conecte-se conosco


Entretenimento

Síndica de condomínio cobra R$ 62 mil de Mayra Cardi e do irmão da coach

Publicados

em


source
Mayra Cardi
Reprodução/Instagram

Mayra Cardi

A síndica de um edifício localizado na cidade de Cuiabá, no estado do Mato Grosso, tenta, mas sem sucesso, receber de Mayra Cardi e do irmão da coach, Bruno Cardi, um crédito vencido no valor de R$ 62.279,25, proveniente de despesas de taxas condominiais em atraso. A ação movida pelo condomínio tramita na 5ª Vara Cível de Cuiabá. Nela, a síndica afirma que, além de Mayra e Bruno, a irmã deles, Beatriz Cardi, também seria proprietária do apartamento com o débito em aberto.

A acusação afirma que a dívida seria das taxas de condomínio vencidas a partir de 5 de março de 2017 até a presente data, e que “apesar de insistentes cobranças verbais, os devedores recusam a pagar a dívida, restando ao credor recorrer à via judicial para receber o seu crédito”. Consta, ainda no processo a informação de que parte dos valores que envolvem os débitos seriam de taxas para a manutenção do condomínio, que teriam sido devidamente acordadas em Assembleia Geral Ordinária, todos os anos, de 2017 até 2020.

Além dos valores que já se encontravam pendentes, a síndica pontua que, na Assembleia de 2020, houve a implementação de uma taxa extra emergencial, com a concordância dos condôminos em duas parcelas de R$ 673,00 e, posteriormente, outras duas no valor de R$ 668,50, pois foi necessário o cumprimento de reformas urgentes, sob a ameaça, por parte da Defesa Civil de Cuiabá, de interdição do prédio pelo risco de desmoronamento. Segundo consta na ação, estes valores também não teriam sido pagos.

A ação foi protocolada em dezembro do ano passado e, por meio de uma carta precatória assinada pela juíza Edleuza Zorgetti Monteiro da Silva, a Justiça busca a citação de Mayra Cardi em São Caetano do Sul, no interior de São Paulo.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

‘A Fazenda 13’: Solange Gomes e Nego do Borel já ficaram

Publicados

em


source
Solange Gomes e Nego do Borel já ficaram
Reprodução/Instgram

Solange Gomes e Nego do Borel já ficaram

Solange Gomes já expôs quais peões já se pegaram e quem combinou de formar casal em “A Fazenda 13” , a ex-musa da Banheira do Gugu esqueceu de falar de si mesma. Ao entregar o jogo e o passado de todo mundo, ela esqueceu de dizer que já ficou com Nego do Borel em uma ocasião.

O funkeiro convidou Solange para um evento no Morro do Borel, zona norte do Rio de Janeiro, e foi lá que ele ficou com a modelo. Ao site Notícias da TV, o assessor da peoa confirmou essa história, mas negou que ela teve qualquer relacionamento amoroso com o cantor.

“Não foi um caso e não foi um relacionamento. Foi uma ficada num evento. Eles saíram e ficaram nessa ocasião em que ela foi convidada”, conta. Stephanie Gomes, filha de Solange, disse que não sabia da ficada da mãe, mas confirma que o funkeiro dava em cima da modelo.

Veja Também:  Nos Tempos do Imperador: Eugênio descobre traição de Luísa com Dom Pedro II

Segundo a estudante, Nego do Borel flertava com Solange Gomes quando era comprometido. “Ele jogava uns flertes para cima dela há uns anos, quando namorava uma moça. Não era a Duda Reis. Só sei disso. Foi em 2016. Sei porque ele foi numa festa de aniversário dela. E, por sinal, com a namorada da época”, diz.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

Entretenimento

Maria Rita sobre morte de Elis Regina: “Senti raiva, julguei minha mãe”

Publicados

em


source
Maria Rita, filha de Elis Regina
Instagram

Maria Rita, filha de Elis Regina

Quando Elis Regina morreu, em 1982, Maria Rita tinha apenas quatro. Quase 40 anos após a partida da estrela da música, sua filha abriu o coração sobre como foi enfrentar a morte da mãe, mesmo com tão pouca idade. “Era confuso, porque eu não entendia o que era morrer. Achava que tinha acontecido alguma outra coisa. Achava que tinha alguma coisa errada, fora da ordem ali. Foi confuso também porque pintavam que estava tudo bem, normal, e isso alimentava minha sensação de confusão. Isso num viés de uma criança que perdeu a mãe cedo”, confidenciou ela, em participação no “Drag Me As a Queen”, do canal E! que foi ao ar na terça-feira (21) .

“Eu achava que ela tinha ido embora. Foi um negócio confuso até eu entender de fato. Aí depois foi a confusão de como ela morreu, aí bagunçou a cabeça mais ainda, eu tinha uns 12 anos”, continuou Maria Rita, em conversa com as dras Penelopy Jean, Ikaro Kadoshi e Rita Von Hunty.

Veja Também:  Alexandre Nero critica fãs que foram a ato bolsonarista: "Massa de manobra"

Elis Regina morreu aos 36 anos. À época, ela foi encontrada desacordada em casa pelo, então, namorado Samuel MacDowell. Apesar de ter sido socorrida, ela não resistiu. O laudo do Instituto Médico Legal apontou que a causa da morte teria sido intoxicação por cocaína e álcool. Familiares tentaram contestar, mas o caso foi arquivado. Mesmo com pessoas próximas não crendo em overdose, foi essa versão que chegou até Maria Rita, que não nega seus sentimentos. “Senti muita raiva, porque eu julguei a minha mãe. A forma como ela morreu não tá certo, todo mundo sabe que isso é errado. Tá em tudo quanto é anúncio de campanha de televisão, capas de revistas. Então entrei num conflito de ‘como assim, isso aconteceu tão perto de mim’, sabe? Até eu entender o que é. É sempre um processinho, com o tempo. Eu guardava muito, interiorizava muito”, revelou.

Após uma infância e adolescência conturbada, na vida adulta Maria Rita passou a adotar um olhar mais compreensivo em relação à mãe. “[Minha visão sobre a minha mãe] Mudou. Ela ficou maior e mais incrível. Eu me perguntava como ela fazia isso”, contou a cantora. Os episódios de “Drag Me as a Queen” vão ao ar às terças, às 22h50, no E!.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana