conecte-se conosco


Mato Grosso

Sema presenteia Capital com jogo interativo sobre o Rio Cuiabá

Publicados

em

Você sabia que as cordas da Viola de Cocho, que hoje são de fios de nylon, eram antigamente feitas com tripas de macaco? E que Nossa Senhora do Livramento destaca-se pela produção de bananas e peixes em cativeiro? Ou ainda que a maior jazida de fosfato do Brasil foi descoberta em Nova Brasilândia?

Alunos do ensino fundamental da escola Municipal Professora Elza Luiza Esteves, em Cuiabá, puderam conhecer estas e várias outras peculiaridades do estado de Mato Grosso durante lançamento do jogo interativo Desafios do Meio Ambiente: Rio Cuiabá, que ocorreu nesta terça-feira (09.04).

A ação é parte da comemoração do aniversário de 300 anos da capital mato-grossense. O Desafio do Meio Ambiente é uma série composta por cinco jogos diferentes de tabuleiro que abrange diferentes regiões do estado. O do Rio Cuiabá traz curiosidades e parte da história de 13 municípios que são banhados por suas águas ou que recebem algum tipo de influência econômica devido a sua proximidade.

 Aliás, foi pelo jogo que os alunos descobriram surpresos que as nascentes do Rio, que faz parte da Bacia do Alto Paraguaia, formadora do Pantanal, estão em Rosário Oeste e não na Capital mato-grossense como muitos deles achavam.

O jogo pode ser disputado por até cinco competidores por vez e tem como foco central perguntas em que se tem que responder se elas são verdadeiras ou falsas. A quantidade de resposta correta aponta o vencedor da partida. Nem todos os alunos que participaram do desafio responderam corretamente as dezenas de questões, mas ali no grupo de teste todos aprenderam que a pergunta em que afirma que Barão de Melgaço tem 20% de seu território em terra firme é falsa, pois esse percentual é de menos de 3% e que o Rio Manso não recebe as águas do rio Coxipó na região de Nobres e se junta, na verdade, com o Rio Cuiabá.

Veja Também:  Homem é assassinado com mais de 10 tiros dentro de casa

Criador do jogo, o analista ambiental da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) Alexandre Soledade explica que o que era para de início ser um jogo virou uma série com cinco jogos com objetivo de atingir as crianças pela educação ambiental.

“É importante o acesso a história e geografia de Mato Grosso e hoje estamos trazendo esta experiência para as crianças, que são as melhores testadoras de jogos e que poderão leva-los para sua família. Foi um trabalho de pesquisa muito profundo realizado”.

Apesar do jogo ter sido lançado em uma escola o objetivo é que ele sirva de fonte de diversão e conhecimento para todos, independente da idade. “É uma forma de interação entre famílias, entre amigos e para os adultos ele trará muitas lembranças por meio de questões ambientais, sociais e culturais. Ao falar do rio também se fala da história dos nossos municípios. É um momento de aprendizado, descontração, participação e vivência”, destacou a superintendente de Educação Ambiental e atendimento ao cidadão da Sema, Vânia Marcia Montalvão.

A Superintendência de Educação Ambiental fará um trabalho de incentivo para que escolas públicas municipais e estaduais, do campo, indígenas e privadas abordem o jogo dentro de suas salas de aulas. Além do tabuleiro e das cartas de perguntas o jogo traz um encarte direcionado aos professores com as regras, as respostas e formas de estimular os alunos, tanto dentro da escola como em casa, levando a diversão para ser jogada em família.

A escola municipal Elza Luiza Esteves foi escolhida para o lançamento do jogo por conta das constantes atividades ambientais realizadas dentro de suas dependências e também por sua localização, já que funciona há dois anos em um local muito próximo ao Parque Estadual Massairo Okamura, uma unidade de conservação que abriga uma das principais nascentes do córrego do Barbado, que desagua no rio Cuiabá.

Veja Também:  Semana da Inovação de Mato Grosso tem site e novos eventos confirmados

A diretora da unidade educacional, Antônia Corsina, destaca que o jogo vai ser inserido nas aulas e que o lançamento é um momento lúdico na realidade virtual que as crianças e adolescentes vivem hoje em dia. “O jogo por ter esse caráter lúdico possibilita uma aprendizagem muito mais gostosa, mais prazerosa e envolve todas as áreas de conhecimento. Ao jogar a adrenalina da criança está em alta e isso faz com que o aluno interaja com o outro e gere uma aprendizagem mais significativa”.

A medida que o tempo ia passando os ganhadores de cada mesa da escola vinham sendo anunciados. O estudante Breno Torres foi um dos vencedores e destacou que acha importante ações que ajudam a preservar o meio ambiente e a cidade. “Achei bem legal e educativo. A gente pode brincar com os amigos aqui na escola e ao mesmo tempo aprender bastante com o jogo. Achei muito legal as questões”.

A estudante Rafaela Corrêa também aprovou a experiência: “Eu achei muito legal ter essa experiência junto com meus colegas. É muito interessante estar aprendendo coisas novas e o jogo me fez evoluir muito no aprendizado, valeu muito a pena com certeza”.

O jogo Desafio do Meio Ambiente: Rio Cuiabá estará disponível para download e impressão no site da Sema (www.sema.mt.gov.br). Os outros jogos da série serão lançados posteriormente: Vila Bela da Santíssima Trindade; ações gerais do meio ambiente; trilha Tope de Fita (entre Cuiabá e Chapada dos Guimarães); questões de concurso e Enem voltadas ao meio ambiente.

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Seplag implanta novos processos administrativos no Sigadoc

Publicados

em


A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) implanta a partir desta sexta-feira (23) seis novos processos administrativos no Sistema Integrado da Gestão Administrativa Documental (Sigadoc).

A medida tem como objetivo ampliar o uso do Sigadoc na administração pública, dar celeridade aos processos administrativos recebidos de órgãos externos, permitindo resposta em tempo hábil e contribuir para melhoria da transparência.

A partir de agora os processos de comunicação de renúncia de recurso, encaminhamento de pedido, informação ou indicação legislativa; comunicação, informação ou envio de documento sem pedido de providências; solicitação de providências, informações ou documentos de órgãos externos; solicitação de cessão de bem ou patrimônio público; encaminhamento de notificação judicial ou do Ministério Público; e convite, convocação ou comunicação de evento (não legislativo) serão feitos exclusivamente através do sistema.

Para efetivar a utilização da ferramenta, a Secretaria Adjunta de Patrimônio e Serviços, realizou um treinamento online nesta quinta-feira (22) com os servidores integrantes das unidades de direção e assessoramento superior para mostrar os principais documentos e seus fluxos que estarão ligados diretamente aos gabinetes das secretarias. Também serão disponibilizados no site da Seplag vídeos orientativos sobre o cadastramento e fluxo desses novos documentos e processos.

Veja Também:  Mato Grosso registra 139 crimes de homofobia em 2019

Conforme a secretária adjunta de Patrimônio e Serviços, Karollyne Martimiano, a implementação de novos documentos no Sigadoc garantirá maior celeridade aos processos administrativos e reduzirá o uso de papel. “Um dos nossos principais objetivos é ser eficiente em todas as áreas de atuação. Com a implementação desses novos procedimentos minimizaremos custos com impressões e contribuiremos diretamente com a sustentabilidade do meio ambiente”.

A ferramenta Sigadoc faz parte dos eixos Simplifica MT e Transparência Pública do programa Mais MT. Ela visa eliminar o uso de papel, otimizar recursos e digitalizar processos na administração pública.

Com a ferramenta é possível fazer a produção, gestão, tramitação, armazenamento, preservação, segurança e acesso a documentos e informações arquivísticas em ambiente digital de gestão documental, ou seja, é o sistema oficial do governo para gestão de documentos digitais.

Auditoria e controle

Desde o último dia 15 a Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) passou a receber processos e documentos relacionados às atividades de auditoria e controle exclusivamente pelo Sigadoc.

Desde então os processos previdenciários, de admissão e contratação temporária de pessoal e de tomada de contas especiais deixaram de ser recebidos no protocolo físico.

Veja Também:  Deputado Dr. Leonardo acompanha cronograma de obras em rodovias de Mato Grosso e cobra celeridade  

Os processos e documentos relativos às atividades de ouvidoria e transparência também já estão em tramitação pelo sistema, tanto entre os setores da Controladoria quanto entre a CGE e os órgãos estaduais.   

O envio de processos relativos a denúncias registradas na Rede de Ouvidorias do Estado aos secretários de estado, por exemplo, para conhecimento e providências, está sendo feito somente pelo sistema eletrônico.

Para a inserção dos produtos no sistema, a CGE criou grupo de trabalho interno envolvendo representantes de diversos setores e contou a supervisão Seplag, responsável pelo desenvolvimento e administração do sistema.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governador entrega cestas básicas para municípios da Região do Araguaia

Publicados

em


O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, tem feito pessoalmente entrega de cestas básicas do programa “Vem Ser Mais Solidário” para famílias que vivem em extrema vulnerabilidade do interior do Estado. Acompanhado de uma comitiva de lideranças políticas, Mendes está percorrendo 13 municípios da Região Araguaia para entregar e vistoriar diversas obras de pavimentação, restauração e pontes, além de dar ordem de serviço para novas obras e promover ações em parceria com os prefeitos.

Durante as visitas, o governador realiza a entrega simbólica de cestas básicas destinadas para os municípios. No total, serão entregues 84 mil kits de alimentos, de limpeza e de higiene pessoal para todos os municípios mato-grossenses. As cestas são retiradas em Cuiabá, de acordo com cronograma estabelecido pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

Mendes destacou o papel do poder público em atender a população. “Nós não podemos ser um Estado que tem muito riqueza e ter gente passando fome. Nós temos que cumprir esse papel. O Governo faz hoje um grande programa. É o maior investimento social já feito pelo estado de Mato Grosso. Quero agradecer todos aqueles parceiros que estão nos ajudando, Assembleia, bancada federal e todos os mato-grossenses que têm ajudado a reconstruir essa história bonita do nosso Estado”, pontuou.

Veja Também:  Deputado Dr. Leonardo acompanha cronograma de obras em rodovias de Mato Grosso e cobra celeridade  

O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo Anicézio, agradeceu pelas cestas básicas recebidas, que serão distribuídas às famílias carentes do município. “Quero agradecer ao governador, em nome de todas as comunidades de Alto Araguaia, a primeira-dama, Virginia Mendes, e também a Rosamaria Carvalho, secretária de Assistência Social do Estado de Mato Grosso, por nos ajudar”.

Priscila Dourado, primeira-dama do município de Alto Araguaia, destacou a atuação do Estado na assistência Social. “O sentimento é de gratidão do povo araguaense. Em especial à primeira-dama, Virginia Mendes, e a secretária Rosamaria, por representar muito bem a Assistência Social do Estado. Não só Alto Araguaia, mas os 141 municípios de Mato Grosso vêm sendo assistido de uma forma diferenciada, de uma forma especial dentro da assistência social”.

Ela lembrou que essa não é a primeira doação de cestas básicas feita pelo Estado. “Desde o ano passado nossas famílias vêm sendo assistidas pelo Governo do Estado. Estamos muito alegres por estar recebendo novamente. As doações são voltadas para atender aquelas famílias que estão mais precisando, de acordo com o impacto da pandemia”.

Veja Também:  Servidores exclusivamente comissionados podem aderir ao Mato Grosso Saúde
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana