amaro (5,68%), Pinheiros (5,68%) e Bela Vista (4,55%). Em seguida, na ordem decrescente, surgem os bairros Jardim Paulista (4,11%), Barra Funda (3,35%), Itaim Bibi (3,22%), Vila Mariana (2,93%), Lapa (2,81%), República (2,70%) e Campo Grande (2,03%).

Veja Também:  Nissan Frontier 2021, de nova geração, terá detalhes antecipados nos EUA

LEIA MAIS: Confira a lista dos SUVs com o seguro mais em conta do Brasil

Ao tratarmos individualmente do roubo de motos, a lista surge com Itaquera (3,60%), Iguatemi (3,54%), Sapopemba (3,18%), Cidade Ademar (2,78%), Jardim Ângela (2,78%), Capão Redondo (2,69%), São Mateus (2,32%), Jabaquara (2,18%) e Pirituba (2,14%). 

Maior número de furtos no Estado

São Paulo – 37%
São Bernardo do Campo – 2%
Ribeirão Preto – 2%
Santo André – 2%
Osasco – 2%
Campinas – 2%
Diadema – 2%
Limeira – 1%
Mogi Guaçu – 1%

Maior número de roubos no Estado

São Paulo – 43%
São Bernardo do Campo – 4%
Ribeirão Preto – 4%
Santo André – 4%
Osasco – 3%
Campinas – 3%
Diadema – 3%
Limeira 2%
Mogi Guaçu – 1%
Itaquaquecetuba – 1%

Comentários Facebook
Propaganda

Carros e Motos

Fiat Cronos 2022 tem desconto de R$ 4,7 mil na versão mais barata

Publicados

em


source
Veja todos os esquipamentos da versão promocional do Fiat Cronos 1.3 2022
Divulgação

Veja todos os esquipamentos da versão promocional do Fiat Cronos 1.3 2022

A Fiat preparou um desconto generoso de R$ 4,7 mil para o sedã compacto Cronos , na versão 1.3 2022. O modelo que é originalmente tabelado em R$ 72.990 está sendo anunciado por R$ 68.246 no  site de ofertas da marca italiana.

O Cronos tem motor 1.3 de quatro cilindros de 109 cv de potência e 14,2 kgfm de torque, com câmbio manual de cinco velocidades. Segundo o Inmetro, o modelo pode marcar 8,9 km/l no etanol e 12,5 km/l na gasolina na cidade. Em circuito rodoviário, os números vão para 10,4 km/l no etanol e 14,7 km/l na gasolina.

Apesar de ser um modelo básico, o Cronos tem equipamentos interessantes. O sedã conta com assistente de partida em rampa, sensor de estacionamento traseiro, monitoramento de pressão dos pneus, volante multifuncional, central multimídia UConnect com espelhamento da tela do smartphone e computador de bordo.

O Cronos também se destaca pelo porta-malas de 525 litros, o maior da categoria. Equipamentos como ajustes elétricos do retrovisores, rodas de liga leve, repetidores laterais das setas e câmera de ré são opcionais que não aparecem na versão em promoção.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Com pandemia, sobe 10,7% o volume de motoristas com atividades remuneradas

Publicados

em


source
Motoristas de aplicativo de São Carlos reclamam da falta de reajuste nas tarifas
Reprodução: ACidade ON

Motoristas de aplicativo de São Carlos reclamam da falta de reajuste nas tarifas

Em São Paulo, foi registrado um aumento de 10,7% nos pedidos de inclusão da observação “Exerce Atividade Remunerada” nas Carteiras Nacionais de Habilitações (CNHs) entre 2019 e 2021. Atualmente, são mais de 5 milhões de condutores registrados com a informação em seus prontuários.

No mesmo período em 2019, eram cerca de 4,5 milhões habilitações válidas registradas na base do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP).

A inclusão da observação é necessária para condutores que produzem renda por meio de veículos, como motoristas de aplicativo de transporte, taxistas, motoristas profissionais, motorista de ônibus e caminhões, além de motofretistas e mototaxistas.

As alterações mais requisitadas são, respectivamente, B (automóveis) com 32,9% do total (1,65 milhão), AB (carro e moto) com 29,4% (1,48 milhão) e AD (carro e ônibus) com 14% (706 mil).

O crescimento coincide com as crises sanitária e econômica em decorrência do novo coronavírus , que refletiram no crescimento exponencial da utilização dos serviços delivery de restaurantes, de entrega de produtos e de pessoas que perderam seus empregos e buscaram uma fonte de renda como, por exemplo, motoristas de aplicativos.

Veja Também:  Suzuki GSX-R1000R ganha nova cor na linha 2021; veja a galeria

Isso reflete na pesquisa da Associação Brasileira Online to Offline (ABO2O) feita em 2020, que mostrou um aumento de 538% de novos colaboradores cadastrados nas empresas de delivery.

“Incluir a observação de EAR na habilitação é uma nova oportunidade de emprego. Muitos cidadãos estão procurando por essa inserção em suas CNHs pois o cenário da pandemia fez com que as pessoas estivessem cada vez mais próximas da necessidade de utilizar aplicativos de serviços de entrega de comida e contar com o auxílio de e-commerces para receber seus pedidos e produtos.

Você viu?

As empresas que contratam esses profissionais exigem que eles tenham essa observação em suas habilitações e dessa forma, a busca pelo EAR é uma forma do profissional ter uma recolocação no mercado de trabalho”, explica Raul Vicentini, diretor de habilitação do Detran.SP.

Suspensão

Para motoristas que exercem atividade remunerada, a penalidade de suspensão do direito de dirigir é imposta apenas quando o condutor atinge o limite de 40 pontos. A participação do motorista é facultativa para participar de curso preventivo de reciclagem sempre que, no período de 12 meses, atingir 30 pontos, conforme regulamentação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

O crescimento da inserção da observação também esteve presente em alguns municípios paulistas, conforme tabela abaixo:

Município maio 2019 maio de 2021 %
Embu-Guaçu 3.653 5.670 55,
Itapecerica da Serra 11.564 15.785 36,5
Franco da Rocha 12.143 16.654 33,8
Praia Grande 23.330 30.516 30,8
São Vicente 29.287 38.215 30,4
Indaiatuba 19.973 25.668 28,6
Ribeirão Preto 32.318 40.833 26,3
Sorocaba 61.635 76.638 24,3
São Paulo (capital) 1.427.821 1.577.238 10,4
Veja Também:  Cinco anos de iG

O motorista interessado em incluir a informação em sua habilitação pode dar início ao processo de forma totalmente digital. Basta acessar o portal do Detran-SP ou o aplicativo do Poupatempo (serviço está disponível em: Serviços > CNH > Inclusão de Exerce Atividade Remunerada – EAR). Confira abaixo o video de como fazer isso.

Mas é importante salientar que se o motorista habilitado, apenas na categoria A, deseja incluir a observação “Exerce atividade remunerada”, deve ter 21 anos completos, estar habilitado, no mínimo, há dois anos na categoria A, além de ter obtido aprovação em curso especializado de motofrete e/ou mototáxi.

Após fazer a solicitação da inclusão, o motorista deverá fazer a avaliação psicológica com o profissional credenciado indicado pelo Detran.SP (taxa de R$ 112,00) paga diretamente ao psicólogo.

Na sequência, o interessado deverá pagar a taxa de emissão da CNH pelo CPF do motorista em um dos bancos conveniados (apenas correntistas) ou nas Casas Lotéricas no valor de R$ 107,00 e aguardar o recebimento da habilitação em casa. Se o motorista desejar, assim que o documento for emitido é possível fazer o download da versão digital no aplicativo “CDT – Carteira Digital de Trânsito”.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana