conecte-se conosco


Mulher

Saiba como identificar e tratar a gastrite nervosa

Publicados

em


source

Alto Astral

Saiba como identificar e tratar a gastrite nervosa
Reprodução: Alto Astral

Saiba como identificar e tratar a gastrite nervosa

Com o estresse do dia-a-dia, muitas pessoas podem acabar considerando dores de cabeça e de estômago, por exemplo, como sintomas normais em resposta ao nervoso. Mas não é bem assim! Realmente, é cientificamente comprovado que sentimentos como estresse e ansiedade têm grande influência sobre algumas patologias, podendo desencadeá-las ou agravá-las.

Porém, crer que essa associação é motivo para não tratar os sintomas e a doença pode prejudicar ainda mais o quadro e causar danos à saúde. Seja qual for a natureza da patologia, é imprescindível buscar orientação médica e tratamento. Sendo assim, é fundamental estar atento aos sinais que o corpo dá para entender o que está acontecendo e também trabalhar as questões emocionais.

A gastrite consiste na alteração da mucosa gástrica e apresenta sintomas clássicos, como dor ou desconforto estomacal. Quando essas dores pioram com estresse e/ou ansiedade, temos um quadro de gastrite nervosa. “Por isso, é importante uma abordagem global pelo médico, avaliando se as duas patologias estão somadas, e nesse caso, o tratamento emocional é fundamental para a melhora dos sintomas gástricos”, assegura a gastroenterologista Tabata Cristina Alterats Antoniaci.

Segundo a profissional do Grupo São Cristovão Saúde, não existe uma causa única para a evolução desse quadro, mas é fato que os fundos emocionais interferem diretamente na sintomática da doença. Ela conta que para um diagnóstico mais assertivo, algumas etapas devem ser cumpridas: verificar a alimentação, solicitar exames de imagem, realizar exames físicos fazer uma “entrevista”, a fim de conhecer bem o histórico e as queixas do paciente.

Veja Também:  Tranças africanas: tipos, origens e dicas de como usar

Assim, a especialista afirma que após uma boa conversa já será possível fazer o encaminhamento correto do caso. “Pode-se encaminhar para tratamentos conjuntos, com o auxílio de um nutricionista e/ou psicólogo, ou até mesmo psiquiatra, formando-se uma equipe multidisciplinar para auxiliar o paciente”, ressalta Tabata.

Identificando os sintomas

A gastrite é definida principalmente pelas dores e desconfortos na região estomacal e abdominal. Logo, a orientação da especialista é que quando os episódios se repetem com frequência, sendo persistentes, ou a intensidade da dor gera incômodo é essencial procurar o gastroenterologista para realizar um acompanhamento e, se necessário, dar início ao tratamento.

Você viu?

Vale lembrar ainda que a doença não é a única causa para dores no abdome, portanto, é sempre necessário observar o que está sentindo e, em casos mais graves, recorrer à emergência.

Tratando a gastrite

De acordo com a médica, as trativas para o caso são amplas. “Há uma série de fatores que podem ser ajustados, buscando a melhoria dos quadros, como manter uma dieta rica em vitaminas e minerais, beber água e abandonar o consumo excessivo de estimulantes como chocolates e café, pois geram ainda mais ansiedade”, exemplifica.

Veja Também:  Descubra sua paleta de cores: veja como funciona a colorimetria

Ficar de olho na alimentação é a chave para melhorar a condição, uma vez que o problema se concentra no estômago e pode piorar ao consumir determinados alimentos. Por isso, a gastro cita algumas opções que são ideias para agir no controle do PH estomacal: legumes cozidos, em especial a batata; frutas como a banana e o melão (as cítricas devem ser evitadas); grãos integrais, como a aveia; carnes magras, como peixes e frango sem pele.

Por fim, a orientação de Tabata é manter hábitos que funcionem como calmantes, atenuando o estresse e ansiedade. Para isso, vale investir em doces leves e chás que promovam sensações de calma e bem-estar. Outra opção muito útil é a prática de exercícios físicos, pois liberam endorfina. Opte por atividades como caminhadas, yoga ou meditação.

E uma dica de ouro para quem enfrenta a situação: “inclua sempre na sua semana o encontro ou conversa com pessoas que lhe causem calma e prazer. Todos nós temos os nossos “leões” para enfrentar e, devagar, os venceremos”, finaliza a médica.

Fonte: Tabata Cristina Alterats Antoniaci, gastroenterologista do Grupo São Cristovão Saúde.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Propaganda

Mulher

Sabrina Sato curte com a filha em praia nos bastidores de “Ilha Record”

Publicados

em


source
Sabrina Sato curte praia com a filha após gravações de novo reality show
Reprodução/Instagram

Sabrina Sato curte praia com a filha após gravações de novo reality show

Com o fim das gravações de “Ilha Record”, a  apresentadora Sabrina Sato aproveitou para curtir momentos ao lado da família em Paraty. Neste sábado (24), a musa encantou seus seguidores do Instagram ao compartilhar as fotos ao lado da filha Zoe.

”Doses de amor em meio as gravações da Ilha Record! Faltam 2 dias para estreia! É nessa segunda às 22:45 da noite na Record”, escreveu na legenda.

Nos comentários, os fãs se derreteram e não pouparam elogios. Juliette, a campeã da última edição do “Big Brother Brasil “, da TV Globo, foi uma das famosas que se encantou com com as fotos compartilhadas na rede. Confira:


Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Veja Também:  32 simpatias para fazer, manter e recuperar amizades
Continue lendo

Mulher

Faça você mesmo: 4 truques infalíveis para pintar as paredes!

Publicados

em


source

Alto Astral

Faça você mesmo: 4 truques infalíveis para pintar as paredes!
Reprodução: Alto Astral

Faça você mesmo: 4 truques infalíveis para pintar as paredes!

De tempos em tempos surge aquela vontade de mudar a decoração da casa ou até mesmo ir além e reformá-la. Se esse hábito já era normal antes, imagina agora passando ainda mais tempo no ambiente? Parece que se tornou mais fácil enjoar do visual do lar e buscar alternativas práticas e que caibam no orçamento para repaginar a residência.

Se mudar a disposição dos móveis, trocar os objetos decorativos e comprar novas plantinhas não foram o suficiente para saciar a vontade de mudança, vale pensar em pintar as paredes! Isso porque mudar a cor de uma das paredes já trará uma cara nova ao cômodo, sabia?

Preparada para a transformação do lar? Então, antes de tudo, é preciso atentar-se às questões de segurança e obra! “Utilizar itens como óculos, máscara e luvas é essencial para evitar respingos nos olhos ou a inalação de poeira. Proteger o piso e os móveis também é parte importante antes de iniciar o trabalho com a pintura”, orienta Talita Kawahara, coordenadora da categoria de tintas da Telhanorte.

A profissional lembra ainda que existem outras etapas fundamentais para obter um resultado bonito: para que a parede receba a tinta, as imperfeições precisam ser corrigidas, deixando s superfície nivelada. “Para paredes internas e fora de locais úmidos, a massa corrida pode ser utilizada. Já em ambientes externos que recebem água e umidade, o ideal é aplicar a massa acrílica”, completa.

Veja Também:  Caso de amamentação viraliza após mulher alimentar filho enquanto resgata cadela

Chegou a hora de colocar a mão na massa!

Você vai precisar de: tintas, mexedor, bandeja e rolo.

“Use o mexedor assim que abrir a lata de tinta para deixá-la homogênea. Em seguida, despeje-a no fundo da bandeja. Na bandeja, é necessário retirar o excesso de tinta do rolo, evitando manchas na parede”, instrui a coordenadora.

Por último, mas muito importante, pesquise sobre os rolos. Com uma grande variedade de modelos, vale investir naquele que esteja mais alinhado com seu propósito. Eles podem ser sintéticos, de lã ou de lãs mistas, enquanto as trinchas são utilizadas nos acabamentos mais finos, como rodapés ou contorno de teto.

4 truques infalíveis para a pintura dar certo

1 – Comece a pintar pelos cantinhos e junções

Você viu?

Dê início na pintura pelos cantos da parede e suas junções, como do rodapé e do teto. Após pintar essas áreas, prossiga para o interior restante. Para essa hora, a dica é usar a trincha, pois oferece maior precisão no acabamento!

2 – Você vai precisar de mais de uma camada!

Aqui vai a notícia: a cobertura total costuma ser alcançada com duas ou três demãos. Ou seja, só uma camada de tinta não será suficiente! Compre produto suficiente para as outras demãos e aguarde a secagem para fazê-las. “O tempo de secagem varia de acordo com o clima do local e o tipo de tinta. Em geral, para produtos à base d’água, como tinta látex ou acrílicas, demora cerca de quatro horas”, conta Talita.

Veja Também:  32 simpatias para fazer, manter e recuperar amizades

3 – Fique de olho nas tendências, mas não deixe seu gosto de lado

Se surgir aquela dúvida sobre qual cor escolher, recorra às tendências do ano, afinal, anualmente, grandes fabricantes do segmento lançam as apostas dos próximos meses. Mas é importante também manter o gosto pessoal na decoração da casa e buscar ainda combinar as cores com os móveis e objetos que já ocupam o espaço.

4 – Áreas externas precisam de cuidados específicos

“Para a pintura da fachada é preciso escolher uma tinta adequada para pintura externa. Essa área sofre com a ação direta do sol, chuva e outras intempéries como mofos e infiltrações”, pondera a especialista em tintas. Assim, opte por versões mais compatíveis com as necessidades, como epóxi e esmalte, além da tinta em verniz ideal para madeira.

E as cores? Segundo a profissional, investir em tons mais claros trará um resultado melhor, porque os escuros tendem a desbotar e perder o brilho mais rapidamente. E para manter a beleza da tinta por mais tempo, ela indica o uso de uma seladora de parede, que melhorará a fixação.

Siga as dicas para executar a pintura com segurança e conseguir a tão desejada repaginada na casa sem gastar muito!

Fonte: Talita Kawahara, coordenadora da categoria de tintas da Telhanorte.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana