conecte-se conosco


Policial

Sesp deflagra operação em Feliz Natal que resulta em 13 prisões

Publicados

em

 

Hérica Teixeira | Sesp-MT 

Dez mandados de busca e apreensão foram cumpridos no município de Feliz Natal (a 511 km de Cuiabá), em ação coordenada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), que envolveu a Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, Polícia Federal e o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), base de Sorriso (a 398 km de Cuiabá). A operação foi realizada entre segunda-feira e quarta-feira (25 a 27.03). Ao todo, 13 autores de crimes praticados na região foram presos.

As ordens judiciais foram expedidas após levantamentos realizados a partir de denúncias da prática de crimes ambientais, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e associação criminosa. Os mandados foram cumpridos na cidade e no Assentamento Ena, distante 90 quilômetros da área urbana, para identificação e apreensão de armas de fogo e outros ilícitos.

Na ação, foram apreendidos um revólver, três caminhões, três tratores, quatro espingardas, uma pistola calibre .380, cinco motocicletas, oito motosserras, sete radiocomunicadores e quatro quilos de drogas.

O secretário adjunto de Integração Operacional, da Sesp, coronel PM Victor Paulo Fortes Pereira, disse que as apreensões são resultado da união das forças de segurança estadual e federal, aliado ao serviço de inteligência.

“Este trabalho visa a repressão e também a prevenção de delitos. O objetivo é unir as unidades para o enfrentamento à criminalidade e com isso buscar a redução dos principais índices criminais, que são homicídio, roubo, furto e tráfico de drogas”, ressaltou.

No Assentamento Ena, os policiais encontraram ainda pilhas de madeiras retiradas ilegalmente da reserva legal e caminhões e tratores destruídos. Participaram da ação no município policiais do Batalhão Ambiental e da Força Tática.

 

Veja Também:  Batalhão Ambiental e Sema resgatam tartarugas encontradas em sacolas no Rio das Mortes

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Polícia Civil prende em flagrante motorista que atropelou ciclista em Chapada dos Guimarães

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil prendeu em flagrante o autor do atropelamento de um ciclista, ocorrido no sábado (31.07), na Rodovia MT 251, em Chapada dos Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá). O suspeito, de 42 anos, confessou os fatos e foi autuado em flagrante por homicídio culposo no trânsito, fuga do local de crime e fraude processual, uma vez que estava retirando as peças do veículo para ocultar vestígios do acidente.

O corpo da vítima Plínio Riuji Suzuki de 37 anos foi localizado na noite de sábado (31) às margens da Rodovia MT 251 ao lado da sua bicicleta, a qual apresentava danos causados pelo choque causado por outro no veículo, que não estava no local dos fatos, indicando omissão de socorro e fuga de local de crime após o acidente.

Imediatamente após a localização do corpo, os policiais da Delegacia de Chapada dos Guimarães iniciaram as diligências e durante os trabalhos receberam a denúncia de uma testemunha que presenciou o acidente. Segundo as informações, o veículo Fiat Uno, modelo antigo, de cor prata e com teto preto foi o causador do acidente.

Veja Também:  Polícia Civil cumpre prisão de foragido por roubo em Rondonópolis

Com a identificação do possível suspeito, os policiais iniciaram as buscas para localizá-lo em diversos endereços e chácaras de Chapada dos Guimarães. Neste domingo (01.08), os investigadores receberam nova informação de que o suspeito estava em um bar na entrada da cidade. Ao perceber a presença dos policiais, o suspeito tentou fugir para uma região de mata, porém acabou detido.

Questionado, ele confessou ser o autor do atropelamento e disse que após os fatos escondeu o veículo em uma chácara na região do Acora, onde estava desmontando as peças do carro para tentar apagar as evidências do acidente. Diante dos fatos, ele foi conduzido à Delegacia de Polícia de Chapada dos Guimarães, onde após ser interrogado pelo delegado Alexandre da Silva Nazareth, foi lavrado o flagrante.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil deflagra operação para prender líderes de associação criminosa atuante em Ribeirão Cascalheira

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, através da Delegacia de Ribeirão Cascalheira, deflagrou na sexta-feira (30.07) operação para cumprimento de quatro  mandados de prisão contra líderes de associação criminosa atuantes no município.

A Operação Êxodo tinha o objetivo de desarticular o grupo criminoso que atua em Ribeirão Cascalheira e em outros municípios do médio Araguaia, na prática de diversos crimes, dentre eles tráfico de drogas, furtos  e entre outras ações violentas.

Os mandados tinham como alvo líderes da associação criminosa. Até o momento, três dos suspeitos foram presos e o quarto continua foragido.

Durante os cumprimentos foram localizados e recuperados parte de objetos e valores em espécie,  frutos de um furto ocorrido no município, além de armas, munições, drogas, materiais e apetrechos utilizados para o tráfico de entorpecentes.

Após localização da arma uma das suspeitas informou acerca da existência de munições, então a equipe se deslocou até a residência onde constatou a existência de outras munições, apetrechos utilizados para tráfico de drogas, porção de drogas , anotações dentre outros.

Veja Também:  Delegado Geral da PJCMT é eleito vice-presidente da região Centro-Oeste do CONCPC

Os presos durante a operação foram conduzidos ao presídio Major Zuzi e à cadeia pública feminina em Nova Xavantina.

Participaram da operação a equipe da Delegacia de Ribeirão Cascalheira com apoio dos policiais civis de Água Boa, coordenados pelo delegado Sergio Luís Henrique de Almeida.

A operação foi coordenada pelo delegado de Ribeirão Cascalheira,  Sergio Luís Henrique de Almeida, com apoio de policiais civis de Água Boa.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana