conecte-se conosco


Mato Grosso

Sábado (11): Mato Grosso registra 527.135 casos e 13.633 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (11.09), 527.135 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.633 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 345 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 527.135 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 5.171 estão em isolamento domiciliar e 507.457 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 184 internações em UTIs públicas e 123 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está 40,80% para UTIs adulto e em 20% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (108.395), Rondonópolis (37.208), Várzea Grande (36.553), Sinop (25.399), Sorriso (17.956), Tangará da Serra (17.582), Lucas do Rio Verde (15.507), Primavera do Leste (14.558), Cáceres (11.588) e Barra do Garças (10.521).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Veja Também:  Em dois anos, Polícia Militar apreende 4.734 armas de fogo em MT

O documento ainda aponta que um total de 386.221 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 116 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (10.09), o Governo Federal confirmou o total de 20.974.850 casos da Covid-19 no Brasil e 585.846 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 20.958.899 casos da Covid-19 no Brasil e 585.174 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste sábado (11.09).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

Veja Também:  Atendimento ao público na sede do Detran-MT será suspenso na tarde desta terça-feira (03)

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Produção de algodão agroecológico em Canarana é destaque e atrai investidores do segmento

Publicados

em


Com uma produção de quatro toneladas de algodão orgânico (agroecológico) neste ano, Canarana (a 823 km de Cuiabá) recebeu o ‘dia especial sobre a cultura do algodão’, evento promovido pela Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural, Secretaria de Agricultura do município e Cooperativa Regional Agropecuária Portal do Xingu (Cooperportal).

O encontro ocorreu no Sindicato Rural, na semana passada, com a presença de 59 pessoas entre produtores, lideranças comunitárias e sindicais, técnicos das regionais de Barra do Garças e compradores. Foi estabelecido a meta de tornar a região do Vale do Araguaia uma referência nacional na produção de algodão agroecológico, por meio da agricultura familiar.

O técnico da Empaer, o extensionista Gildomar Avrella explica que esta safra foi produzida no assentamento Pa Guatapara e em uma Unidade Técnica de Referência de Algodão em Agrofloresta (URT), em trabalho conjunto com Secretaria de Agricultura municipal. 

Ele destaca que objetivo é tornar o algodão uma importante fonte de renda para os agricultores familiares, uma vez que a cultura não utiliza produtos químicos e a colheita é feita de forma manual. 

Veja Também:  Servidor com pendência em diárias deve ter o valor descontado em folha de pagamento

“Acreditamos que a região tem condições de se tornar destaque nacional, hoje a referência são os estados do Nordeste. Com 100 pequenos agricultores plantando um hectare, o resultado será de 300 mil quilos de algodão orgânico com 100% da venda garantida”.

Segundo o técnico, a Empaer, juntamente com as secretarias municipais do Araguaia auxiliam no apoio técnico e a Cooperportal irá beneficiar o algodão com uma máquina que está sendo adquirida.

“O foco é tirar o agricultor familiar da invisibilidade, oferecendo opções e oportunidades comerciais, trazendo renda e fomentando o tripé da sustentabilidade: social, econômico e ambiental”.

Como exemplo, o extensionista cita a visita de representante da empresa Veja Vert, que fabrica calçados utilizando fibras naturais e exporta para a França. “Eles ficaram surpresos e gostaram da qualidade da pluma. Na proposta comercial, ofereceram R$ 15 por quilo do algodão em pluma limpo para o produtor, mais a comissão da cooperativa, que irá beneficiar a produção”, frisa Gil. 

Ainda na ocasião, a produção de gergelim orgânico também foi apresentada. A cultura vem sendo desenvolvida nas cidades de Canarana e Gaúcha do Norte. Este ano já foram colhidos 22 mil quilos e vendido como sementes de plantio. O principal comprador é o Japão.

Veja Também:  Aluna da rede estadual conquista 980 pontos na redação do Enem

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Mais três escolas estaduais em Barra do Garças serão climatizadas

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) garantiu a climatização de mais três escolas em Barra do Garças, em uma ação que vai beneficiar mais de mil estudantes. Serão destinados 70 aparelhos de ar-condicionado 18 mil BTUs para as escolas estaduais Deputado Norberto, Senador Filinto Muller e Prof. Maria de Lourdes. 

Secretário de Estado de Educação, Alan Porto ressalta que toda a parte elétrica destas unidades está pronta, inclusive com posto de transformação instalado. Os aparelhos serão instalados logo após a entrega, prevista para essa semana.

“Muito mais que conforto, a climatização garante uma motivação a mais aos estudantes e professores para o processo de ensino e aprendizagem. Os alunos vão para a escola porque terão um ambiente mais agradável, propício para estudar. Não tenho dúvidas que isso reflete na parte pedagógica, na melhoria da qualidade da educação em nosso Estado”.

A entrega dos aparelhos é mais uma ação do regime de colaboração entre Estado e município. A prefeitura se responsabilizou em buscar os aparelhos na Capital e entregar nas escolas.

Veja Também:  Setasc doa ração para ONG que resgata animais de rua em Cuiabá

O vice-prefeito e secretário de educação de Barra do Garças, Sivirino Sousa, afirma que a parceria entre Secretaria Municipal de Educação e Seduc é o exemplo de gestão compromissada em agir pela melhoria da educação.

“O que os gestores precisam ter em mente é que não existe rede de ensino municipal ou rede estadual, mas sim estudantes do Estado de Mato Grosso. Gosto de trabalhar com essa parceria, diria até que esse constante diálogo é necessário para que de fato seja ofertada uma educação de qualidade”, destaca Sousa.

Reivindicações antigas

Diretora de uma das escolas contempladas, Silmira de Souza revela que esse era um desejo que antecedia sua gestão e se diz contente pela atuação conjunta entre as secretarias.

“A Deputado Norberto possui 380 alunos que há algum tempo reivindicam a climatização. Aguardando somente uma definição de logística, esperamos que até o fim do mês nossas salas estejam climatizadas. Os 27 aparelhos chegaram em boa hora. É gratificante observar quando gestores se unem pelos estudantes. Foi uma parceria rápida que nunca tinha visto antes”, enfatiza a diretora.

Veja Também:  Acidentes de trânsito: SAI retoma atendimento em Cuiabá e Várzea Grande

Já na escola Maria de Lourdes, a diretora Rosangela Becker explica que a ação entre Município e Estado resolve uma demanda antiga, muito cobrada pelos alunos, principalmente, pela escola ser mais afastada do centro da cidade.

“São medidas simples que fazem uma diferença grande, positiva. Os estudantes passarão a ter uma condição mais adequada para uma melhor aprendizagem. Sabemos que os alunos já estão vindo desmotivados por conta das altas temperaturas, principalmente para o turno vespertino. Com a chegada dos 28 equipamentos esperamos melhoria no rendimento”, observa a diretora.

Somente este ano, a Seduc já atendeu 100 unidades escolares com a entrega de 2.077 aparelhos de ar-condicionado. “A determinação do governador Mauro Mendes é que até o final de 2022 todas as escolas, que têm a disponibilidade no fornecimento de energia adequada pela Energisa, estejam climatizadas e a Seduc está trabalhando de forma incansável para cumprir este compromisso”, finaliza o secretário Alan Porto.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana