conecte-se conosco


Mato Grosso

Seduc abre inscrições para processo seletivo do programa Alfabetiza MT

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) abre, nesta segunda-feira (20.09), inscrições para seleção de profissional da rede estadual de ensino de Mato Grosso para atuar como coordenador regional, formador regional de educação infantil, formador regional de alfabetização e consultor de formação do Programa Alfabetiza MT, lançado no mês passado pelo Governo do Estado. As inscrições para coordenador podem ser feitas até quarta-feira (22). Para formador e consultor até sexta-feria (24). Confira o edital.

A política pública tem a finalidade de alfabetizar crianças na idade certa, até o segundo ano do Ensino Fundamental, em regime de colaboração do Estado com os municípios. O governo estadual investirá R$ 16,5 milhões ao ano e terá apoio da Fundação Lemann, Associação Bem Comum e Instituto Natura.

Há incentivos para as profissionais e premiações conforme o desempenho de alfabetização dos envolvidos. O programa é inspirado em uma política pública que melhorou a qualidade da educação no Estado do Ceará.

Secretário de Estado de Educação, Alan Porto destaca que 135 municípios já aderiram ao Alfabetiza MT, o maior programa de alfabetização da história de Mato Grosso. Lembra que, em parceria com os municípios, o Governo do Estado vai focar na formação continuada dos profissionais, na avaliação diagnóstica, na formação complementar e todo o acompanhamento e monitoramento que os parceiros precisarem.

Veja Também:  Fecomércio-MT solicita sanção de projeto de lei que torna segmento óptico essencial

“Não queremos mudar a política de alfabetização do município, muito pelo contrário, o Estado quer fortalecer a gestão de alfabetização. Vamos premiar as escolas que atingirem os melhores resultados e auxiliar as que tiverem os piores índices para garantir o nível de aprendizado dessas crianças. A base de tudo é a alfabetização e a formação dessas crianças para que elas possam ter nos anos finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio, uma qualidade maior no aprendizado. E eu tenho certeza que, em parceria com os municípios, nós vamos ter um ganho muito grande na qualidade da educação no Estado de Mato Grosso”.

Vagas, carga horária e seleção

O processo seletivo simplificado será para o preenchimento de vaga e formação de cadastro reserva, com a validade de dois anos, prorrogáveis por igual período.

O procedimento contempla os critérios para cada um dos cargos. Para 15 coordenadores regionais, poderão participar professores efetivos da rede estadual de ensino de Mato Grosso, lotados nos municípios que constituem os polos das 15 Diretorias Regionais de Educação (DREs).

Já os 15 formadores regionais de educação infantil, 15 formadores regionais de alfabetização e um consultor de formação poderão participar professores pedagogos, na condição de bolsista.

Os coordenadores regionais atuarão por 40 horas semanais e terão remuneração mensal do subsídio do servidor e mais 33,33%, com a vigência de 24 meses. Os formadores terão 30 horas de carga mensal e receberão R$ 600,00 por mês em um período de 8 meses. Enquanto o consultor de formação será remunerado por R$ 4 mil ao mês em contrato de 12 meses.  

Veja Também:  O mestre de capoeira Ray Kintê é homenageado por sua contribuição cultural e social

O processo de seleção para todos os cargos ocorrerá em duas etapas. A primeira com a análise curricular, de caráter classificatório e eliminatório, com pontuação máxima de 15 pontos. E a segunda, entrevista semiestruturada, de caráter eliminatório e classificatório, via Google Meet ou presencial, a fim de concretizar uma avaliação adequada do candidato, conforme os quesitos exigidos para cada cargo/função.

A secretaria criará uma Comissão de Seleção composta por diretor, coordenador pedagógico e um professor formador da DRE de inscrição dos candidatos.

A Seduc informa que a participação no processo seletivo não implica na obrigatoriedade do recrutamento do profissional, apenas quando ocorrer a expectativa de contrato. A Secretaria de Estado de Educação se reserva no direito de proceder às chamadas em número que atenda às necessidades de alfabetização.

O Processo de Seleção será organizado pela Secretaria de Estado de Educação, por meio da Secretaria Adjunta de Gestão de Pessoas e Secretaria Adjunta de Gestão Educacional, através da Comissão de Seleção das DREs.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Sábado (23): Mato Grosso registra 545.069 casos e 13.909 óbitos por Covid-19

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES) notificou, até a tarde desta sábado (23.10), 545.069 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.909 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 126 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 545.069 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.748 estão em isolamento domiciliar e 528.834 estão recuperados. 

Devido à manutenção na base de dados do sistema oficial do Ministério da Saúde, não foi possível publicar o Ranking da Vacinação em Mato Grosso nesta semana. A perspectiva é de que o Ranking seja atualizado até a próxima terça-feira (26.10).

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 76 internações em UTIs públicas e 37 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 27,64% para UTIs adulto e em 6% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (113.081), Várzea Grande (40.174), Rondonópolis (38.252), Sinop (26.279), Sorriso (18.392), Tangará da Serra (17.796), Lucas do Rio Verde (15.700), Primavera do Leste (14.784), Cáceres (11.932) e Alta Floresta (10.806).

Veja Também:  Todos os municípios de Mato Grosso apresentam risco baixo de contaminação da Covid-19

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 404.835 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 85 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na sexta-feira (22.10), o Governo Federal confirmou o total de 21.711.843 casos da Covid-19 no Brasil e 605.139 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.697.341 casos da Covid-19 no Brasil e 604.679 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta sábado (23.10).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Veja Também:  Operação apura desvio de verbas da saúde indígena em MT

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governo autoriza retorno do público aos estádios de futebol mediante comprovante de vacinação ou teste negativo para Covid

Publicados

em


O Governo de Mato Grosso autorizou a presença de público pagante nos jogos do Campeonato Brasileiro realizados na Arena Pantanal. O retorno do público também está liberado para campeonatos locais e o Mato-grossense.

O Projeto de Lei aprovado pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso permitiu que as partidas do mês de outubro recebessem 50% da capacidade de público dos estádios.

Em novembro, será permitida a entrada de 75% de público pagante. Próximo jogo do Cuiabá na Arena Pantanal ocorre dia 1° de novembro, quando o Dourado enfrenta o Bragantino pela 28ª rodada do Brasileirão 2021.

Em janeiro, os jogos realizados em estádios de Mato Grosso contarão com 100% de suas capacidades liberada para o público. No caso da Arena Pantanal, a lotação pode chegar a 41 mil torcedores.

A liberação para entrada nos estádios, porém, segue um rigoroso protocolo de biossegurança. Além da obrigatoriedade da máscara, só poderão ingressar nos estádios torcedores que apresentarem comprovante do esquema vacinal completo (duas doses ou dose única, no caso da Jansen), ou ainda, se o torcedor apresentar teste negativo para Covid-19. É proibido o consumo de bebidas alcoólicas dentro dos estádios.

Veja Também:  Mato Grosso recebe 94.480 doses de vacina contra a Covid-19 nesta sexta-feira (20)

“Seguindo à risca todas as orientações sanitárias, podemos receber o público com segurança nos estádios de futebol. A presença do Cuiabá na série A do Campeonato Brasileiro é de extrema importância para que Mato Grosso tenha estádios abertos para o público, mas sempre com muita cautela”, disse Beto Dois a Um, secretário de Cultura, Esporte e Lazer.  

O Cuiabá segue com uma boa campanha no Brasileirão 2021. Ocupa atualmente a 9ª colocação na competição nacional. Próximo jogo do dourado ocorre neste domingo (25.10), às 16h (horário de Cuiabá) no Mineirão, em Belo Horizonte, contra o líder do campeonato, Atlético-MG.

Esta semana, o esquema vacinal completo (duas doses ou dose única) atingiu 50% da população brasileira.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana