conecte-se conosco


Policial

Rotam realiza workshop sobre atendimento pré-hospitalar em combate para policiais de MT e outros Estados

Publicados

em

A Polícia Militar de Mato Grosso, por meio do Batalhão de Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam), realizou na manhã desta segunda-feira (20.06), o 1º Workshop Nacional de Atualização para Multiplicadores Institucionais de Atendimento Pré-Hospitalar (APH) em Combate. O evento faz parte das comemorações dos 21 anos da Rotam, que acontece nesta terça-feira (21.06).

Mais de 50 policiais de Mato Grosso, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Ceará, Brasília, Rio Grande do Sul, Goiás e Tocantins e do Distrito Federal participaram da oficina, realizada no auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT). 

O curso, ministrado pelo investigador da Polícia Civil do Paraná, médico e criador do Protocolo Marc em APH de Combate, Sérgio Fabrício Maniglia, é voltado para ministrar técnicas do protocolo Marc 1 que direciona as ações no controle de hemorragia, manutenção das vias aéreas, da respiração e prevenção contra a hipotermia.

“É fundamental ampliar continuamente o número de multiplicadores e operadores neste segmento. A ideia é fazer treinamento e capacitação nos atendimentos durante as ocorrências diversas. É uma formação que a cada dia surgem novas técnicas de prevenção, os quais têm salvado muitas vidas”, explica Maniglia.  

Veja Também:  GCCO prende alvos de operação de Minas Gerais

O comandante do Batalhão de Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam), tenente-coronel André Willian Dorileo, afirmou que o fortalecimento da doutrina de atendimento pré-hospitalar tem crescido e se faz cada vez mais importante. 

“É sensato e necessário capacitar este mesmo profissional de técnicas, procedimentos e boas práticas que elevam a possibilidade de sobrevida do eventual policial ferido”, afirmou o tenente-coronel.

Dorileu ainda destacou a celebração dos 21 anos da Rotam como uma unidade de resposta da Polícia Militar de Mato Grosso, que atua de forma suplementar ao policiamento ordinário, por meio do Patrulhamento Tático Motorizado, sobretudo como unidade de apoio, em casos de ocorrências complexas onde se exige treinamento técnico aperfeiçoado e equipamento diferenciado. 

“Nesta semana em que o batalhão completa mais de duas décadas, nada mais pertinente, oportuno e necessário iniciar a semana com chave de ouro com uma oportunidade técnica de tamanha envergadura, o que vem calhar com os propósitos desta vintênia Unidade Especializada”, ressalta.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal apreendem caminhão com madeira irregular na fronteira

Publicados

em

Por

Um caminhão carregado de madeira irregular foi apreendido na noite de quinta-feira (30.06), no município de Comodoro, região oeste do Estado, após ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal. Três pessoas foram presas em flagrante pelo crime ambiental.
 
Os policiais civis de Comodoro e os agentes da PRF realizavam barreiras na região de fronteira, visando o combate a extração ilegal de madeira em terras Indígenas, quando na noite de quinta-feira (30), avistaram um caminhão transportando a matéria prima. 
 
A fiscalização policial foi montada na Rodovia BR 174, próximo ao KM 555, entre os municípios de Comodoro e Vilhena, no Estado de Rondônia.  Durante a abordagem foi verificado que o veículo era ocupado pelo motorista e mais dois indivíduos.
 
Na ocasião não foram apresentados os documentos obrigatórios, além da documentação exigida para o transporte de madeiras, como o Documento de Origem Florestal e a Guia Florestal, além disso, o caso do transporte da madeira feito no período noturno, constitui uma agravante ao crime ambiental previsto na Lei Federal  9.695/98.
 
Diante dos fatos, o caminhão com a carga de madeira foi apreendido, e os três suspeitos conduzidos para Delegacia de Comodoro, onde foram interrogados e autuados em flagrante delito.

Fonte: PJC MT

Veja Também:  PM localiza motorista que foi mantido refém e recupera caminhão roubado

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Tio de 62 anos é preso pela Polícia Civil por estupro de vulnerável contra sobrinha

Publicados

em

Por

Um homem investigado pela Polícia Civil pelo estupro de vulnerável contra a própria sobrinha foi preso nesta sexta-feira (01.07). O crime ocorreu na cidade de Denise e é investigado pela Delegacia de Barra do Bugres.

A Polícia Civil apurou que o investigado de 62 anos cometeu os abusos sexuais contra a vítima que atualmente está com 13 anos. Os abusos teriam iniciado quando ela tinha 10 anos.

A vítima procurou ajuda do Conselho Tutelar após assistir a uma palestra na escola sobre violência sexual, na cidade de Denise.

O fato foi registrado na Polícia Civil que deu início à investigação e apurou que, além do suspeito de 62 anos, outro tio da vítima também é investigado por cometer abusos contra a adolescente.

A partir das informações coletadas na investigação, a delegada Renata Evangelista representou pela prisão dos dois envolvidos. As buscas seguem para localizar o segundo envolvido.

O homem preso nesta sexta-feira respondeu anteriormente por outro crime de estupro.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Polícia apreende 16 Kg de drogas na Zona Rural de Nova Olímpia
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana