conecte-se conosco


Entretenimento

‘Torre das Guerreiras’ traz trajetória de Ana Maria Ramos Estevão

Publicados

em

source
Livro tem prefácio feito por Dilma Rousseff
Reprodução 13.05.2022

Livro tem prefácio feito por Dilma Rousseff

Presa três vezes durante a ditadura militar brasileira (1964 – 1985) e exilada em Paris, Ana Maria Ramos Estevão contou sua história em um livro de memórias que chamou de “Torre das Guerreiras” (Ed. 106 memórias) uma referência à Torre das Donzelas, nome dado ao local onde as mulheres presas na ditadura eram levadas. 

E sobre o nome do livro Ana Maria fez uma observação muito interessante sobre como as histórias, em especial as infantis, nomeiam as cadeias: Homens presos em calabouços e mulheres sempre em Torres. Lembram da Rapunzel, Bela Adormecida? E durante a ditadura a realidade imitou os contos de fadas, pois de fato a cadeia feminina era uma Torre. 

Ana Maria relata tudo com muita coragem, pois absolutamente não deve ser fácil reviver toda a história, os momentos de terror e tortura que passou presa. Conta inclusive como viu e ouviu companheiros serem torturados para que delatassem outros. Narra também o quanto esse momento iniciado em 1970 com a primeira prisão reverberou muito tempo em sua vida: “O exacerbamento do meu instinto de sobrevivência e a mudez perante grande público são marcas deixadas pela tortura e que trago até hoje”, conta a autora.

Veja Também:  Monica Iozzi faz publicação ressaltando força de Anitta no exterior

Na Torre das Guerreiras, Ana Maria ficou presa com a ex-presidenta Dilma Rousseff, que inclusive escreveu o prefácio, e em relato conta curiosidades sobre a personalidade de Dilma como seu tom de voz ser “invariavelmente professoral e de comando” e que era ela quem apelidava as mulheres. Além da ex-presidenta também estiveram Maria do Carmo Campelo (já falecida), Eliana Rollemberg, Guiomar Silva e tantas outras guerreiras. 

Livros assim, com memórias sobre torturas, cárceres sem chance de defesa, sempre fazem nos questionar sobre nossas escolhas, sobre o que aconteceria, ou onde estaríamos se tivéssemos feito outras escolhas, Ana Maria diz: “Tenho certeza que não faria outra escolha, mesmo vendo depois de tanto tempo tenho minha consciência em paz e a certeza de que aquele era o melhor caminho no contexto da época”. 

Embora  o período relatado no livro seja bastante sombrio e pouco debatido abertamente, os livros têm sido o melhor meio para que histórias como essa se perpetuem. E livros de memórias, que trazem tudo tão vívido e detalhado, se tornam ainda mais importantes. Nunca será fácil, imagino, falar ou relembrar momentos como esses, mas é de extrema importância essa coragem de expor e falar sobre uma parte da nossa história que muitos ou tentam abafar ou até enaltecer. 

Veja Também:  Luísa Sonza diverte internautas após soltar gases: “Do nada um fã apareceu”

Para pautas e sugestões:  [email protected]

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Gil do Vigor viveu affair discreto com o ex de Rico Melquíades

Publicados

em

Por

source
Gil do Vigor e Rico Melquíades
Reprodução/Instagram – 23/05/2022

Gil do Vigor e Rico Melquíades


O mundo dos realities segue agitado. O iG Gente descobriu que o ex-BBB Gil do Vigor viveu um affair com Luís Mattos, ex-participante do “De Férias com o Ex Celebs 2”.

Luís e Gil do Vigor tiveram um rolo discreto, com direito a encontro no apartamento do ex-BBB, em São Paulo. Antes de se envolver com Luís, Gil também ficou com outro participante do “De Férias Celebs 2”: Matheus Pasquarelli . Luís entrou no programa da MTV como ex de Rico Melquíades, que protagonizou diversas brigas por ciúme do baiano. Depois das polêmicas, Rico foi para “A Fazenda 13” e se tornou campeão do reality.



Logo após um encontro com Luís, Gil do Vigor se reuniu com Rico Melquíades para gravar vídeos. Os dois mostram boa relação nas redes sociais e até já viajaram juntos. Bem diferente da relação de Rico com Luís Mattos.



Dentro do “De Férias com o Ex Celebs 2”, Luís e Rico Melquíades protagonizaram grandes barracos. Os dois arremessaram copos, trocaram ofensas e foram separados por seguranças do reality da MTV. Após a ida de Rico para “A Fazenda”, o clima não melhorou muito.


Os dois seguem afastados e sem contato direto. Já Gil do Vigor vai curtindo a famosa “cachorrada”. O ex-BBB esteve no “Mais Você” procurando um novo affair e recentemente apareceu em clima carinhoso  com o americano Ryan Konesky.


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Veja Também:  Sheron Menezzes se casa em cerimônia na praia: "Muito feliz"
Continue lendo

Entretenimento

Hugo Henrique relembra apoio de Marília e Cristiano Araújo na carreira

Publicados

em

Por

source
Hugo Henrique lança novo DVD
Divulgação

Hugo Henrique lança novo DVD

Prestes a fazer 18 anos, Hugo Henrique quer dar uma virada na carreira musical. Conhecido por compor hits sertanejos, desde os 7 anos, e participar de concursos infantis de calouros na TV, o artista quer apresentar ao público uma nova fase. Por isso, ele vai gravar o DVD “Virada de Chave” em 31 de maio, um dia antes de atingir a maioridade. 

“Como eu comecei muito cedo, muita gente me enxerga como garotinho, que vem se profissionalizando, mas que ainda é uma promessa. Queremos mudar a visão dessas pessoas”, explica Hugo em entrevista ao iG. 

O cantor, então, dá detalhes sobre o novo projeto: “Vai contar com doze faixas inéditas. Dessas doze, nove são composições minhas. Vai ter muito a minha cara. A gente também trouxe letras com temáticas e arranjos mais maduros”. 


Amizade com Cristiano Araújo

Ainda criança, Hugo começou a participar de programas de calouros na TV e esteve por dois anos no “Programa do Raul Gil”. Foi lá que ele conheceu um dos maiores ídolos: Cristiano Araújo.  

“Eu era muito fã dele. E aí eu cantei a música ‘Efeitos’ e foi minha melhor apresentação. Meus pais ligavam para os escritórios dos artistas para avisar que eu ia cantar as músicas deles no programa. Deste modo, Cristiano Araújo me viu e me retornou agradecendo muito por ter cantado”, conta. 

Depois disso, Araújo ainda fez uma surpresa para Hugo e cantou com ele na atração. A partir daí o cantor afirma que a amizade só cresceu. “Depois disso, ele me ajudou muito. Me chamava para fazer participações em shows”. 

Inclusive, o sertanejo tem uma história curiosa com Araújo. “Fui fazer uma participação em um show do Cristiano Araújo, lá em São Paulo. Era umas 4h da manhã e ele não me chamava para entrar no palco. Aí me deu vontade de usar o banheiro e fui. No que eu sentei, o Cristiano me chamou, levantei e sai correndo para o palco. Entrei meio mancando porque tinha acabado de sair do vaso,” relembra com bom humor. 

+ Entre no canal do  iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!  Siga também o perfil geral do Portal iG.

Parceria com Marília Mendonça

Com muito orgulho, Hugo relata que Marília Mendonça também foi importante para ele no início da carreira, já que ela foi a primeira artista a gravar uma música do sertanejo. 

“Mandei várias músicas minhas para o Juliano Tchula [compositor que tinha uma grande parceria com a rainha da sofrência] e Marília gostou daquela ‘Perto de Você’ e gravou”, relata. 


Ele afirma que a partir deste momento as portas foram se abrindo: “Daí eu fui conhecendo muitas pessoas no meio e tudo foi acontecendo muito naturalmente”. 

Cristiano Araújo e Marília Mendonça morreram em 2015 e 2021, respectivamente. Hugo, que teve uma relação próxima com ambos, conta como reagiu aos acontecimentos. “O Cristiano não era só uma artista que eu admirava e vou continuar admirando, mas também uma pessoa incrível, que me ajudou diversas vezes. Então foi um baque gigantesco, na época eu tinha uns 11 anos. Eu não conseguia entender direito”. 

Ele continua: “Com a Marília foi a mesma coisa, foi a primeira artista que gravou uma composição minha, que me deu oportunidade. Vou continuar tendo uma gratidão imensa por ela para o resto da vida”. 

Após muitos nãos, Hugo não desistiu

Na época que participava de shows de Calouros, Hugo Henrique levou diversos nãos. Um em especial, que ocorreu no “Qual o seu talento?”, no SBT, viralizou nas redes, já que o sertanejo, que ainda era uma criança, chorou e não reagiu bem à situação.

 “Fiquei com um pouquinho de raiva, chorei, xinguei. Mas penso que tudo isso faz parte do processo. A gente tem que passar por isso para poder entender de verdade a tomar um não”, afirma.

Hugo Henrique também já escreveu músicas para Juliette, Israel e Rodolffo, Murilo Huff e Dilsinho. “Mas nunca passou pela minha cabeça desistir, porque é o que eu amo acima de tudo. É algo que já faz parte de mim (…) Na época, eu não quis entender, mas tudo acontece na hora certa”, finaliza Hugo. 

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Veja Também:  Alanis Guillen voltou a comer carne para viver Juma em "Pantanal"
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana