conecte-se conosco


Mulher

Turismo afrocentrado: empreendedora inova com roteiro inédito no Rio de Janeiro

Publicados

em


source
Gabriela Palma
Gabriela Palma

Gabriela Palma





Turismo sempre foi sinônimo de pontos turísticos tradicionais, especialmente, quando se trata da cidade do Rio de Janeiro, um destinos preferidos de viajantes do Brasil e no mundo. No entanto, para Gabriela Palma, empreendedora na empresa “Sou + Carioca”, há pelo menos 8 anos, esta realidade vem mudando com o fortalecimento do turismo afrocentrado.

“O mercado de turismo no Rio de Janeiro já estava saturado, sempre com os mesmos lugares, e nós não queríamos reafirmar isso. Além disso, nosso projetotambém tinha como foco o próprio morador do RJ, não apenas quem vem fora”, explica Gabriela.

Gabriela Palma é Sócio-fundadora da empresa “Sou + Carioca”, empresa criada em 2015, após um trabalho final de uma disciplina do curso de Turismo, do Senac. O negócio tem como foco o turismo fora do circuito tradicional, com mais de 150 roteiros. O primeiro deles é chamado de “Pequena África”, locais ainda pouco explorados na cidade do Rio de Janeiro. 

Conheça a Pequena África

Turismo afrocentrado
Gabriela Palma

Turismo afrocentrado


Pequena África é um termo criado pelo artista e sambista Heitor dos Prazeres, no início do século XX, para nomear alguns locais da cidade do Rio de Janeiro. Locais que também fazem parte do Circuito Histórico e Arqueológico de Celebração da Herança Africana, divulgada em livros, letras de música e enredos de escolas de samba.

Deste modo, a expressão “Pequena África” ou turismo afrocentrado passou a identificar parte significativa da zona portuária da cidade, onde marcada pela presença africana e pelo o patrimônio cultural negro. “A gente literalmente entende que o Rio de Janeiro como cidade vai para além da Zona Sul, que é o que vai para o mapa turístico oficial da cidade”, diz a empreendedora. 

Roteiro afro no RJ
Sou+Carioca

Roteiro afro no RJ


O roteiro turístico da Pequena África inclui visitas em: Morro da Conceição, Largo de São Francisco da Prainha, Pedra do Sal, Jardim Suspenso do Valongo, Cais do Valongo, entre outros locais. O próximo tour afrocentrado está programado para 28 de agosto de 2021, das 9h ao 12h, portanto, 3 horas de percurso, com saída na Praça do Mauá, no centro do Rio de Janeiro. 


Mais do que um tour turístico, durante o trajeto Pequena África, há também uma formação sobre questões étnico-raciais, a história da formação das favelas e subúrbios, bem como das desigualdades sociais que podem ser vistas em suas esculturas e lugares. “Eu tive uma conexão interessante com este roteiro, pois no processo de estudo e estruturação deste projeto turístico eu fui me entendendo, me reconectando com minha ancestralidade negra”, relembra Palma. 

Veja Também:  Crianças com síndrome de Down dançam juntas e emocionam a web; veja o vídeo

O turismo afro

Pequena África
Sou+Carioca

Pequena África


Gabriela Palma aponta que essencialmente o turismo, tanto do ponto de vista dos próprios turistas como dos lugares  em si, sempre tiveram narrativas eurocêntricas. “A gente nunca pensa ir para o continente africano, a gente pensa em ir para a Europa, para Paris, Itália, porque somos condicionados a conhecer a narrativa do colonizador e não do colonizado”, explica.

“Somos ensinados a entender que o berço da civilização nasceu na Europa, quando na verdade nasceu nas Américas, no Egito, mas somos direcionados a ver de outra forma”, continua. 

Para ela, o turismo afro é um grande quebra cabeça que se precisa se ir montando aos poucos em todos os lugares do mundo e também em diversas partes do Brasil. “Se pensarmos na Bahia, existe um roteiro turístico afrocentrado, se pensarmos a Europa, também vai ter, o fato de não ser explorado não significa que não haja”, aponta.

O turismo negro, para a empreendedora, não é a forma certa de se fazer turismo, mas uma alternativa ao próprio turismo. “O turismo negro não está dizendo o que é certo ou errado, que o você estudou ou sabe é errado sobre o turismo, na verdade ele trás um outro ponto de vista sobre locais e roteiros turísticos”, finaliza Gabriela.  

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Propaganda

Mulher

Aprenda a Oração dos 21 dias para alcançar as graças desejadas

Publicados

em


source

Alto Astral

Aprenda a Oração dos 21 dias para alcançar as graças desejadas
Reprodução: Alto Astral

Aprenda a Oração dos 21 dias para alcançar as graças desejadas

As orações são um momento de introspecção, reflexão e, sobretudo, fé. Por isso, as preces devem ser realizadas em locais calmos, preferencialmente a sós e sem barulhos ou distrações. É a hora de ouvir suas intenções e pedir, com o coração, para serem atendidas.

Se você está em busca de abundância, poder pessoal, firmeza na vida e deseja que todas suas graças sejam alcançadas, comece a fazer a Oração dos 21 Dias. Reserve alguns minutos diários de meditação e concentração para ler a prece, sempre duas vezes ao dia, durante 21 dias e tenha a sua vida transformada!

Oração dos 21 Dias

“Eu decreto que minha vida é um banquete e nela só há espaço para fartura. Vibro energia e vitalidade nos objetivos que traço, tendo foco, sabedoria e consciência de que tudo que vem até mim flui com facilidade e alegria.

Tenho criatividade, firmeza e poder pessoal. Tenho ideias e as pratico para ajudar o próximo. Elimino e extermino todos meus inimigos, transmutando toda negatividade alheia em fortalecimento do meu ser e espírito.

Elimino e extermino vícios e mecanismos de autossabotagem, pensamentos obsessivos e hábitos nocivos ao meu corpo físico e psíquico. Eu agora me curo de crenças que me limitam e de culpas que causam mágoas, traumas e medos e permito abrir meu coração, tendo mais confiança e fé. Transformo minhas dores e mágoas em aprendizados, entregando o controle do meu ego ao amor incondicional que tudo cura.

Curo minha comunicação com outros seres e comigo mesma e tenho mais leveza na minha vida. Perdoo a todos que me magoaram e peço perdão a quem magoei e principalmente a mim mesma, pois se me curo, curo o próximo e ao mundo. Eu honro e vibro amor a todos. Tranquilizo-me, pois, estou presente, tendo mais percepção às belezas da vida, tendo assim mais atenção a minha vibração também.

Deus, olha por mim, me conduzindo à cura e abundância. E ao final comando: Universo, como pode melhorar?”

Fonte: João Bidu

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Skincare caseiro: como cuidar da pele do rosto com ingredientes 100% naturais

Publicados

em


source
Veja quais ingredientes naturais são mais indicados para o seu tipo de pele
Pexels

Veja quais ingredientes naturais são mais indicados para o seu tipo de pele











Conforme a cultura do skincare ganhou forma, a variedade de  produtos disponíveis no mercado aumentou, gerando dúvidas sobre qual usar ou deixar de usar para conseguir bons resultados. Porém, além dos produtos vendidos prontos, também há a possibilidade de elaborar uma rotina de cuidados com o rosto utilizando produtos naturais que, além de benéficos, são mais econômicos.

De acordo com Brunna Santana, Cosmetóloga Natural da Añu Saboaria ( @anu.saboaria ), formada em Aromaterapia por Aromaflora e Fitoterapia pela Escola Humaniversidade, as principais vantagens de utilizar produtos de origem natural no rosto são:

  • Eles são ricos em ingredientes vegetais
  • Matérias primas responsáveis e biodegradáveis
  • Não utilizam substâncias químicas que possuem ação disruptora endócrina

“Produtos naturais são compostos, em sua maioria, por ingredientes de origem vegetal, que tem grande compatibilidade com a pele, deixando-a livre para respirar e fazer as trocas gasosas, pois os cosméticos naturais não contém insumos que causam a obstrução dos poros”, explica. Quanto à vantagem financeira da utilização desses produtos, ela ressalta que eles valem a pena tanto a curto quanto a longo prazo. 


“O consumo de cosméticos naturais beneficia a pele, a saúde e o meio ambiente. E vale lembrar que muitos ingredientes naturais têm múltipla função, como é o caso das argilas e óleos vegetais, que praticamente são cosméticos completos por si só”. Acompanhe a seguir as recomendações da Brunna para uma rotina de skincare eficiente e 100% natural. 

Antes de tudo, saiba qual o seu tipo de pele

De acordo com Brunna, saber qual o seu tipo de pele é essencial para selecionar os melhores ingredientes:

  • Peles oleosas: argila verde, óleo de andiroba, calêndula
  • Peles normais: argila rosa, óleo de semente de uva, camomila
  • Peles secas: argila branca, óleo de castanha do Brasil, aveia
  • Peles maduras: argila vermelha, óleo de jojoba, rosas
Rotina de skincare
Pexels

Rotina de skincare


Além disso, ela também destaca a importância de um passo a passo para o cuidado com a pele. 

Pela manhã: foco na higienização e na proteção dos raios UV

Você viu?

Cuidados diurnos: 

  • Higienização com sabonete específico para o seu tipo de pele
  • Hidratação a base de gel ou creme para evitar efeito oleoso ou pegajoso
  • Proteção solar (busque por marcas veganas e mais naturais possíveis)

“À noite a pele fica mais receptiva e terá menor contato com a poluição”, explica Brunna. “Então podemos investir em cuidados voltados para regeneração celular, esfoliação e oleação, por exemplo”. 

Cuidados noturnos: 

  • Higienização com sabonete para o seu tipo de pele (dê preferência aos de argilas)
  • Tonificação com água de arroz, rosas ou calêndula
  • Oleação para repor vitaminas da pele e prevenir a perda de água (opte por óleos vegetais indicados para o seu tipo de pele)
Veja Também:  Criança de três anos quase morre após engasgo com pipoca e mãe faz alerta

Dica extra: de 1 a 3 vezes por semana, aposte na esfoliação ou na máscara de argila para regenerar a pele ou fazer tratamento de alguma questão específica, como: acne, dermatite e mancha.

Sobre a eficiência de receitas caseiras (pó de café com açúcar e mel, por exemplo), Brunna acredita que se funciona para a pessoa, é válido. Contudo, ela alerta que nem tudo que é bom para alguém, é bom para os outros. “Faça o teste de alergia dos cosméticos que for utilizar (naturais ou industriais) e das receitas caseiras!”, pontua. O pepino e a camomila, por exemplo, são muito utilizados pelas pessoas em casa.

Receitas caseiras podem funcionar, dependendo de pessoa para pessoa
Pexels

Receitas caseiras podem funcionar, dependendo de pessoa para pessoa


Brunna explica que o pepino ajuda no clareamento das olheiras e seu sumo, quando usado na pele, promove uma hidratação profunda, brilho e vitalidade. Quanto a camomila, a cosmetóloga natural dá duas dicas de ouro: 

  • Lavagem do rosto com a infusão das flores
  • Máscara de argila branca com infusão de camomila para clarear manchas, suavizar e acalmar peles inflamadas e irritadas.

Para completar, ela relembra que o azeite de oliva, também muito utilizado, é um ingrediente curinga. “Para quem está começando agora na cosmética natural, pode investir, pois é de fácil acesso, baixo custo e suas propriedades são fantásticas. Por ser rico em ácido oleico promove hidratação, previne a perda de água, diminui radicais livres e evita o envelhecimento da pele”, explica. Por fim, ela recomenda que seja utilizado o azeite extra virgem com acidez máxima de 0,5%, informação que pode ser encontrada no rótulo do produto.

Brunna Santana, Cosmetóloga Natural  - Instagram: @anu.saboaria
Arquivo pessoal

Brunna Santana, Cosmetóloga Natural – Instagram: @anu.saboaria


Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

"2021" QUAIS SÃO AS SUAS EXPECTATIVAS PARA ESTE ANO QUE SE INICIA

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana