conecte-se conosco


Agronegócio

Rodada Social AgroSolidário visita três municípios

Publicados

em


Fortalecimento Institucional

Rodada Social AgroSolidário visita três municípios

Ao todo, cerca de 150 pessoas participaram das ações

30/09/2021

Sapezal, Campos de Júlio e Comodoro foram os municípios escolhidos para participar da Rodada Social, do projeto AgroSolidário da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT). Durante as apresentações, a equipe da Aprosoja e a nutricionista apresentam receitas deliciosas, como por exemplo: hambúrgueres, bolos e bebidas, todas a base de soja.

As crianças conheceram o “Sojito”, mascote do projeto e participam de cinema com pipoca. O objetivo é proporcionar para a comunidade, conhecimento sobre a produção de grãos no Estado e evidenciar como esses alimentos podem ser introduzidos no dia a dia das famílias.

                            

A primeira cidade a receber a Rodada Social essa semana foi Sapezal. Ao todo 35 crianças estiveram no Sindicato Rural do município. Em seguida foi a vez de Campos de Júlio, 65 pessoas participaram das atividades. Por fim, a cidade de Comodoro, lá 50 crianças, além de se divertirem, aprenderam mais sobre o agro.

Veja Também:  NOTA OFICIAL - Esclarecimento sobre suposta detecção de coronavírus na China em asa de frango importada do Brasil

Responsável pela Rodada Social, o diretor administrativo da Aprosoja MT, Nathan Belusso, conta que o AgroSolidário está presente na vida das famílias há mais de 12 anos, mas viu a necessidade de levar conhecimento prático nos 27 núcleos da entidade, espalhados pelos quatro cantos de Mato Grosso.

“O AgroSolidário já está próximo de quem mais precisa há muitos anos com a bebida de soja. Mas agora é diferente, queremos olhar nos olhos dessas pessoas, ensiná-los a preparar alimentos com soja e milho, agregar conhecimento sobre a produção e claro, proporcionar um momento de lazer e descontração”, enfatizou Belusso.

Para receber a Rodada Social é simples, entre em contato com a equipe do AgroSolidário, pelo número (65) 99691-2184 (Danielle Rodrigues), verifique a disponibilidade e agende a data.

   

Fonte: Augusto Camacho

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Fonte: APROSOJA

Comentários Facebook
Propaganda

Agronegócio

O Boletim do Leite de outubro já está disponível no site do Cepea!

Publicados

em


Cepea, 19/10/2021 – Nesta edição, confira:

Mesmo com custo alto, preço no campo pode cair em outubro
O preço do leite captado em agosto e pago aos produtores em setembro atingiu R$ 2,3827/litro na “Média Brasil” líquida do Cepea, alta de quase 1% sobre o do mês anterior, em termos nominais. Contudo, para este mês de outubro, a expectativa dos agentes de mercado consultados pelo Cepea é de que o valor do leite captado em setembro se enfraqueça, mesmo diante dos elevados custos de produção. Leia mais.

Preços de derivados recuam em setembro 
Pesquisas realizadas pelo Cepea com o apoio da OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras) apontam que, em setembro, os preços médios do queijo muçarela, do leite UHT e em pó (400g) negociados entre indústrias e canais de distribuição em São Paulo recuaram 1,70%, 2,37% e 0,62%, respectivamente, frente a agosto/21. Na comparação com o mesmo período de 2020, as quedas foram de 14,75%, 8,85% e 11% na mesma ordem, em termos reais (dados deflacionados pelo IPCA de set/21). Leia mais.

Veja Também:  Soja/Famasul: comercialização antecipada da safra 2019/20 atinge 25% do volume esperado

Importações sobem no terceiro trimestre de 2021
As importações de produtos lácteos somaram 30,4 mil toneladas no 3º trimestre de 2021, 23,5% acima do volume registrado no 2º trimestre, segundo dados da Comex. Contudo, na comparação com o mesmo período de 2020, quando as importações alcançaram 54,2 mil toneladas, houve queda de 44%. O resultado do 3º trimestre deste ano reflete a baixa oferta de leite no período – que levou à necessidade de importação para suprir a demanda doméstica. Entretanto, a desvalorização do Real frente ao dólar e o enfraquecido poder de compra dos brasileiros foram fatores que limitaram as aquisições de lácteos na comparação com o 3º tri de 2020. Leia mais.

Em setembro, custos registram alta de 0,99% 
O COE (Custo Operacional Efetivo) da pecuária leiteira subiu 0,99% entre agosto e setembro na “Média Brasil” (BA, GO, MG, PR, RS, SC e SP). De janeiro a setembro, o COE avançou 15,75%. Os aumentos nos custos de produção seguem influenciados pelas altas dos adubos e corretivos, dos combustíveis e de rações e concentrados. Leia mais.

Veja Também:  ABPA comemora reabertura total das Filipinas ao frango brasileiro
Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Continue lendo

Agronegócio

AÇÚCAR/CEPEA: Cristal é negociado na casa dos R$ 150/sc

Publicados

em


Cepea, 19/10/2021 – Na sexta-feira, 15, o Indicador CEPEA/ESALQ do açúcar cristal, cor Icumsa de 130 a 180, mercado paulista, fechou a R$ 150,24/saca de 50 kg, novo patamar máximo da série histórica, em termos nominais – nessa segunda-feira, 18, porém, fechou a R$ 149,41/sc, mas ainda com alta acumulada de 4,85% na parcial de outubro. Já em termos reais, ou seja, considerando-se a inflação, o recorde foi verificado no dia 29 de janeiro de 2020, quando o Indicador atingiu R$ 190,90 (os valores foram deflacionados pelo IGP-DI). Segundo pesquisadores do Cepea, ainda que compradores mostrem resistência em aceitar novas altas nos preços do açúcar cristal no spot do estado de São Paulo, agentes de usinas se mantêm firmes nos valores pedidos por novos lotes. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

Comentários Facebook
Veja Também:  PIB-Agro/CEPEA: Ramo pecuário segue pressionando PIB, que cai 0,16% em out/18
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana