conecte-se conosco


Entretenimento

Saiba quem é Mia Khalifa, ex-atriz pornô que virou meme na CPI da Covid

Publicados

em


source
Mia Khalifa
Reprodução/Instagram

Mia Khalifa




A ex-atriz pornô Mia Khalifa se tornou assunto político no Brasil depois de ter seu nome associado à CPI da Covid . Libanesa de 28 anos, a influenciadora digital trocou, inclusive, a descrição de seu perfil no Twitter, e agora se classifica, ironicamente, como “Brazil’s COVID Response Leader” (“autoridade da resposta do Brasil à Covid”, em tradução livre). Nesta semana, ela alcançou o topo dos temas mais comentados na rede social no país.

Mas quem é Mia Khalifa, afinal? Libanesa que vive nos EUA desde 2000, Mia Khalifa é conhecida pela curta carreira como atriz pornográfica. Entre 2014 e 2015, a jovem criada por uma família católica e graduada no curso de Artes pela University of Texas na cidade de El Paso se interessou pela proposta de um homem que a convidou para ser “modelo”, como rememorou em entrevista à BBC. À época, ela trabalhava como garçonete.


A decisão trouxe consequências irreversíveis. Aos 21 anos, Mia Khalifa ingressou na indústria de filmes pornô — e, em poucos meses, se tornou o nome mais pesquisado de sites de compartilhamento on-line de vídeos adultos. “Achei que pudesse fazer do pornô o meu segredinho sacana, mas o tiro saiu pela culatra”, ela afirmou, em entrevista publicada pela revista “Época”.

Você viu?

A fama mundial aconteceu quando ela apareceu num vídeo pornográfico usando um hijab, véu utilizado por mulheres muçulmanas para cobrir a cabeça. A cena causou furor, e Mia chegou a receber ameaças do grupo extremista Estado Islâmico (EI).

Veja Também:  Internautas encontram Camilla de Lucas e Dummies do BBB em Tóquio; veja

Hoje, Mia Khalifa é uma influenciadora digital com quase 25 milhões de seguidores, e que vive de campanhas publicitárias e posts patrocinados no Instagram. Na maioria das fotos publicadas em suas redes sociais, ela aparece com biquínis que mal comportam os seios grandes.

Mas Mia não se orgulha da fama. Ela se considera uma ex-atriz pornô “arrependida”, e ressalta que foi vítima da initimidação de produtores. “Quando saio na rua, sinto como se as pessoas pudessem ver através da minha roupa e me sinto profundamente envergonhada. Tenho a sensação de que perdi direito a toda a minha privacidade. E perdi, porque estou a um clique de distância no Google”, ela conta.

Mia Khalifa é figura conhecida pelos brasileiros por aparecer em textos com informações falsas circulando nas redes sociais. Em maio de 2021, uma foto de Mia foi presença frequente em grupos de WhatsApp: na legenda da imagem, lia-se que a mulher era a doutora Marcela Pereira, suposta infectologista do Instituto Emilio Ribas que estaria liderando uma pesquisa sobre o uso da cloroquina no tratamento contra a Covid-19.

O envolvimento de Mia no contexto da CPI surgiu depois que o senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) abordou uma pesquisa publicada na revista científica The Lancet que passou por retratação após falta de dados. Quando o parlamentar comentou o assunto, ele reforçou a versão de que tal pesquisa teria sido encomendada por uma empresa chamada Surgisphere, onde trabalharia, segundo ele, uma atriz pornô.

Veja Também:  Duda Reis elogia namorado Bruno Rudge: "relação calma e saudável"

Internautas então se lembraram dos boatos que continham a imagem da Mia Khalifa e o tal texto apresentando-a como uma cientista. Embora Heinze não tenha se referido à Mia especificamente, por não ter dito a identidade da suposta atriz pornô da Surgisphere, o meme da Mia já havia viralizado.

No último domingo, Mia respondeu um tuíte do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito: “Vocês estão em uma crise… Estou a caminho”, disse ela, com emojis de avião e mala de viagem. A postagem de Randolfe dizia respeito à investigação que aponta que Eduardo Pazuello, ainda como ministro da Saúde, teria negociado a compra de vacinas com a a importadora catarinense World Brands, que tem em seu variado cadastro de atividades e negócios “itens de sex shop”.

“Em vez de negociar com o Butantan, Pazuello foi negociar a Coronavac com uma empresa de importação de produtos eróticos… Corre aqui @miakhalifa! Acho que estavam te usando de cortina de fumaça!”, ironizou Randolfe em sua conta no Twitter. Após o comentário de Mia, o senador ainda respondeu: “We are waiting for you!” (Nós estamos esperando você).

Randolfe, inclusive, já irozinou em seu Twitter que do jeito que caminha a comissão, daqui a pouco até mesmo a Mia seria convocada para depor. Quanto ao caso lembrado por Heinze, a atriz foi identificada por sites de notícia estrangeiros como Ariane Anderson, do setor de Marketing. Durante a sessão desta quarta-feira, Heinze aproveitou para esclarecer que não conhece Mia Khalifa.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Pepê e Neném comandam live da cantora sertaneja Lucylla: “Energia bem positiva”

Publicados

em


source
Pepê, Lucylla e Neném
CG Comunicação/Divulgação

Pepê, Lucylla e Neném


Pepê e Neném aderiram à moda das transmissões musicais, que surgiram praticamente junto às medidas de isolamento social para evitar a disseminação do novo coronavírus. As duas dividiram o comando do show de Lucylla com  Aritana Maroni, que ficou conhecida nacionalmente após participar da segunda temporada do programa “MasterChef”, na Band, em 2015.

Aritana Maroni, Pepê, Lucylla, Lucyana Villar, Neném e Nanda Ferreira
CG Comunicação/Divulgação

Aritana Maroni, Pepê, Lucylla, Lucyana Villar, Neném e Nanda Ferreira


No entanto, as gêmeas, batizadas de Potiara e Potiguara, não ficaram só na apresentação. Atendendo a um pedido da anfitriã, que está promovendo o recém-lançado single “Tesoura”, elas deram uma palhinha e relembraram o hit “Mania de Você”, de 1999, com o qual alcançaram o sucesso. Outro ponto alto da noite? A receita preparada por Aritana: arroz de tropa. 


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Projeto Abracinho reúne famosos em prol de hospitais contra o câncer

Publicados

em


source
Edson Celulari, Reynaldo Gianecchini e Ana Maria Braga participam do projeto
Reprodução/Projeto Abracinho

Edson Celulari, Reynaldo Gianecchini e Ana Maria Braga participam do projeto

Nascido no final de 2020, o  Projeto Abracinho foi criado para materializar o sentimento de carinho em forma de agradecimento. Com pelúcias enviadas a famosos que se tornaram embaixadores da campanha, cada detalhe foi pensado em ser uma ponte entre quem pode ajudar e instituições que lutam pelo tratamento digno no combate ao câncer, principalmente em crianças e adolescentes. 


Projeto tem diversos embaixadores em prol de hospitais
Reprodução/Projeto Abracinho

Projeto tem diversos embaixadores em prol de hospitais

Com uma lista extensa de embaixadores, como Xuxa,  Reynaldo Gianecchini e Márcio Garcia, o projeto atende quatro institutos que contam com a doação de pessoas de todo o Brasil. A proposta é que o aconchego do ‘abracinho’ seja sentido por todos que precisam de amor, gratidão, alegria, confiança e esperança, uma força necessária para quem está em situação de vulnerabilidade. 

Veja Também:  Ainda sem poder andar, Claudia Rodrigues recebe alta hospitalar

O projeto nasceu no final de 2020, com doações dedicadas ao Hospital Erastinho, de Curitiba, Paraná. Mas hoje, com mais instituições atendidas, o projeto procura auxiliar hospitais com foco na qualidade de atendimento. Conheça um pouco mais sobre os locais atendidos pelo Projeto Abracinho:

Você viu?

GRAACC (São Paulo – SP)

O Hospital do GRAACC preza pela excelência do tratamento que realiza em seus pequenos pacientes e, por isso, tem uma equipe muito comprometida com a segurança e a qualidade dos serviços prestados. Este comprometimento pode ser validado pelos altos índices de cura e também pelas certificações alcançadas ao longo dos anos.

HOSPITAL ERASTINHO (Curitiba – PR)

O Hospital Erastinho possui área de 4.800 m², equipe especializada e alta tecnologia, oferece estrutura moderna e humanizada para atender crianças e adolescentes de zero a 18 anos. Com 43 leitos, possui capacidade anual de realizar até 17 mil consultas, 500 cirurgias e mais de 85 mil procedimentos.

INSTITUTO DO CÂNCER INFANTIL (Porto Alegre – RS)

O Instituto do Câncer Infantil (ICI) há quase 30 anos assiste crianças e adolescentes com câncer de 0 a 19 anos, visando aumentar os índices de cura e a qualidade de vida dos pacientes e seus familiares. Desde sua criação já foram atendidas 2.500 famílias.

Veja Também:  Internautas encontram Camilla de Lucas e Dummies do BBB em Tóquio; veja

HOSPITAL LAUREANO (João Pessoa – PB)

Há mais de 50 anos que o Hospital Laureano, vem salvando vidas em todo o Estado da Paraíba. Mas, para dar continuidade a esse trabalho tão louvável o Hospital Laureano precisa de sua ajuda para continuar dando conforto e boa prestação de serviços aos pacientes que estão internados e em tratamento no Laureano.

Em momentos como os que passamos durante a pandemia, foi possível sentirmos na pele a falta do abraço, por isso o Abracinho é canal de esperança e afeto para milhares de pessoas. Se quiser conhecer mais, fazer a sua contribuição e receber o seu Abracinho em agradecimento, entre no site oficial e participe dessa rede do bem.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana