conecte-se conosco


Carros e Motos

Toyota Etios Sedan x VW Voyage: sedãs compactos automáticos se enfrentam

Publicados

em


VW Voyage automático e Toyota Etios Sedan 1.5 estão entre as melhores e poucas opções do segmento no Brasil
Divulgação

VW Voyage automático e Toyota Etios Sedan 1.5 estão entre as melhores e poucas opções do segmento no Brasil

Os sedãs compactos continuam sendo uma boa alternativa com preço relativamente baixo, mas com espaço considerável para levar bagagem. E com a chegada do VW Voyage automático no segmento, consegue-se incluir uma certa dose de conforto para enfrentar o anda e para do trânsito caótico das grandes cidades.

LEIA MAIS: Conheça os sedãs compactos que mais perdem valor no Brasil

Entre as melhores opções do segmento que temos hoje no mercado, estão o Toyota Etios Sedan (parte de R$ 59.990) e o VW Voyage automático
(R$ 62.900), ambos disponíveis com caixa com conversor de torque, nada de automatizado, algo que está fadado a sumir das lojas em breve. Se você pensou que o modelo da marca alemã irá superar fácil o rival, saiba que não é bem assim. 

Tudo bem, o Voyage acaba sendo um pouco melhor que o Etios no cômputo geral, mas a briga entre os dois é mais acirrada do que se imagina. Mesmo com câmbio de quatro marchas, ante o de seis do VW, o Toyota consegue manter diferenças menores de desempenho e consumo do que se pensa, ajudado pela cilindrada (1.5 contra 1.6) e peso ligeiramente menores (965 kg ante 1.058 kg).

 O motor 1.5 do Etios rende até 107 cv e 14,7 kgfm de torque a 3.100 rpm, contra 120 cv e 16,8 kgfm a 4.000 rpm do Voyage. Mas apenas o Toyota tem variador de fase não apenas na admissão mais no escape também. Sobe de giro rápido e funciona com suavidade. Entretanto, o VW ainda conta com mais potência específica: 75,1 cv/l ante 71,5 cv/l.

LEIA MAIS: VW Voyage 1.6 automático: mais conforto ao sedãzinho veterano

E segue a luta com o VW Voyage automático


VW Voyage automático ao lado do rival Toyota Etios Sedan, seu principal rival além do Ford Ka Sedan 1.5
Guilherme Menezes/iG

VW Voyage automático ao lado do rival Toyota Etios Sedan, seu principal rival além do Ford Ka Sedan 1.5

 Acelere e verá que o Voyage é um pouco mais bem disposto, indo de 0 a 100 km/h em 10,2 segundos, ante 12 s do Etios, que mostra que tem bom isolamento acústico e de vibrações, mesmo em rotações mais altas, o qiue deixa claro que o Toyota evoluiu bastante desde o lançamento no Brasil, em 2012.  Um dos grandes avanços fica por conta da inclusão dos controles eletrônicos de estabilidade e tração entre os itens de série, o que o VW não tem.

Veja Também:  Audi Q5 híbrido chega ao Brasil. Veja as primeiras impressões

VW Voyage automático tem interior um pouco mais moderno e ergonômico que do rival...
Divulgação

VW Voyage automático tem interior um pouco mais moderno e ergonômico que do rival…

Nas curvas, o Voyage tem como aliado o conjunto de rodas de aro 15 montadas em pneus mais largos e de perfil mais baixo que os do Etios (195/55R15 ante 175/65 R 14). Em ambos, a susoensão consegue absorver bem as irregularidades do piso e, ao mesmo tempo, manter certa estabilidade. 

Em contrapartida, por ter assistência elétrica e não hidráulica, como a do VW, o Toyota é mais fácil de manobrar por exigir menos esforço para girar o volante. E em velocidades mais altas, o sistema da marca japonesa mantém a sensação de segurança ao aumentar o peso da direção conforme o ponteiro do velocímetro vai ganhando altitude, mas sem prejudicar o conforto. 

LEIA MAIS: Saiba quais são os 5 sedãs compactos 1.0 mais econômicos do Brasil

Mas apesar de ter recebido várias melhorias ao longo dos útimos 6 anos, o Etios Sedan
não deixa de ter um projeto de baixo custo e continua com itens como painel de plastico duro e quadro de instrumentos no centro que não tem informacões como temperatura externa, por exemplo. No Voyage, o nível de simplicidade é menor.  A economia feita no VW é notada por detalhes como os botões dos vidros elétricos traseiros no painel e não nas portas, onde deveriam estar.


...que vem com mostrador no centro do painel de plástico duro, ao contrário do VW Voyage automático
Divulgação

…que vem com mostrador no centro do painel de plástico duro, ao contrário do VW Voyage automático

Na questão do espaço interno, porém, o Etios fica na frente do Voyage.  Não apenas pelo entre-eixos (2,55 metros, ante 2,47 metros), o que ajuda a ter maior distância entre as costas dos bancos dianteiros e os joelhos de que vai sentado atrás. O porta-malas do Toyota também fica na frente do concorrente, com cavernosos 562 litros, ante 480 litros do VW.

Veja Também:  Kawasaki lança edição limitada da 'Z900 Edição de Aniversário'

Quando o assunto é estilo, o Voyage também fica um passo a frente do Etios Sedan, mas com certa discrição. O sedã da VW
recebeu frente renovada na linha 2019 com detalhes vindos da Saveiro, o que inclui faróis maiores, bem como grade e para-choque redesenhados, mudanças que acabam transmitindo uma ideia de robustez ao carro. De qualquer forma, a versão três volumes do Gol ainda se mantém atual, mas não por muito tempo, uma vez que uma nova geração de compactos da VW está sendo esperada para 2021. 

Conclusão

Os dois sedãs compactos automáticos são recomendáveis. Mas o VW Voyage automático
fica um na frente do rival nesse comparativo, embora com uma diferença menor do que se pode imaginar num primeiro momento. Mesmo com câmbio de quatro marchas, o Etios consegue supreender quando o assunto é economia de combustível e desempenho, além de ter mostrado que evoluiu ao longo dos anos no Brasil. 

Siga o iG Carros no Instagram
!

Ficha Técnica – Toyota Etios X 1.5 AT

Preço: a partir de R$ 59.990

Motor:  1.5, quatro cilindros, flex

Potência:  107 cv (E) / 102 cv (G) a 5.600 rpm

Torque:  14,7 kgfm (E) / 14,3 (G) a 4.800 rpm

Transmissão:  Automático, quatro marchas , tração dianteira

Suspensão: Independente, McPherson (dianteira) / eixo de torção (traseira)

Freios: Discos ventilados (dianteiros) / tambores (traseiros)

Pneus:  175/65 R14

Dimensões: 4,37 m (comprimento) / 1,70 m (largura) / 1,51 m (altura), 2,55 m (entre-eixos)

Tanque: 45 litros

Porta-malas: 562 litros 

Consumo gasolina: 12,2 km/l (cidade) / 14,9 km/l (estrada)

0 a 100 km/h: 12 segundos 

Velocidade máxima: 186 km/h 

Ficha Técnica – VW Voyage 1.6 automático

Preço: a partir de R$ 62.900

Motor:  1.6, quatro cilindros, flex

Potência:  120 cv (E) / 110 cv (G) a 5.750 rpm

Torque:  16,8 kgfm (E) / 15,8 (G) a 4.000 rpm

Transmissão:  Automático, seis marchas, tração dianteira

Suspensão: Independente, McPherson (dianteira) / eixo de torção (traseira)

Freios:  Discos ventilados (dianteiros) / tambor (traseiros)

Pneus:  195/55 R15

Dimensões: 4,21 m (comprimento) / 1,66 m (largura) / 1,46 m (altura), 2,47 m (entre-eixos)

Tanque: 55 litros

Porta-malas: 480 litros 

Consumo gasolina: 11 km/l (cidade) / 14,3 km/l (estrada)

0 a 100 km/h: 10,2 segundos

Velocidade máxima:  190 km/h   

Comentários Facebook
Propaganda

Carros e Motos

TBForte mostra seu primeiro carro-forte elétrico feito junto com a JAC

Publicados

em

Modelo é baseado no JAC iEV 1.200 T e tem custo de rodagem 50% menor que o a combustão
Divulgação

Modelo é baseado no JAC iEV 1.200 T e tem custo de rodagem 50% menor que o a combustão

O mundo corporativo busca cada vez mais aliar suas práticas operacionais com medidas de preservação do meio ambiente. Pensando nisso, a TBForte, empresa de transporte de valores do grupo TecBan, criou seu primeiro carro-forte elétrico.

O modelo é um JAC Motors iEV 1.200T Plus , que vem equipado com um motor elétrico de 170 cv de potência e 122 kgfm de torque, força entregue de maneira instantânea.

Para Gabriel Damasceno, Superintendente da TBForte , a empresa possui interesse em investir em um projeto repleto de atenção ao meio ambiente.

“Mesmo diante dos obstáculos iniciais a serem enfrentados, especialmente o custo dos veículos elétricos em relação aos tradicionais, a TBForte quer colaborar e mostrar consciência ambiental diante da tendência global”, declarou o executivo.

Veja Também:  Cresce o número de sinistros graves com ciclistas no Brasil

A autonomia declarada do modelo é de 240 km. Segundo a TBForte, é suficiente para as atividades diárias do carro-forte . Além de não emitir gases poluentes, o veículo elétrico aumenta o custo-benefício por ter uma mecânica mais simples.

JAC iEV 1200T é o caminhão 100% elétrico no qual foi baseado o carro-forte elétrico
Divulgação

JAC iEV 1200T é o caminhão 100% elétrico no qual foi baseado o carro-forte elétrico

O iEV 1.200T Plus não é o único modelo da JAC que a TBForte adiciona à sua frota, a companhia também adquiriu o compacto E-JS1 , para escolta  e atendimento técnico em caixas eletrônicos.

“Além de serem veículos menos agressivos ao meio ambiente, por conta da emissão zero de CO², o carro leve elétrico é isento de rodízio, o que permite otimizar a operação diária de nossas equipes”, completa Gabriel.

Alexandre Ventura, Gerente Executivo de Operações da TBForte, afirmou que o carro-forte elétrico faz parte do programa de renovação de frota da empresa, e que mais veículos serão adquiridos conforme a necessidade da TecBan em renovar sua frota.

No caso do iEV 1.200T Plus, a TBForte afirma que contou com o apoio da JAC para a realização de mudanças na posição do plug de carregamento, para uma operação mais simples.

Veja Também:  Beleza americana: conheça a história do Chevrolet Impala

Segundo a empresa, o carro-forte elétrico apresentará um custo de rodagem entre 40 e 50% mais em conta que um a diesel tradicional.

A TecBan afirma que está trabalhando com sua equipe de infraestrutura para proporcionar recargas elétricas vindas de energia solar para seu carro-forte elétrico, mas atualmente, o modelo será recarregado em um wallbox convencional da JAC , mas com energia vindo da rede tradicional.

A TBForte estará presente no Lat.Bus, que é o maior evento de mobilidade urbana da América Latina, o carro-forte elétrico será a principal estrela da empresa no evento, que acontece no São Paulo Expo entre os dia 9 e 11 de agosto, das 13 às 22h.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Lamborghini Urus “Evo” quebra recorde em subida na montanha Pikes Peak

Publicados

em


Lamborghini Urus ”Evo” quebra recorde em subida na montanha Pikes Peak, em 10 minutos e 32,064 segundos
Divulgação

Lamborghini Urus ”Evo” quebra recorde em subida na montanha Pikes Peak, em 10 minutos e 32,064 segundos

O Lamborghini Urus de 2023 remodelado estabeleceu um novo recorde na pista de escalada de Pikes Peak nos EUA, antes da revelação completa do carro na próxima semana. 

O mais novo recordista destronou o modelo anterior, um Bentley Bentayga 2018 , que registrou um tempo de 10 minutos e 49,902 segundos. De acordo com os organizadores da façanha, o Urus completou a prova em 10 minutos e 32,064 segundos , um novo recorde para um SUV de produção.

A subida de Pikes Peak, no Colorado, EUA possui  156 curvas e tem 1.439 m de mudança de altitude, com a linha de chegada 4.302 m acima do nível do mar, o que exige muita habilidade e resistência para qualquer veículo.

Veja Também:  Aston Martin fabrica primeira unidade do SUV mais potente do mundo

Poucos detalhes da nova variante Urus foram revelados, no entanto, servirá como um facelift de meia-idade para o SUV de estreia da Lamborghini, lançado pela primeira vez no final de 2017.

Outros rumores apontam que o novo “Urus Evo” ou “Urus Sport”, será definido como a última nova variante Urus com energia pura a gasolina, e está programado para ser vendido por menos de dois anos antes de ser sucedido pela variante híbrida plug-in em 2024, e com isso, toda a gama Lamborghini passará a ser apenas híbrida.

Ele será alimentado por um motor V8 biturbo, conforme o Urus convencional. Seja como for, as mudanças não se concentrarão apenas no aumento de potência, mas também à uma revisão do setup do chassis, com vista a um aumento da eficácia.

Com o piloto de corrida, Simone Faggioli – que detém recordes adicionais em Pikes Peak – no comando, o recordista Urus foi equipado com uma gaiola de proteção, um assento de corrida com cinto de seis pontos e um sistema de extinção de incêndio para atender aos regulamentos de segurança.

Veja Também:  MAN e ABB se juntam em projeto de caminhão elétrico

O novo Lamborghini Urus 2023 deve ser revelado na íntegra no evento Pebble Beach Concours d’Elegance, na Califórnia, como parte da Monterey Car Week, nos dias 12 a 21 de agosto.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana