conecte-se conosco


Policial

Unidades de Barra do Garças são reformadas e Polícia Civil cria central para TCOs

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

Após sete meses de construções e reformas, a Polícia Civil de Mato Grosso inaugurou nesta sexta-feira (10.09), em Barra do Garças, a Central de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e entregou a revitalização da 1ª Delegacia de Polícia e da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher do município.

A solenidade foi realizada no anfiteatro da Prefeitura Municipal e na sequência, as autoridades seguiram para o complexo da Polícia Civil para uma visita técnica.

O recurso para as obras foi concedido após elaboração de um projeto, idealizado por três policiais civis, aprovado pela Delegacia Regional e posteriormente apresentado ao juiz Fernando da Fonseca Melo, titular do Juizado Especial Criminal de Barra do Garças e à promotora Nathália Manzano Magnani, da 1ª Promotoria de Justiça.

As autoridades chancelaram a ideia e destinaram recursos de multas pecuniárias para viabilizar a execução da obra, inicialmente orçada em R$ 347 mil, incluindo a mobília. As três delegacias estão instaladas em pontos próximos. A Central de TCO e a 1ª Delegacia de Polícia estão no mesmo endereço, na Rua Goiás.  A ideia é facilitar para o público em geral, bem como estrategicamente dar agilidade aos trabalhos policiais.

Novas estruturas

O prédio onde a Central de TCO foi adaptada estava desativado desde  2012, sendo inteiramente revitalizado e ampliado. No local foram criadas sete salas para cartório, um gabinete, copa, banheiros para os servidores, sala de reunião e uma recepção com banheiros ao público.

A Central de TCO foi estruturada para centralizar a apuração de todos os delitos de menor potencial ofensivo ocorridos em Barra do Garças e Pontal do Araguaia, deixando assim as delegacias apenas com investigações de crimes mais graves.

Veja Também:  Operação da Polícia Civil cumpre mandados contra líderes de facção em Nova Mutum

O prédio da 1ª Delegacia de Polícia, ao lado da Central de Flagrantes, também passou por reforma. Os prédios ainda receberam mobiliários novos e ares-condicionados.

Já a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher passou por revitalização, o que tornou a unidade mais agradável, acolhedora e com ambientes totalmente funcionais. O local está com modernas instalações, recepção, banheiros para o público, gabinetes, cartórios, sala de reunião, cozinha e banheiros exclusivos para funcionários.

Conforme o delegado regional, Wilyney Santana Borges, a Polícia Civil em Barra do Garças sempre apresentou bons resultados nas investigações criminais, reflexo do comprometimento de seus servidores.

O delegado explicou que, contudo, as instalações físicas das delegacias eram antigas, construídas ainda na década de 80 e por isso necessitam constantemente de reparos nas partes hidráulicas, elétricas, lógica e estrutural.

“Por meio de parcerias, todas as unidades policiais receberam fachadas modernas, melhorando a imagem institucional. O complexo da Polícia Civil fica localizado no centro, e do ponto de vista urbanístico é um ganho muito grande para a cidade, pois melhora a apresentação visual”, disse o delegado.

Presente na inauguração, o delegado-geral da Polícia Civil, Mário Dermeval, parabenizou os policiais civis de Barra do Garças pelo trabalho que, em parceria, resultou na conclusão das obras e a partir de agora terão unidades policiais de acordo com a padronização da instituição.

“Com a reforma, a Delegacia Regional conseguiu proporcionar mais dignidade e conforto para os servidores da Polícia Civil e também às pessoas que procuram a delegacia em busca de socorro para a solução dos seus conflitos sociais”, finalizou Dermeval.

Veja Também:  Medicamentos falsificados eram transportados como encomenda

Durante a cerimônia, o prefeito de Barra do Garças, Adilson Gonçalves de Macedo, falou da importância das ações integradas entre o poder executivo municipal com os órgãos públicos estaduais, visando a qualidade e melhorias na prestação de serviço para a comunidade.

“Quando falamos de desenvolvimento econômico, não podemos desprezar o quesito segurança pública, pois o empresário não investe em uma região que não tem segurança pública forte e atuante. Pois isso a Prefeitura de Barra do Garças, sempre foi e continuará sendo parceira da segurança pública, como no caso, agora da Polícia Civil, na construção do prédio da Central de TCO e a revitalização da 1ª Delegacia de Polícia e da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher”, finalizou o prefeito.

Estiveram também presentes na inauguração: o diretor de Interior, delegado Walfrido do Nascimento, chefe de gabinete, delegada Ana Paula de Faria Campos; deputados federais, Emanuel Pinheiro Neto e José Antonio Medeiros; deputados estaduais Claudiney de Souza Lopes e João Batista; presidente da Câmara Municipal, Pedro Ferreira da Silva Filho; juiz e diretor do Fórum de Barra do Garças, Michel Lotfi Rocha da Silva; promotora de Justiça, Nathalia Magnani; defensor público Edemar Barbosa Belém; presidente da OAB Subseção de Barra do Garças, André Luiz Soares Bernardes, prefeito de Pontal do Araguaia, Adelcino Francisco e o prefeito de Aragarças, Ricardo Galvão.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Propaganda

Policial

Polícia Civil prende em flagrante dois suspeitos por homicídio de rapaz no Pedra 90

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Duas pessoas foram presas em flagrante pela Polícia Civil na madrugada desta sexta-feira (17.09) por envolvimento no homicídio de  Felippe Fernandes Rodrigues da Silva, 21 anos, encontrado morto na região do Cinturão Verde, em Cuiabá. Os dois investigados foram autuados por homicídio qualificado e por constituir organização criminosa.

A equipe da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) chegou aos suspeitos depois de realizar diversos levantamentos, oitivas e informações que possibilitaram a identificação dos dois envolvidos no crime.

Conforme o delegado que preside as investigações, Mário Roberto Santiago, os suspeitos foram presos no Pedra 90. Um deles foi localizado em um motel da região, e o outro foi preso no bairro.

Felipe Fernandes foi localizado nesta quinta-feira (16), na estrada do Cinturão Verde, na região do Pedra 90, com oito perfurações de disparo de arma de fogo.

No dia 12 de setembro, duas pessoas (uma delas a vítima do homicídio) foram conduzidas pela Polícia Militar à Central de Flagrantes de Cuiabá sob suspeita de ter cometido estupro contra uma adolescente. Ambos foram ouvidos pelo delegado plantonistas e autuados em flagrante, sendo encaminhados à audiência de custódia, onde foram colocados em liberdade com medida cautelar de uso de tornozeleira eletrônica.

Veja Também:  Ação de conscientização sobre violência doméstica marca Agosto Lilás em Vila Bela 

No dia 14 de setembro, começaram a circular em grupos de aplicativos de mensagens de que integrantes de uma organização criminosa estavam atrás dos dois suspeitos do estupro para aplicar o chamado ‘salve’.

Felipe Fernandes foi à Central de Ocorrências da Polícia Civil e registrou um boletim de ocorrências informando que estava sendo ameaçado de um salve por membros do grupo criminoso por conta do possível estupro que teria praticado e passou o nome de uma pessoa que estaria por trás das ameaças. No mesmo dia em que registrou o boletim, Felipe desapareceu e a família registrou uma ocorrência relatando o desaparecimento dele e informando que a vítima havia sido levada por criminosos de uma organização criminosa.

Na quinta, a equipe do Núcleo de Pessoas Desaparecidas estava em diligências para esclarecer o desaparecimento de Felipe, quando foi localizado o corpo dele na região do Cinturão Verde.

A partir das informações dos boletins de ocorrências registrados, os policiais da DHPP chegaram à identificação de duas pessoas envolvidas no homicídio. O delegado Mário Santiago ouviu também a vítima do suposto estupro, além de familiares de Felipe.

Veja Também:  Policiais civis localizam ferramentas furtadas e três são presos por receptação dolosa

Diligências da DHPP seguem para identificar se há envolvimento de outras pessoas no homicídio.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil realiza ciclo de palestras sobre violência contra a mulher em Claúdia

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

A violência contra a mulher foi o assunto de destaque em um evento voltado para homens realizado pela Polícia Civil, na noite de quinta-feira (17.09), no Clube de Idoso do município de Cláudia (620 km ao norte de Cuiabá). O encontro contou cerca de 50 participantes para o ciclo de palestras que abordavam o tema “Violência Para Mulher: Um conteúdo para homens”.

No evento também foi disponibilizado o prêmio de um valor em dinheiro, referente a uma novilha, doada por um homem conduzido por violência doméstica, que se sensibilizou pela divulgação do tema para outros homens.

O delegado responsável pela Delegacia de Cláudia, Pablo Bonifácio Carneiro, abriu o evento, dando boas-vindas aos participantes e ressaltando a importância do assunto. Entre os palestrantes, estava a psicóloga do Creas, Mayara Lazzeri, que abordou o tema: “Os danos emocionais causados a mulher vítima de violência doméstica e a importância de evitá-los”.

Na sequência, falou o delegado de Sinop, Sérgio Araujo Ribeiro, com o tema “A importância da lei Maria da Penha e as suas recentes alterações”. Finalizando o ciclo de palestras, o Escrivão de Polícia, Hugo Almeida Da Silva, falou sobre “O papel do homem no âmbito doméstico”.

Veja Também:  Cinco suspeitos têm prisões cumpridas em ações distintas da Polícia Civil em Rondonópolis

No final do evento, foi sorteado o valor de R$3.5 mil aos presentes, tendo como ganhador um dos participantes. A premiação é referente a uma novilha doada por um homem que havia sido conduzido a delegacia por Violência Doméstica.

Na ocasião, o homem disse desconhecer o ato feito como crime e propôs que mais homens pudessem conhecer a lei, e assim, ele disse que doaria a novilha para sortear, caso a Polícia realizasse uma palestra sobre o tema.

 Participaram do evento, o promotor de justiça da Comarca de Cláudia, Eduardo Antonio Zaque. O procurador jurídico do município, Elton Diogo, e o presidente do Conselho de Segurança de Cláudia, Everson Konzen.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana