conecte-se conosco


Mato Grosso

Secretário de Educação defende criação da Universidade Federal do Norte de Mato Grosso

Publicados

em


A criação da Universidade Federal do Norte de Mato Grosso foi a principal pauta da visita do Ministro da Educação, Milton Ribeiro, ao município de Sinop, na noite de quinta-feira (29.09), quando ele iniciou sua agenda em Mato Grosso. Representando o governador Mauro Mendes, o secretário de Estado de Educação (Seduc-MT), Alan Porto, enfatizou que a ação, que visa garantir autonomia administrativa e financeira para que os cursos sejam ampliados, é apoiada pelo Estado por representar mais oportunidades aos jovens que concluem o Ensino Médio.

“A implantação da Universidade Federal do Norte de Mato Grosso vai representar mais oportunidades para os jovens.  Sinop é a segunda região que mais cresce em relação à educação. Temos cerca 5 mil estudantes que finalizam o Ensino Médio, por ano, na região. Uma demanda muito grande em relação à universidade e, por isso, defendemos esta ação”.

Ele destacou que a criação da universidade vai significar novos cursos, principalmente voltados para a vocação da região, garantido aos estudantes a formação voltada para o mercado de trabalho e, com isso, o desenvolvimento econômico e social.

“A criação da universidade vai garantir mais investimentos, qualificação profissional, numa região que vem crescendo muito na economia. Tenho certeza que com a união de forças, do governo federal, governo estadual, e municípios, as transformações necessárias na educação, como um tudo, serão ainda mais rápidas”.

Veja Também:  Mais de 60 artesãos se cadastram durante Circuito Empreendedor

O ministro ressaltou que o governo federal deve apresentar o projeto de criação da universidade no próximo dia 15 de outubro, como um presente para os profissionais da educação no Dia do Professor. Mas lembrou que que é necessária a provação do Poder Legislativo.

“Se passar no parlamento, teremos mais uma universidade federal que vai possibilitar desenvolvimento da vocação da região, que é agrícola, agropecuária. Daí, vamos ter os grandes cursos que possam mobilizar a região”, acrescentou o ministro Milton Ribeiro.

Ele afirmou que o objetivo do presidente Bolsonaro é anunciar a criação de várias outras universidades federais e Institutos Federal de Educação em outubro.

“A universidade tem que ter foco. Não é comitê político, nem de esquerda, nem de direita. É lugar de aluno e estudo. Este é o meu compromisso como Ministro da Educação”, finalizou.

Investimentos

O secretário Alan Porto agradeceu ao Ministro e toda a equipe do MEC pelo diálogo e mobilização para que os investimentos cheguem nas escolas. “É uma equipe muita aberta ao diálogo para discutir as principais políticas educacionais”.

Lembrou que em Sinop, o governo do Estado retomou, na atual gestão, as obras da Escola Estadual Professor Djalma Guilherme da Silva, no bairro Jardim das Orquídeas, que já foi inaugurada em maio deste ano. As obras estavam paralisadas desde 2013 e foram retomadas em 2019, com investimento total de R$ 6 milhões do Governo do Estado e Governo Federal.

Veja Também:  Barra do Garças adere ao Mais MT Muxirum e as aulas começam na próxima semana

Neste mês, o Governo do Estado inaugurou a Escola Estadual Militar Tiradentes e, no mesmo dia, assinou ordem de serviço para retomada de outra obra paralisada, da Escola Estadual Professora Cleufa Hubner, localizada no bairro Jardim das Nações. A construção, iniciada em 2013, sofreu várias paralisações e, desde 2016, estava abandonada com pouco mais de 50% de execução.

Os investimentos do Governo do Estado para conclusão do prédio serão de R$ 1.978.435,91. A escola também terá 18 salas de aula.

“Sinop ficou 12 anos sem a construção de nenhuma sala de aula. Agora, com o fortalecimento da parceria do Estado com o município, já iniciamos a virada da educação. E com os investimentos no ensino superior, com mais cursos, com certeza quem ganha são nossos jovens, com uma formação completa, as famílias e toda a região”.

UFMT

O campus da UFMT em Sinop possui hoje mais de 3.200 estudantes nos cursos de Ciências Agrárias e Ambientais, Saúde e Licenciatura. Possui 253 professores, 116 técnicos-administrativos e 100 colaboradores terceirizados.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Desenvolve MT mantém espaço de assessoria sobre acesso a crédito e renegociações de dívidas na Feira do Empreendedor 2021

Publicados

em


A Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso (Desenvolve MT) é parceria na maior feira do empreendedor 2021. A partir deste sábado (23.10) até o dia 27 de outubro, de forma online e gratuita, o Sebrae realiza a feira considerado o maior evento de empreendedorismo do País.

A estrutura da feira foi montada em uma plataforma virtual que permite ao participante uma experiência inovadora e tecnológica. O ambiente virtual de realidade 3D, conta com cinco arenas digitais: Conhecimento, Negócios, Expositores, Retomada e Atendimento Sebrae. 

A Desenvolve MT participa durante os cinco dias no estande virtual denominado Arena da Retomada, um espaço onde o empresário vai encontrar diversos conteúdos e soluções voltadas ao tema, como acesso ao crédito consciente e renegociação de dívidas bem como outros serviços financeiros.

A agência terá um canal direto com os empresários participantes do evento que poderão tirar dúvidas e conhecer o portfólio das linhas de crédito disponíveis para os empreendedores de Mato Grosso para investimento e retomada da economia.

O tema este ano é “ Empreender é para Todos “, a edição trará uma programação marcada pela diversidade e inclusão para mostrar que o empreendedorismo é possível para todos os perfis de pessoas que desejam atuar nos diversos setores e segmentos de mercado. 

Veja Também:  Saúde Estadual apoia carreata de conscientização ao aleitamento materno

A Feira do Empreendedor 2021 acontece entre os dias 23 e 27 de outubro das 10 às 20h. As inscrições podem ser realizadas no endereço eletrônico:  www.feiradoempreendedor21.com.br

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Corregedor ministra aula e recebe homenagem da Polícia Ambiental

Publicados

em


O corregedor-geral da Justiça do Poder Judiciário de Mato Grosso, desembargador José Zuquim Nogueira, ministrou aula para 36 alunos do curso de formação de policiais militares ambientais do Estado. Ele foi escolhido pelo longo período em que ficou à frente do Juizado Volante Ambiental (Juvam) em Cuiabá. Ao todo 17 anos. Ao final da aula foi agraciado com a Medalha Mérito Protetor Ambiental. Um reconhecimento do trabalho de autoridades e profissionais de diversos segmentos que com suas ações, direta ou indiretamente, contribuíram para a proteção e conservação das riquezas naturais, da flora e fauna. A entrega da medalha faz parte das comemorações de 37 anos de criação do Batalhão.
 
Enquanto juiz do Juvam José Zuquim Nogueira ajudou a criar recintos para animais resgatados pela Polícia Ambiental por meio da doação de materiais adquiridos via penas alternativas (transação penal), recuperação de Áreas de Preservação Permanente, Campanhas educativas, entre outras ações, além da conquista do maior prêmio jurídico do Brasil. O Prêmio Innovare. “É uma grande honraria para mim, pois sei da importância do Trabalho da Polícia Ambiental. Quando ainda estava no Juvam trabalhávamos muito em prol de nosso Meio Ambiente e da Sociedade”, revelou o magistrado.
 
Nessa primeira edição da medalha 100 autoridades militares e civis e lideranças de diversos segmentos estão sendo agraciadas. São profissionais que com ações diretas e indiretas contribuíram para a proteção e conservação das riquezas naturais, flora e fauna de Mato Grosso.
 
Dentre os condecorados estão o governador Mauro Mendes, a primeira dama Virgínia Mendes, o comandante geral da PM coronel Jonildo José de Assis, o comandante do Corpo de Bombeiros Alessandro Borges Ferreira, o comandante do Cesp coronel Carlos Eduardo Pinheiro, a delegada da Ambiental Alessandra Saturnino de Souza Cozzolino, entre outros.
 
Aula – O tema escolhido foi “A importância da razoabilidade na atuação da Polícia nas questões ambientais: Uma visão jurisdicional”. “Durante o tempo em que estive jurisdicionando perante a Vara Especializada do Meio Ambiente e o Juizado Volante Ambiental, pude contar, efetivamente, com a atuação da Polícia Ambiental, que foi decisiva para o êxito das operações levadas a efeito, bem como das inúmeras apreensões de pescado e apetrechos utilizados para a prática de crime ambiental no Estado de Mato Grosso. Porém, a atuação preventiva e educativa do efetivo que trabalhava em conjunto com a fiscalização, foi um dos pontos mais marcantes e que fez a diferença no atuar da polícia. Outrossim, a visão macro do papel da polícia, o agir com ponderação e razoabilidade foram primordiais na soma da atuação judicial, para fazer com que nosso Estado se destacasse na vanguarda da proteção ambiental”, disse o magistrado.
 
Na quarta edição do Curso de Policiamento Ambiental, destinado aos policias militares para atuação dentro das especificidades do Meio Ambiente de Mato Grosso, tanto na esfera criminal, quanto na Administrativa, os PMs passam por um treinamento geral e depois aulas direcionadas.
 
“O curso de policiamento ambiental é uma forma de recrutar o policial militar, que trabalha na atividade ordinária para atuar na atividade especializada. Aqui em Mato Grossos temos o Batalhão Ambiental de Cuiabá, em Rondonópolis e Cáceres, que são companhias independentes“, explicou o tenente-coronel PM, Fagner Augusto do Nascimento, comandante do Batalhão Ambiental de Cuiabá.
 
Para a instituição Polícia Militar é sempre uma oportunidade ímpar poder capacitar os seus agentes. Com conhecimento podemos prestar serviços cada vez melhores à sociedade. Assim potencializamos ainda mais a ação da Polícia Ambiental em Mato Grosso. Agradeço aos nossos parceiros por ombrearem conosco nesta causa, destacou comandante geral adjunto, coronel Daniel Lipi Alvarenga.
 
Ainda participaram da solenidade a coordenadora militar do TJMT, coronel Jane Melo e o assessor militar da CGJ, tenente-coronel Tiago Costa Gomes.
 
Após destacar o trabalho da Polícia Ambiental no subsídio das apreensões e madeira, pescado, recuperação da Praça e Terminal Turístico da Guia, inibição de desmatamento e recuperação de APP, o corregedor concluiu o encontro: “não ajam com excesso de poder; para que o anseio da coerção não seja maior que a consciência de orientar, advertir. Não esqueçam de que o papel da polícia vai além da repressão! Então ajam em conjunto para a inovação, para a prática educativa. Vocês devem ser a polícia que a sociedade quer por perto, não a que a sociedade teme”.
 
Ranniery Queiroz/Secom
Assessor de imprensa CGJ/TJMT
 
 

Veja Também:  Governo transfere para outubro entrega de maquinários e equipamentos

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana