conecte-se conosco


Mato Grosso

Reeducandos de Colniza pintam escola e participam de curso de derivados do leite

Publicados

em

Iniciativas oferecem conhecimento, oportunidade de trabalho e interação com a comunidade local

Nara Assis | Sesp-MT

Escola Estadual de Colniza teve as salas de aula e do setor administrativo pintadas por reeducandos – Foto por: Sistema Penitenciário

Escola Estadual de Colniza teve as salas de aula e do setor administrativo pintadas por reeducandos

A Escola Estadual Bernardino Gomes da Luz, localizada em Colniza (1.065 km a Noroeste de Cuiabá), estará com as salas de aula, corredores e salas administrativas renovadas, a partir desta quarta-feira (18.03). Com a mão de obra de dois reeducandos da Cadeia Pública da cidade, foi possível pintar as paredes e ainda será feita a limpeza do pátio, por meio do projeto “Urbaniza Colniza”.

O trabalho começou no início de fevereiro e foi realizado de segunda a sábado. O calçamento da mesma escola também foi realizado por meio do projeto, desenvolvido em conjunto com o Conselho da Comunidade. Neste trabalho, os recuperandos contribuíram com a fabricação de blocos para as calçadas.

O diretor da unidade penal, Heitor Nogueira da Silva Neto, ressaltou a importância da parceria com a escola. “A diretoria conseguiu adquirir as tintas e os materiais necessários, mas não tinha condições de arcar com a mão de obra. Então, é uma iniciativa em que todos ganham, pois para os privados de liberdade é uma oportunidade de mostrar à sociedade que são pessoas capacitadas e capazes de produzir em benefício da sociedade”.

Veja Também:  Em dois anos, PM apreende mais de 8 toneladas de drogas em todo Estado

Atualmente, 14 dos 51 reeducandos da unidade prestam serviços extramuros. Os outros trabalhos, também dentro do projeto Urbaniza Colniza, incluem a manutenção de um campo da cidade, calçamento em torno do prédio do Fórum, entre outros.

De acordo com Heitor Nogueira, também há uma demanda junto à Prefeitura de Colniza, para envio de Projeto de Lei (PL) à Câmara Municipal que regulamente o pagamento de pecúlio aos reeducandos no caso de trabalho extramuros. “Não temos reincidência entre os que participaram do projeto, então o trabalho é importante para a ressocialização e também para a sociedade, que é beneficiada com os serviços”, frisa o diretor.

Foco em capacitação

Entre os dias 09 e 13 de março, de segunda a sexta-feira, dois recuperandos da Cadeia Pública de Colniza também participaram do curso de produção de derivados do leite, como queijo, requeijão, entre outros. Oferecida pelo Sindicato Rural em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social, por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), a iniciativa teve carga horária de 40 horas semanais.

Veja Também:  Programa Saúde na Escola recebe adesão de 139 municípios em Mato Grosso

Foram ministradas aulas teóricas e práticas nas dependências do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município. De acordo com o diretor, além de oferecer conhecimento, há também a interação com a comunidade local. “Eles voltam animados não só por aprenderem coisas novas, mas também por conviverem com outras pessoas que não sejam do Sistema Penitenciário, isso é fundamental no processo de ressocialização”.

Fonte: Secom

www.barranews.com.br – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres – MT 

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Seplag implanta novos processos administrativos no Sigadoc

Publicados

em


A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) implanta a partir desta sexta-feira (23) seis novos processos administrativos no Sistema Integrado da Gestão Administrativa Documental (Sigadoc).

A medida tem como objetivo ampliar o uso do Sigadoc na administração pública, dar celeridade aos processos administrativos recebidos de órgãos externos, permitindo resposta em tempo hábil e contribuir para melhoria da transparência.

A partir de agora os processos de comunicação de renúncia de recurso, encaminhamento de pedido, informação ou indicação legislativa; comunicação, informação ou envio de documento sem pedido de providências; solicitação de providências, informações ou documentos de órgãos externos; solicitação de cessão de bem ou patrimônio público; encaminhamento de notificação judicial ou do Ministério Público; e convite, convocação ou comunicação de evento (não legislativo) serão feitos exclusivamente através do sistema.

Para efetivar a utilização da ferramenta, a Secretaria Adjunta de Patrimônio e Serviços, realizou um treinamento online nesta quinta-feira (22) com os servidores integrantes das unidades de direção e assessoramento superior para mostrar os principais documentos e seus fluxos que estarão ligados diretamente aos gabinetes das secretarias. Também serão disponibilizados no site da Seplag vídeos orientativos sobre o cadastramento e fluxo desses novos documentos e processos.

Veja Também:  Programa Saúde na Escola recebe adesão de 139 municípios em Mato Grosso

Conforme a secretária adjunta de Patrimônio e Serviços, Karollyne Martimiano, a implementação de novos documentos no Sigadoc garantirá maior celeridade aos processos administrativos e reduzirá o uso de papel. “Um dos nossos principais objetivos é ser eficiente em todas as áreas de atuação. Com a implementação desses novos procedimentos minimizaremos custos com impressões e contribuiremos diretamente com a sustentabilidade do meio ambiente”.

A ferramenta Sigadoc faz parte dos eixos Simplifica MT e Transparência Pública do programa Mais MT. Ela visa eliminar o uso de papel, otimizar recursos e digitalizar processos na administração pública.

Com a ferramenta é possível fazer a produção, gestão, tramitação, armazenamento, preservação, segurança e acesso a documentos e informações arquivísticas em ambiente digital de gestão documental, ou seja, é o sistema oficial do governo para gestão de documentos digitais.

Auditoria e controle

Desde o último dia 15 a Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) passou a receber processos e documentos relacionados às atividades de auditoria e controle exclusivamente pelo Sigadoc.

Desde então os processos previdenciários, de admissão e contratação temporária de pessoal e de tomada de contas especiais deixaram de ser recebidos no protocolo físico.

Veja Também:  “Prefeitos podem contar com responsabilidade e determinação neste Governo”, diz chefe da Casa Civil

Os processos e documentos relativos às atividades de ouvidoria e transparência também já estão em tramitação pelo sistema, tanto entre os setores da Controladoria quanto entre a CGE e os órgãos estaduais.   

O envio de processos relativos a denúncias registradas na Rede de Ouvidorias do Estado aos secretários de estado, por exemplo, para conhecimento e providências, está sendo feito somente pelo sistema eletrônico.

Para a inserção dos produtos no sistema, a CGE criou grupo de trabalho interno envolvendo representantes de diversos setores e contou a supervisão Seplag, responsável pelo desenvolvimento e administração do sistema.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governador entrega cestas básicas para municípios da Região do Araguaia

Publicados

em


O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, tem feito pessoalmente entrega de cestas básicas do programa “Vem Ser Mais Solidário” para famílias que vivem em extrema vulnerabilidade do interior do Estado. Acompanhado de uma comitiva de lideranças políticas, Mendes está percorrendo 13 municípios da Região Araguaia para entregar e vistoriar diversas obras de pavimentação, restauração e pontes, além de dar ordem de serviço para novas obras e promover ações em parceria com os prefeitos.

Durante as visitas, o governador realiza a entrega simbólica de cestas básicas destinadas para os municípios. No total, serão entregues 84 mil kits de alimentos, de limpeza e de higiene pessoal para todos os municípios mato-grossenses. As cestas são retiradas em Cuiabá, de acordo com cronograma estabelecido pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

Mendes destacou o papel do poder público em atender a população. “Nós não podemos ser um Estado que tem muito riqueza e ter gente passando fome. Nós temos que cumprir esse papel. O Governo faz hoje um grande programa. É o maior investimento social já feito pelo estado de Mato Grosso. Quero agradecer todos aqueles parceiros que estão nos ajudando, Assembleia, bancada federal e todos os mato-grossenses que têm ajudado a reconstruir essa história bonita do nosso Estado”, pontuou.

Veja Também:  “Prefeitos podem contar com responsabilidade e determinação neste Governo”, diz chefe da Casa Civil

O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo Anicézio, agradeceu pelas cestas básicas recebidas, que serão distribuídas às famílias carentes do município. “Quero agradecer ao governador, em nome de todas as comunidades de Alto Araguaia, a primeira-dama, Virginia Mendes, e também a Rosamaria Carvalho, secretária de Assistência Social do Estado de Mato Grosso, por nos ajudar”.

Priscila Dourado, primeira-dama do município de Alto Araguaia, destacou a atuação do Estado na assistência Social. “O sentimento é de gratidão do povo araguaense. Em especial à primeira-dama, Virginia Mendes, e a secretária Rosamaria, por representar muito bem a Assistência Social do Estado. Não só Alto Araguaia, mas os 141 municípios de Mato Grosso vêm sendo assistido de uma forma diferenciada, de uma forma especial dentro da assistência social”.

Ela lembrou que essa não é a primeira doação de cestas básicas feita pelo Estado. “Desde o ano passado nossas famílias vêm sendo assistidas pelo Governo do Estado. Estamos muito alegres por estar recebendo novamente. As doações são voltadas para atender aquelas famílias que estão mais precisando, de acordo com o impacto da pandemia”.

Veja Também:  Deputado Dr. Leonardo abre workshop de capacitação para pré-candidatos do Solidariedade de Mato Grosso
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana