conecte-se conosco


Mato Grosso

Segunda-feira (13): Mato Grosso registra 744.257 casos e 14.937 óbitos por Covid-19

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (13.06), 744.257 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 14.937 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Dos 744.257 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 3.277 estão em isolamento domiciliar e 725.457 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 25 internações em UTIs públicas e 42 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 28,87% para UTIs adulto e em 9% para enfermaria adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (134.104), Várzea Grande (53.357), Rondonópolis (44.265), Sinop (34.001), Tangará da Serra (23.616), Sorriso (23.173), Lucas do Rio Verde (22.903), Primavera do Leste (22.079), Cáceres (16.899) e Alta Floresta (16.766).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Veja Também:  Lúdio entra na Justiça para barrar compra de jatinho de R$ 8,5 milhões

Cenário Nacional

Nesta segunda-feira (13.06), o Governo Federal confirmou o total de 31.456.865 casos da Covid-19 no Brasil e 668.110 óbitos oriundos da doença.

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

Veja Também:  Sesp já aplicou 92% dos recursos em emendas parlamentares para as Forças de Segurança

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Poder Judiciário realiza Mutirão de Conciliação de ações de improbidade administrativa

Publicados

em

Por

Com ações permanentes voltadas à solução pacífica de conflitos e de construção do diálogo, o Poder Judiciário de Mato Grosso, por meio do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos e Cidadania (Nupemec) do Tribunal de Justiça, deu início ao Mutirão de Conciliação e Mediação de ações civis públicas de improbidade administrativa. A iniciativa ocorre em todas as comarcas do Estado até o dia 1º de outubro.
 
O objetivo do Mutirão é garantir a celeridade processual e o encerramento dos litígios, além do ressarcimento do erário com a composição dos danos.
 
Durante o mutirão serão analisados mais de três mil processos que estão em andamento, passíveis de conciliação, e que foram extraídos pelo Nupemec e encaminhados para todas as comarcas do Estado.
 
O presidente do Nupemec, desembargador Mário Roberto Kono de Oliveira, elencou os pontos positivos, resultados desse mutirão. “O primeiro aspecto é a recuperação do ativo do erário público em pouco tempo, a solução dos processos em tempo recorde, o cumprimento da finalidade de todas as instituições envolvidas. Na conciliação e mediação todos saem ganhando. Além disso, podemos mostrar que em matéria de administração pública é possível e interessante fazer mediações”, afirma.
 
O desembargador conclamou magistrados e magistradas para unir esforços no mutirão a fim, também, de cumprir as metas 3 e 4 do Conselho Nacional de Justiça, que estimula a conciliação e prioriza o julgamento de processos a crimes contra a administração pública, respectivamente. “Peço o empenho dos juízes e juízas para que possamos unir esforços, promover a mediação desses processos e cumprir as metas estabelecidas pelo CNJ”, disse o magistrado.
 
Ação conjunta – O Mutirão é resultado de uma carta de intenções, proposta pelo Poder Judiciário de Mato Grosso, onde o desembargador Mário Kono convidou Ministério Público, Defensoria Pública e Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) para participarem da ação.
 
Dani Cunha
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT
 
 

Fonte: Tribunal de Justiça de MT

Veja Também:  Governo apresenta projetos para 1.050 km de pavimentação e 51 novas pontes em 34 municípios, Barra do Bugres está entre elas 

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Politec afirma que laudo pericial de morte de agente ainda não foi concluído

Publicados

em

Por

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) esclarece que as análises periciais sobre a morte do agente do sistema socioeducativo Alexandre Miyagawa, na última sexta-feira (01.07), estão em andamento e serão concluídas dentro do prazo necessário.

A instituição informa ainda que as conclusões referentes ao caso serão divulgadas somente à autoridade policial requisitante da perícia.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Sesp já aplicou 92% dos recursos em emendas parlamentares para as Forças de Segurança
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana