conecte-se conosco


Mato Grosso

Seciteci e Fapemat buscam sintonia nas ações em prol do desenvolvimento científico de MT

Publicados

em

O secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Nilton Borgato recebeu, nesta segunda-feira (11), o novo presidente da Fundação de Amparo às Pesquisas do Estado de Mato Grosso (Fapemat), Adriano Silva. A proposta é que as instituições trabalhem em sintonia em prol do desenvolvimento científico, tecnológico e inovação de Mato Grosso. 

“A Fapemat é uma autarquia que está vinculada a Seciteci. Juntas elas trabalham para elevar a capacidade científica e tecnológica em setores estratégicos para o desenvolvimento sustentável de Mato Grosso”, afirma Borgato.

Para o secretário, o tema tecnologia é transversal e está em todos os lugares e pode levar mais qualidade de vida às pessoas, pois funciona como ferramenta importante no desenvolvimento da sociedade.

“Se quisermos manter o conforto e a comodidade dos dias atuais, não podemos abrir mão da pesquisa. Acreditamos que será através do conhecimento científico que iremos contribuir para o desenvolvimento sustentável não só de Mato Grosso, mas do mundo”.

O principal objetivo da secretaria é aproximar a ciência, tecnologia e inovação da população, com uma linguagem criativa e que estimule a curiosidade e ainda fomentar mais as pesquisas. Segundo ele, é preciso respeitar as características e vocações locais e também buscar ampliar o investimento privado.

Veja Também:  AL aprova aumento salarial para "efetivos comissionados" de MT; veja votos

“Vivemos em um mundo que cada vez mais exige soluções criativas e inovadoras para a resolução dos problemas. A investigação dessas soluções é uma atividade pedagógica que visa despertar o espírito de busca intelectual e o resultado mais importante desta investigação é aprender a aprender”, acrescenta Borgato.

Adriano promete um trabalho em parceria com as universidades para obter ainda mais pesquisadores para Mato Grosso. “É preciso que se crie no Estado um ambiente em que governo, academia e setor produtivo trabalhem juntos na busca do crescimento tecnológico”.

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Direito da Administração Pública: Escola de Governo oferta 600 vagas para curso online

Publicados

em

Interessados devem se inscrever até dia 23 de maio no site da instituição

Éverton Anunciação | Seplag-MT

O público-alvo são os servidores públicos de órgãos e entidades do Executivo estadual – Foto por: Tchélo Figueiredo | Secom-MT

Estão abertas as inscrições para a segunda turma do curso Direito da Administração Pública. A capacitação é ofertada pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag-MT), por meio da Superintendência da Escola de Governo, e será realizada na modalidade de Ensino a Distância (EaD). Ao todo, 600 vagas foram disponibilizadas.

As aulas iniciam em 31 de maio. Inscrições vão até dia 23 de maio e podem ser realizadas  AQUI.

A qualificação possui carga horária total de 40 horas e tem como público-alvo os servidores públicos de órgãos e entidades do Executivo estadual.

O conteúdo a ser abordado no curso destaca noções de direito constitucional aplicado à administração pública cível, responsabilidade funcional, processo disciplinar, vínculo profissional, aposentadoria e improbidade no serviço público.

(Supervisão de texto de Nayara Takahara)

Fonte: Assessoria

 

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Veja Também:  AL aprova aumento salarial para "efetivos comissionados" de MT; veja votos

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Polícia Civil instaura investigação preliminar para apurar irregularidades na vacinação contra a covid-19 em Cuiabá

Publicados

em

A investigação instaurada pela Decon tem o objetivo de apurar possíveis situações de “fura-fila”, assim como outras circunstâncias ilegais que possam ocorrer durante o período de vacinação

Camila Molina | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, através da Delegacia Especializada do Consumidor (Decon), instaurou nesta segunda-feira (12.04) Auto de Investigação Preliminar (AIP) para apurar possíveis irregularidades denunciadas em relação ao cumprimento da ordem de vacinação contra a covid-19 dentro dos critérios estabelecidos pela Prefeitura Municipal de Cuiabá. 

A investigação preliminar instaurada pela Decon tem o objetivo de apurar possíveis situações de “fura-fila”, assim como outras circunstâncias ilegais que possam ocorrer durante o período de vacinação. 

A decisão de abertura de investigação preliminar levou em consideração a publicação de diversas matérias em veículos de comunicação sobre possíveis falhas e irregularidades na execução dos serviços de vacinação. 

A Delegacia do Consumidor oficiará o Tribunal de Contas do Estado (TCE), o Ministério Público Estadual (MPE) e a Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá solicitando que qualquer irregularidade ou ilegalidade de natureza criminal que seja detectada em relação a vacinação contra o covid-19 ou outros problemas do mesmo teor, sejam informadas à Decon para as providências cabíveis. 

O delegado da Decon, Rogério Ferreira, ressaltou que condutas reprováveis nos critérios de prioridade na imunização estabelecidos pelos governos e entidades médicas podem acarretar a responsabilização criminal de agentes públicos e das pessoas indevidamente vacinadas, 

“As pessoas identificadas nesse tipo de conduta podem ser enquadradas em crimes como o previsto no artigo 268 do Código Penal, por infringir determinação do poder público destinada a impedir a propagação de doença contagiosa, ou ainda outros tipos penais penais como corrupção ativa, corrupção passiva e prevaricação”, disse o delegado.

Fonte: Assesoria

 

Veja Também:  Secretária confirma primeiro caso da COVID-19 em São José do Rio Claro

Barra News – A sua fonte diária de informação – Barra do Bugres MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana