conecte-se conosco


Saúde

Rio: calendário de vacinação avança para pessoas de 37 a 39 anos

Publicados

em


A vacinação contra a covid-19 na capital do Rio segue esta semana com a aplicação de primeira dose em pessoas com idade entre 37 e 39 anos. O calendário começa hoje (12) com mulheres com 39, amanhã serão os homens com a mesma idade.

Na quarta-feira (14), mulheres com 38 anos poderão se imunizar, e no dia seguinte os homens desta faixa etária. Na sexta-feira (16) poderão ser imunizadas com a primeira dose as mulheres com 37 anos, e no sábado os homens.

“O Rio inicia mais uma etapa muito importante de vacinação contra covid19. A faixa etária do trintou começa a ser vacinada”, postou ontem o secretário Municipal de Saúde, Daniel Soranz, em seu perfil do Twitter.

Para as gestantes, puérperas, que são as mulheres que tiveram filho a até 45 dias, e as que estão amamentando, a Secretaria Municipal de Saúde reservou a quarta-feira (14) para elas receberem a vacina. Nesta semana, a pasta definiu que a repescagem está restrita às pessoas com deficiência, que podem procurar os postos de hoje até sábado.

A Prefeitura do Rio comemorou a meta atingida neste fim de semana, com 90% da população de 40 a 49 anos vacinada com a primeira dose. No sábado foram aplicadas 43.598 doses da vacina contra a covid-19. A prefeitura destacou que, agora, as pessoas precisam prestar atenção na caderneta de vacinação e voltar no dia da segunda dose.

Veja Também:  Enfermeiro é o 1º servidor da Saúde infectado pelo Covid-19

Gripe

Já para a vacinação contra a gripe o calendário foi prorrogado até o dia 30 de agosto. A partir de quarta-feira, a vacina será estendida para a população em geral de seis meses a 60 anos que pode comparecer às unidades de Atenção Primária, como as Clínicas da Família e os Centros Municipais de Saúde para receber o imunizante. Para evitar aglomerações nas unidades de saúde, deve ser observado o escalonamento por faixas etárias.

Conforme o calendário, de hoje ao dia 28 de julho serão vacinadas contra a gripe, pessoas de seis meses a 17 anos. Entre 21 e 30 de julho para a faixa de 51 a 60 anos. De 28 de julho a 10 de agosto de 41 a 50 manos. Entre 10 e 18 de agosto são as pessoas de 31 a 40 anos e de 18 a 30 de agosto de 18 a 30 anos.

Até a quarta-feira, continua a imunização exclusiva para os grupos prioritários como idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a cinco anos, gestantes e puérperas, indígenas e quilombolas, pessoas com comorbidades ou com deficiência permanente. E também, para os trabalhadores da saúde e da educação, caminhoneiros e trabalhadores do transporte coletivo e de longo percurso, portuários, população privada de liberdade, adolescentes sob medidas socioeducativas e funcionários do sistema prisional, forças de segurança e salvamento e Forças Armadas.

Veja Também:  Anvisa autoriza análise da eficácia de dose de reforço da AstraZeneca

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde quem tomou a vacina contra a covid-19 deve aguardar 14 dias para se vacinar contra a gripe.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Propaganda

Saúde

Rio entrega hoje 197 mil doses da vacina Astrazeneca aos 92 municípios

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES) inicia agora de manhã a entrega de 197 mil doses da vacina Oxford/Astrazeneca aos 92 municípios fluminenses. A remessa é destinada à ampliação da cobertura vacinal da população do estado.
 
Para os municípios das regiões Norte, Noroeste, Baixada Litorânea e Costa Verde, mais distantes, a distribuição será realizada por três helicópteros, que partem do Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar, em Niterói, região metropolitana do Rio. Já para as demais cidades, a entrega será realizada por vans e caminhões, com escolta da Polícia Militar.
 
A Subsecretaria de Vigilância e Atenção Primária à Saúde (SVAPS) vem reforçando rotineiramente com as secretarias municipais de Saúde a importância de os responsáveis técnicos e gestores municipais organizarem suas ações de vacinação, respeitando a destinação das doses para a primeira ou segunda aplicação do esquema vacinal. O órgão  informa que a distribuição do imunizante é feita de forma proporcional e igualitária a todos os 92  municípios.
 
O secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe, disse que o estado do Rio de Janeiro atingiu, esta semana, a marca de mais de 10 milhões de doses aplicadas contra a covid-19.
 
“Isso representa 53,7% da população com 18 anos ou mais imunizada com a primeira dose e 21,8% com a segunda dose ou dose única do esquema vacinal. Neste momento, é importante que os municípios realizem uma busca ativa para identificar as pessoas que ainda não retornaram aos postos para tomar a segunda dose da vacina”.
 

Edição: Lílian Beraldo

Veja Também:  Vacina contra novo coronavírus deve estar disponível em outubro
Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Saúde

Anvisa suspende estudos clínicos da Covaxin no Brasil

Publicados

em


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou na noite de hoje (23) que determinou a suspensão cautelar dos estudos clínicos da vacina indiana Covaxin no Brasil. A decisão foi tomada pela Coordenação de Pesquisa Clínica da Anvisa (Copec/GGMED).

Em nota, a Anvisa informou que os ofícios comunicando a suspensão cautelar foram enviados ao Instituto Albert Einstein e à patrocinadora do estudo, a empresa Precisa Comercialização de Medicamentos.

A agência informou que a decisão da suspensão foi tomada em decorrência do comunicado da empresa indiana Bharat Biotech Limited Intercional enviado à Anvisa nesta sexta-feira informando que a empresa Precisa não tem mais autorização para representar a Bharat Biotech no Brasil. Essa decisão, na avaliação da Anvisa, inviabiliza a realização dos estudos clínicos.

A indiana Bharat Biotech é a fabricante da vacina Covaxin.

Segundo a Anvisa, não houve aplicação da vacina Covaxin em voluntários brasileiros.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Veja Também:  Rio entrega hoje 197 mil doses da vacina Astrazeneca aos 92 municípios
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana