conecte-se conosco


Entretenimento

Shakira desabafa sobre xenofobia no começo da carreira: ‘Perguntavam de drogas’

Publicados

em


source
Shakira desabafa sobre xenofobia no começo da carreira: 'Perguntavam de drogas'
Reprodução/Instagram

Shakira desabafa sobre xenofobia no começo da carreira: ‘Perguntavam de drogas’


A cantora Shakira foi capa da revista Cosmopolitan e falou sobre xenofobia no início da carreira e conquistas na sua trajetória.


A artista, de 44 anos, se orgulha se sua vida profissional e conquistas. “Quando comecei, não existia uma audiência estabelecida para o pop Latino ou para artistas femininas no pop Latino… Eu não fazia músicas para agradar algum tipo de audiência ou necessidade do mercado. Eu fiz o que senti ser honesto”, contou.

Shakira também conta que no início da carreira sofria xenofobia por ser definida como a segunda melhor exportação colombiana, sendo a primeira a cocaína. “Por que os jornalistas me perguntam sobre tráfico de drogas? Meu país é muito mais do que isso”, questionou.

Veja Também:  Boninho relembra luta de Ana Furtado contra o câncer de mama: "Medo de perder"

Ela ainda relembrou quando quase perdeu a voz em 2017, devido a uma hemorragia. “”Naquela hora mais sombria da minha vida, percebi o quão sortuda eu era. Todas aquelas pessoas me deram tudo que eu precisava para curar. E eu me curei. Ao contrário do que os médicos disseram. Era muito perigoso. Chorei todos os dias enquanto minha voz sumia. Eu nunca pensei o quão importante era ter uma voz até que a perdi. Nunca parei de agradecer a minha voz quando ela voltou”, afirmou.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

‘A Fazenda 13’: Erika Schneider detona Erasmo e diz que era atacada por Tati

Publicados

em


source
Erika Schneider comenta passagem por
Reprodução/Instagram

Erika Schneider comenta passagem por “A Fazenda 13”

Terceira eliminada de ‘A Fazenda 13’, Erika Schneider conversou com esta humilde coluna sobre sua participação no reality e revelou como reagiu aos comentários de Erasmo Viana, com quem já viveu um affair aqui fora. O modelo fez críticas bem pesadas à Erika, ao afirmar que teria encerrado a relação com ela por considerá-la “sem conteúdo, superficial e rasa” . A ex-bailarina do extinto “Domingão do Faustão” disse não entender o que passou pela cabeça do ex-marido de Gabriela Pugliese para dar tal declaração de forma gratuita, uma vez que quem não quis levar o romance adiante foi ela: “uma atitude babaca, ridícula”. Ela também falou das amizades que fez no confinamento e comentou a perseguição que sofreu da peoa Tati Quebra Barraco: “me atacava gratuitamente”.

Do que você se arrepende lá dentro? Não me arrependo de nada. Eu acredito que fui exatamente o que sou aqui fora. Agi com meu coração. Infelizmente o público decidiu minha saída, mas não tinha como eu não me posicionar diante dos fatos que estavam acontecendo.

O que você achou da declaração do Erasmo sobre não ter levado o relacionamento contigo à frente por você não ter conteúdo, ser superficial e rasa? Achei ridícula. Ele deu essa declaração e em seguida deu outra versão. Eu sumi, não quis continuar. Não sei o que passou na cabeça dele. Mas o pior é que ele disse: “eu não teria coragem de falar isso na cara dela”. Só teria de falar para o Brasil inteiro. Mas aí a gente mede o caráter de cada um. Se a pessoa fala uma coisa dessa em rede nacional, imagina o que não faz fora…

A declaração dele não bate com a realidade, já que antes do confinamento você havia negado que ficou com ele. Foi ele quem confirmou o affair. Por que acha que ele tem falado desta forma? A declaração dele não bate com a realidade. Ele contou uma mentira, depois falou a verdade. Tá aí a prova. Eu não sei por que ele falou isso, se foi para se sentir superior ou melhor para as pessoas da casa. Uma atitude babaca, ridícula…

Leia Também

O Erasmo contou uma mentira sobre você para sair como superior e agora fez o mesmo com a Marina. Mas a equipe dela logo tratou de desmenti-lo e mostrar que, na verdade, as investidas eram dele para cima dela. Por que acha que ele tem essa necessidade de autoafirmação a todo momento? Eu não sou psicóloga para fazer uma análise da personalidade de alguém. Mas acredito que ele possa ter uma personalidade narcisista. O maior medo de um narcisista é a rejeição. Isso explicaria a conduta dele. Espero que ele tenha esse reality como um aprendizado para evoluir como pessoa, reveja suas atitudes para nunca mais atacar ou expor uma mulher.

Veja Também:  Ex-RBD Dulce Maria recebe críticas após posicionar-se a contra o aborto

Acha que Tati Quebra Barraco pegou pesado contigo? Ela me atacava gratuitamente. Depois disse que do que adiantava ser bonita e burra. Isso não me afeta, porque sei a mulher que eu sou. Mas essa análise dela é carregada de preconceito. Me espanta apenas porque ela não é isso que ela pregava. Infelizmente muitas pessoas passam uma imagem na rede social, mas praticam o inverso.

Tem gente do confinamento que você vá levar para vida toda? Tem gente lá que eu vou levar para minha vida, pessoas que eu gosto, o Rico, principalmente. E eu estou aberta também a conversar. A gente não tem que levar nada para o coração, rancor, raiva, isso só faz mal para gente mesmo. Eu peço que as pessoas que falaram mal de mim pelas costas e quiseram me humilhar, que repensem suas falas e revejam, porque todo mundo tem o direito de evoluir.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Leão Lobo diz que fica perplexo até hoje com morte de Elis Regina: “Me intriga”

Publicados

em


source
Leão Lobo e Elis Regina
Reprodução/Instagram

Leão Lobo e Elis Regina

O apresentador Leão Lobo revelou que foi muito amigo de Elis Regina na metade da década de 70 e até hoje, ele não aceita muito bem a morte da cantora, aos 36 anos, no início de 1982.Ela foi encontrada desacordada em casa pelo, então, namorado Samuel MacDowell, e morreu logo depois. O laudo do Instituto Médico Legal apontou que a causa da morte teria sido intoxicação por cocaína e álcool.

“Eu fui entrevistá-la uma vez e nós acabamos ficando muito amigos desde então. Era amigo de frequentar os camarins dos shows dela e de sair para jantar. Uma vez, durante um desses jantares, ofereceram uma cervejinha e ela recusou. Elis disse que se tomasse a cerveja ficaria péssima e trocou a bebida por um suco ou refrigerante, não me lembro direito. Mas, isso me deixa perplexo e me intriga até hoje. Como um ano e meio depois, uma pessoa que não bebia, morre como uma alcoólotra e drogada? Não entendo”, contou Leão.

Veja Também:  Gabi Lopes revela detalhes dos filmes do caso Richthofen: 'Não vai parar por aí'
Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana