conecte-se conosco


Geral

Sema diz que aumentou 660% legalidade na abertura de área para plantio em Mato Grosso Barra do Bugres figura em primeiro

Publicados

em

A secretaria estadual de Meio Ambiente informou, hoje, que Mato Grosso avançou na legalidade e chegou ao índice de 38% de desmatamento legal em fazendas, nos três primeiros meses deste ano, para plantio de soja, milho, algodão, criação de gado e demais atividades agrícolas.

Barra do Bugres (Médio Norte), por exemplo, é o município com maior índice de desmate legal, com 99% dos 1.573 hectares autorizados. Santa Carmem (94% de desmate legal), Nova Maringá (87%), Tabaporã (85%), Nova Ubiratã (79%), Comodoro, Querência e Campos de Júlio (78%), Paranatinga (77%), Feliz Natal (65%) e Juara (49%).

O levantamento foi elaborado pela Gerência de Planejamento de Fiscalização e Combate ao Desmatamento  da Sema, que cruzou dados dos alertas de desmatamento dos Satélites Planet de alta resolução (em hectares), com as autorizações de desmatamento e manejo florestal.

A secretária Mauren Lazzaretti, mencionou que o aumento de 5% para 38% por parte dos fazendeiros em seguir todas as exigências da lei representa um crescimento de 660% no percentual comparando com 2019 e considera um marco inédito. O aumento foi gradativo desde 2019, quando houve uma série de ações implementadas pela gestão: combate ao desmate ilegal, melhoria do licenciamento e do Cadastro Ambiental Rural.

Veja Também:  Correios comemora 357 anos de história e o dia do Carteiro

“O cenário do desmatamento em Mato Grosso era quase que totalmente ilegal, não só em 2019, mas em anos anteriores. E isso se perpetua nos dias de hoje quando falamos dos outros estados da Amazônia Legal. Em Mato Grosso o cenário é outro, e isso representa 660% de aumento da legalidade, um dado nunca registrado”, declarou.

Mauren explica que desmatamento legal exige que as estruturas do poder público funcionem para que ele possa acontecer. “O processo de licenciamento demorava mais de 5 anos. Hoje, nós mudamos essa estatística, e demora em torno de 90 dias, com um processo totalmente digital”, destaca.

O Cadastro Ambiental Rural (CAR) é o primeiro passo para quem quer fazer o desmatamento legal. Ou seja, ele tem que estar com o seu imóvel rural legalizado, e de acordo com o Código Florestal, é possível saber quanto ele tem de área passível a ser desmatada, e onde essa área se localiza dentro do imóvel rural. O próximo passo é apresentar um projeto de exploração florestal.

Veja Também:  Violência doméstica: Entre o medo de morrer e a coragem de denunciar

“Fizemos uma solicitação formal ao Ministério do Meio Ambiente para que ele possa, além de mostrar dados do desmatamento, o que acontece com os dados do INPE, que ele tenha uma plataforma que separe o desmatamento ilegal do desmatamento legal, quais áreas estão embargadas e quais estão regularizadas. Isso é importante para o Brasil”. “Mato Grosso tem como objetivo que a maior parte do desmate seja legal, que quem empreende no Estado possa fazer isso de forma lícita, e que os imóveis rurais , acrescenta.

A secretária acrescentou que o Estado tem intensificado as operações nos municípios que mais desmatam e, no primeiro trimestre, foram mais de R$ 360 milhões de multas aplicadas, 597 autos de infração, 65 apreensões entre maquinários e veículos.

Só Notícias (foto: Michel Alvin/arquivo)

Comentários Facebook
Propaganda

Geral

Homem tenta matar irmã com facão durante briga por causa de religião em MT

Publicados

em

O irmão fugiu após a agressão, mas depois foi até a delegacia e se entregou.

 

Por g1 MT

Após uma briga por causa de religião, um homem tentou matar a irmã com golpe de facão neste sábado (14), em Araguainha, a 471 km de Cuiabá. Os dois acabaram feridos.

Segundo o boletim de ocorrência, uma mulher de 30 anos acionou a Polícia Militar após ser agredida com um facão pelo irmão, de 25 anos.

A polícia foi até o local e encontrou a mulher com um corte no punho. Ela disse que estava conversando com o irmão e eles entraram em discussão por motivos religiosos, quando ele pegou o facão e a acertou.

A mulher foi socorrida e levada para atendimento médico. O irmão fugiu após a agressão, mas depois foi até a delegacia e se entregou.

Ele também estava ferido com um corte no rosto, do lado esquerdo.

Os policiais também levaram o homem ao hospital para receber atendimento médico, e após a sutura ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Alto Araguaia para responder por homicídio doloso tentado.

Veja Também:  Coronavírus não deve afetar a agricultura

Comentários Facebook
Continue lendo

Geral

Dr. Leonardo acelera obras de pavimentação de ruas e avenidas de Cáceres

Publicados

em


O deputado federal Dr. Leonardo (Republicanos) investiu mais de R$ 25 milhões na pavimentação de ruas e avenidas do município de Cáceres. Após a prefeitura avançar com parte das licitações, as ações começam a sair do papel e as primeiras obras já estão sendo realizadas em benefício da população.

As obras vão transformar a realidade da infraestrutura de Cáceres, um município histórico que é a “capital” da região Oeste. No entanto, por muitos anos a cidade ficou sem receber os investimentos necessários para o seu desenvolvimento e protagonismo regional.

“Estamos trabalhando muito pela melhoria da infraestrutura de Cáceres. As obras estão acontecendo e os cidadãos já podem conferir os avanços. Vamos seguir cobrando que as nossas emendas federais sejam aplicadas corretamente nas obras de pavimentação dos bairros, porque os trabalhos não podem parar”, afirmou o deputado Dr. Leonardo.

Neste momento, as obras estão na fase da execução dos serviços de drenagem das águas pluviais, que devem ser feitas antes da pavimentação. As ações estão começaram em avenidas importantes como a Av. dos Estados no bairro Jardim Celeste, e também na Rua Pedro Alexandrino no bairro Vila Irene, que interliga ao residencial Don Máximo.

Veja Também:  Prevenção na quarentena: alimentação saudável aumenta imunidade e protege contra doenças

Como coordenador da Bancada Federal de Mato Grosso, o deputado Dr. Leonardo tem feito uma gestão muito séria e obtido resultados positivos para Cáceres e toda a região.


Assessoria de Imprensa – Ericksen Vital 

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana