conecte-se conosco


Mato Grosso

Sesp já aplicou 92% dos recursos em emendas parlamentares para as Forças de Segurança

Publicados

em

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) apresentou, nesta terça-feira (21.06), relatório com prestação de contas sobre a aplicação dos recursos federais e de emendas parlamentares estaduais para a Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa.

De acordo com o relatório, entre 2019 e 2021 os deputados estaduais destinaram R$ 23,5 milhões à Segurança Pública. Do montante, já foram aplicados 92% em obras, equipamentos, serviços à população e melhorias das condições de trabalho dos profissionais do setor.

O secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, Juliano Chirolli, detalhou onde e como foram aplicados os recursos. Como exemplo, citou ainda a queda de 41% nos índices de roubos no primeiro quadrimestre deste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. “Os recursos estão nos permitindo prestar serviços de melhor qualidade à população”, disse.

Na Polícia Militar, por exemplo, a Sesp aplicou R$ 9,8 milhões na aquisição de fardamento para todos os policiais, compra de viaturas e armamentos, implantação do sistema de radiocomunicação digital, entre outros projetos.

Veja Também:  Governo de MT inaugura sede dos Bombeiros, fortalece combate aos incêndios florestais e dobra capacidade de resgate na Região Norte

Na Polícia Judiciária Civil (PJC), o Governo do Estado investiu R$ 6,9 milhões em emendas parlamentares estaduais em aquisições de armamentos, equipamentos tecnológicos veículos, mobiliários e melhorias em infraestrutura física de unidades.

No Sistema Penitenciário os investimentos oriundos de emendas estaduais somaram R$ 2,9 milhões, possibilitando compra de veículos, armas, coletes, munições, mobiliários, entre outros.

“Não tenho dúvidas da eficiência e do empenho dos servidores da Sesp na aplicação dos recursos e nas ações de segurança. O mato-grossense precisa ter uma polícia bem equipada”, destacou o deputado estadual Elizeu Nascimento, que é presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Segunda-feira (04): Mato Grosso registra 771.458 casos e 15.017 óbitos por Covid-19

Publicados

em

Por

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (04.07), 771.458 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 15.017 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Dos 771.458 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.682 estão em isolamento domiciliar e 743.034 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 72 internações em UTIs públicas e 84 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 80,90% para UTIs adulto e em 17% para enfermaria adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (136.331), Várzea Grande (53.834), Rondonópolis (44.319), Sinop (35.034), Tangará da Serra (24.960), Lucas do Rio Verde (23.922), Sorriso (23.423), Primavera do Leste (23.165), Cáceres (18.050) e Alta Floresta (17.129).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Veja Também:  Nove bolivianos são presos na fronteira com 230 quilos de cocaína

Cenário Nacional

No domingo (03.07), o Governo Federal confirmou o total de 32.490.422 casos da Covid-19 no Brasil e 671.911 óbitos oriundos da doença. Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta segunda-feira (04.07).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

Veja Também:  Sistema de garantia de direitos da criança e do adolescente será debatido em seminário

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Tribunal reabre inscrição de credenciamento dos profissionais que irão atuar no Bem Viver

Publicados

em

Por

Tribunal de Justiça de Mato Grosso torna público, por meio do Edital 51, a reabertura do Processo Seletivo com a finalidade de credenciar pessoas físicas nas áreas de Fisioterapia, Educação Física e Auxiliar em Saúde Bucal para atuar junto ao Programa Bem Viver.
 
Inscrição
 
As inscrições para o processo seletivo são gratuitas e deverão ser realizadas, exclusivamente, por meio do endereço eletrônico Protocolo Administrativo Virtual ( https://pav.tjmt.jus.br), no período de 01 a 15 d ejulho de 2022, incluindo-se sábados, domingos e feriados. Serão consideradas extemporânea e sem validade qualquer inscrição feita fora desse período.
 
Edital n. 40
 
Outros detalhes do certame continuam valendo e estão disponíveis no Edital N. 40/2022-PRES e seus anexos. O Processo Seletivo é composto pelas fases de divulgação do edital; inscrição dos interessados, com a inserção dos documentos, análise da documentação e do currículo e divulgação dos interessados habilitados.
 
Requisitos
 
São requisitos para o credenciamento: ter sido selecionado(a) no Processo Seletivo; ser maior de 21 anos; não possuir antecedentes criminais; Não exercer cargo público inacumulável; e Não ter credenciamento anterior com o Poder Judiciário Estadual, ou estar descredenciado há no mínimo um ano.
 
Requisitos específicos
 
Ser graduado em Fisioterapia ou Educação Física, devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação e com registro no Conselho Regional na respectiva área profissional, devendo apresentar certificado de curso específico/formação/especialização (RPG, Pilates, Shiatsu, Reflexologia) caso a vaga exija.
 
Auxiliar de Saúde Bucal deverá possuir curso em Auxiliar em Saúde Bucal – ASB e registro junto ao Conselho Regional de Odontologia.
 
Recursos
 
Serão admitidos recursos devidamente fundamentados, no prazo de dois dias, contados da publicação do resultado final do processo seletivo no Diário da Justiça Eletrônico (DJE). Os recursos deverão ser interpostos somente por meio do Protocolo Administrativo Virtual: https://pav.tjmt.jus.br/geracao-protocolo
 
 
 
Alcione dos Anjos
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT

Fonte: Tribunal de Justiça de MT

Veja Também:  Prefeito suspende auas nas redes municipal e particular de Tangará da Serra

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana