conecte-se conosco


Policial

Seis são presos em flagrante por tráfico de drogas e apreendidos 3,6 mil litros de produtos químicos

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil em Comodoro prendeu em flagrante, na sexta-feira (16.07), seis suspeitos pelos crimes de tráfico de drogas e associação criminosa. Na ação, foram apreendidos 3,6 mil litros de produtos químicos.

As prisões foram realizadas com apoio da com apoio Polícia Militar de Comodoro, Gefron, Delegacia Especializada de Entorpecentes e a regional de Pontes e Lacerda.

O delegado de Comodoro, Ricardo Marques Sarto explicou que a unidade policial vem investigando o tráfico de drogas próximo ao Rio Guaporé e na sexta-feira, a equipe realizou diligências na região rural do município, quando  abordou uma camionete com três ocupantes.

Os três entrar em contradições sobre o que estariam fazendo na região, que fica a 40 quilômetros da cidade. O condutor não apresentou os documentos de identificação e também o do veículo. 

Diante dos fatos, os três foram encaminhados para a delegacia para averiguar a situação supostamente irregular. 

Na cidade, os policiais civis receberam a informação de que antes da abordagem à camionete, havia também um caminhão que estava trafegando juto ao veículo. Após troca de informações com as outras unidades policiais, foi possível identificar e localizar o caminhão. 

Veja Também:  Técnica de enfermagem é sequestrada e estuprada

O caminhão com carroceria estava sendo conduzido em direção à cidade de Nova Lacerda. Os policiais realizaram acompanhamento tático do veículo e interceptaram o caminhão que tinha outro veículo como um “batedor”, uma pick-up Strada. Ambos seguiram até a cidade de Pontes e Lacerda.  

Na abordagem, os policiais encontraram na Strada dois rádios comunicadores, e na carroceria do caminhão foram localizados dois baldes com pergamanato de potássio, três galões de ácido sulfúrico, três com ácido clorídrico, 13 galões de acetato de etila e três galões de isopropanol, totalizando quase 3,6 mil litros de produtos químicos. Todos os produtos químicos são utilizados para o refino de cocaína. 

Os veículos e os produtos químicos foram apreendidos e os conduzidos foram presos em flagrante pelos crimes de associação para o tráfico e tráfico de drogas.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Homem é detido com espingarda depois de ameaçar trabalhadores

Publicados

em


Um homem de 41 anos foi preso na noite desta sexta-feira (23.07), no bairro Vila Real, na Capital, depois de ameaçar dois trabalhadores com uma espingarda de pressão.

A equipe da Rotam realizava patrulhamento e foi abordada pelos funcionários de uma empresa terceirizada da companhia de energia dizendo que tinham acabado de serem coagidos por um morador sob ameaça de uma arma de fogo.

Contaram que realizavam o corte de energia de uma casa que não era a do denunciado, mas mesmo assim, ele ordenou que eles encerassem o serviço, caso contrário, iria atirar. Nisso, imediatamente saíram do local e no caminhou encontraram a viatura da Rotam.

Na casa do denunciado, os policiais encontraram uma espingarda e uma lata de chumbo. As vítimas não formalizaram a denúncia na delegacia. O homem e a arma foram entregues na Central de Flagrante.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Veja Também:  PRF apreende 13 tabletes de maconha com passageiro de ônibus em Diamantino
Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Batalhão Ambiental retira cevas de galões de plástico no Rio Paraguai

Publicados

em


Em quatro horas de patrulhamento fluvial, das 15h às 19h, desta sexta-feira (23.07), a equipe da 1ª Companhia de Proteção Ambiental de Cáceres (a 225 km de Cuiabá), apreendeu vários galões de plásticos usados como cevas no Rio Paraguai.

Por causar poluição e dano ao meio ambiente, os policiais abordaram vários pescadores e ribeirinhos que estavam em embarcações ou no leito do rio, explicando o dano causado com o uso do plástico  polietileno. Nenhum pescador foi identificado como autor das armadilhas.

Todas as cevas foram desmontadas e o material encaminhado a Companhia para ser descartado da forma correta.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 08000.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Veja Também:  Autor de roubo a residência de policial penal tem prisão cumprida em Juína
Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana