conecte-se conosco


Policial

Três são presos em flagrante e pontos do tráfico são desarticulados durante operação em Campos de Júlio

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil deflagrou nesta quarta-feira (22) a operação “Euphractus”, em Campos de Júlio (553 km a noroeste da Capital), para cumprimento de dois mandados de busca e apreensão que visam desarticular pontos de venda de entorpecentes.

Três suspeitos foram presos em flagrante e apreendidas entorpecentes, celulares, arma, dinheiro e apetrechos para embalar drogas. A operação contou com apoio da Delegacia de Comodoro. 

Em investigações realizadas pela equipe da Delegacia de Campos de Júlio, os policiais civis identificaram o comércio de substâncias ilícitas em dois endereços na cidade.

Após monitoramento e a coleta de indícios sobre as atividades criminosas, o delegado Ricardo Marques Sarto representou pelos pedidos de buscas e apreensões domiciliares deferidos pelo juízo da Comarca de Comodoro.

O primeiro alvo das buscas foi um endereço no bairro Águas Claras, onde os investigadores localizaram fR$ 500 provenientes da venda de entorpecentes, além de porções de maconha e pasta base de cocaína. Dois jovens de 20 e 23 anos foram presos em flagrante.

Veja Também:  Autor de feminicídio que vitimou adolescente em Diamantino tem mandado de prisão cumprido

O suspeito de 23 anos responde a dois homicídios e estava com mandado de prisão em aberto, expedido pela Comarca de Vitorino Freire, no Maranhão, onde cometeu um homicídio a golpes de facão motivado por dívida de drogas.

Na segunda residência alvo de mandado judicial, no centro da cidade, os policiais civis apreenderam porções maconha e de crack, balança de precisão, R$ 430 em dinheiro e um simulacro de arma de fogo (tipo pistola). O morador de 21 anos foi preso em flagrante por tráfico de drogas.

O delegado Ricardo Sarto destacou o êxito da operação, tendo em vista que os principais alvos da investigação foram presos em flagrante.“Os presos foram conduzidos até a Delegacia de Campos de Júlio, interrogados e após serem autuados pelos crimes, foram colocados à disposição do Poder Judiciário”.

O nome da operação “Euphractus” faz alusão ao nome científico do tatupeba, que refere-se ao modus operandi utilizados pelos alvos para esconder as drogas, enterradas no quintal das casas.

Veja Também:  Na mira: tenente do Bope conta sobre a rotina dos atiradores de elite da PM de Mato Grosso

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Polícia Militar e Indea apreendem 57 quilos de cocaína em área rural de Aripuanã

Publicados

em


Policiais Miitares do 8º Comando Regional e a equipe do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado (Indea) apreenderam 57 quilos de entorpecentes, nesta sexta-feira (15.10), no Distrito de Conselvan, em Aripuanã.

A droga estava escondida em um buraco encoberto com folhas. Foram 25 tabletes de cloridrato de cocaína e 56 tabletes de pasta base de cocaína (81 tabletes) apreendidos.   

A Polícia Militar atuava em apoio a uma barreira de fiscalização do Indea na rodovia MT-323, na terça-feira (12.10), quando o motorista de um veículo Strada furou a barreira policial, fugindo em direção ao Distrito de Conselvan. No dia seguinte, os policiais receberam informações de que, na noite anterior, um carro havia ficado parado por várias horas em uma linha próxima ao local, para onde o veículo Strada teria fugido.

Os policiais solicitaram reforço do Patrulhamento Rural e de outras unidades militares da região e intensificaram as buscas junto com a equipe do Indea por quase três dias, encontrando a grande quantidade de entorpecente na tarde desta sexta-feira. 

Veja Também:  Polícias Civil e Militar cumprem buscas e desarticulam tráfico no bairro Jardim Renascer

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Aripuanã.  

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende traficante e tira de circulação 16 tabletes de skunk que seriam comercializados na Capital

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um traficante que transportava 16 tabletes de skunk (supermaconha) na região do bairro Consil em Cuiabá foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na sexta-feira (15.10), durante investigações realizadas pela equipe da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

O suspeito de 42 anos foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Os policiais da DRE estavam em investigações há alguns dias na região dos bairros Alvorada e Consil e recebeu informações sobre um suspeito que atuava com o tráfico de drogas, utilizando um veículo Prisma, de cor prata.

Na tarde de sexta-feira (15), durante diligências na região os investigadores da DRE visualizaram o suspeito em seu veículo, dirigindo em alta velocidade, decidindo pela realização da abordagem.

Durante a busca veicular, os policiais encontraram duas bagagens, sendo uma mala e uma mochila, onde estavam armazenados os 16 tabletes da droga. Com o suspeito foi encontrado aproximadamente R$ 120 em dinheiro.

Diante dos fatos, todo material ilícito foi apreendido e o suspeito encaminhado para a DRE, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Veja Também:  Policiais libertam família de cárcere privado em Peixoto de Azevedo

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana