conecte-se conosco


Carros e Motos

Veja dicas de segurança na volta às aulas para evitar acidentes

Publicados

em


source
Uso da cadeira infantil para crianças de 1 a 10 anos ou até 1,45 m de altura é obrigatório conforme as regras de trânsito
Divulgação

Uso da cadeira infantil para crianças de 1 a 10 anos ou até 1,45 m de altura é obrigatório conforme as regras de trânsito

Com a queda dos números de novos casos e óbitos provocados pela Covid-19, as aulas presenciais nas redes estadual, municipal e particular de ensino foram retomadas. Diante disso, o Detran.SP reforça a importância de uma série de providências e cuidados no transporte das crianças para evitar acidentes ao longo do percurso até as escolas.

Confira algumas dicas valiosas para garantir a segurança, tanto dos pais quanto dos alunos no trânsito das cidades.

1 – Transporte de carro

· Crianças até 1 ano de idade: devem ser levadas em cadeira bebê conforto presa ao cinto de segurança, instalada no banco traseiro de costas para o movimento;

· Crianças de 1 a 4 anos: a cadeirinha deve ser colocada de frente para o movimento na posição vertical e presa com cinto de segurança;

· De 4 a 10 anos ou até 1,45 m de altura: transportar a criança em assento de elevação (ou booster) para que o cinto de segurança fique acomodado no quadril, centro do peito e meio do ombro, e evite impacto em uma colisão. A não utilização do equipamento implica em multa gravíssima, com 7 pontos na CNH e valor de R$ 293,47.

Veja Também:  Hyundai HB20 e Creta passam a sair de fábrica com o ‘Sem Parar’ instalado

· Acima dos 10 anos e adultos devem sempre usar o cinto de segurança nos bancos dianteiros e traseiros.

· No caso de vans: é obrigatório que todos os assentos tenham cinto de segurança

2 – Desembarque do veículo

· Esperar o veículo parar completamente;

· Desembarcar a criança sempre do lado da calçada e nunca para a rua. Para facilitar, uma dica é instalar a cadeirinha já do lado que irá descer.

3 – Escolha do veículo de transporte escolar

· Verificar se tem autorização para este tipo de transporte; se o condutor tem CNH categoria D ou E e fez o curso especializado para esta categoria;

Você viu?

· A van deve ter a inscrição ESCOLAR, cinto de segurança em todos os bancos, estar em bom estado de conservação, ter extintor de incêndio, entre outros itens de segurança. Se for utilizar o carro, sempre travar as portas traseiras .

4 – Condução do veículo:

· Não parar em fila dupla na porta das escolas, pois pode gerar acidentes, colocar em risco a criança no momento do desembarque e atrapalhar o trânsito;

Veja Também:  Toyota mostra linha 2022 do Corolla Cross no Japão

· Nunca desviar o olhar da direção ou se virar para falar com as crianças, pois perderá o foco da via e poderá ocasionar um acidente ou atropelamento;

· Não usar fones de ouvido e nem celular pois desviará a atenção aos sons e à via;

· Planejar o tempo do percurso da casa até a escola é importante para evitar correrias ou ultrapassar o limite de velocidade.

· Por fim, obedecer as leis de trânsito é essencial para um trânsito mais seguro e evitar acidentes.

”Os pais ou responsáveis pelas nossas crianças precisam estar atentos aos mínimos detalhes. São coisas simples, mas que podem fazer toda a diferença e evitar riscos desnecessários.

Parar em fila dupla na porta das escolas , por exemplo, pode gerar acidentes, coloca-las em risco no momento do desembarque e atrapalhar o trânsito”, alerta Neto Mascellani, diretor-presidente do Detran.SP.

O cuidado com as crianças, seja no transporte em veículos ou nas vias urbanas das cidades, é vital. Segundo o Datasus, o trânsito é o principal fator responsável por mortes de crianças de 1 a 14 anos, cerca de 37% no Estado de São Paulo.

A estatística consta no último levantamento divulgado pelo instituto, em 2019. Em segundo lugar aparece afogamento, com 28%, 13% sufocação, 7% queda, outros 7%, 4% envenenamento e 4% queimadura.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Propaganda

Carros e Motos

Volkswagen apresenta os elétricos ID.3 e ID.4 no Brasil

Publicados

em


source
VW ID.3: destaque nos emplacamentos da Europa é mostrado oficialmente no Brasil
Divulgação

VW ID.3: destaque nos emplacamentos da Europa é mostrado oficialmente no Brasil

A Volkswagen apresenta os modelos totalmente elétricos  ID.3 e ID.4 no Brasil. Os veículos fazem parte da nova estratégia ‘Way to Zero’, que inclui a descarbonização da produção e a geração de energia de fontes limpas até 2015.

As versões para a América Latina ainda não foram definidas – tampouco os preços. Segundo a Volkswagen , serão realizadas clínicas com clientes, jornalistas e engenheiros para definir o melhor pacote. 

O ID.3 tem três versões na Europa, cada uma com baterias de capacidades diferentes. A versão de entrada tem bateria de 45 kWh, com autonomia de 330 quilômetros. Na sequência, está a bateria de 58 kWh, que pode rodar 420 km. A versão topo de linha conta com bateria de 77 kWh e autonomia de 550 km. O modelo é fabricado em duas fábricas na Alemanha, em Zwickau e Dresden.

Veja Também:  Manutenção do filtro do ar-condicionado deve ser feita periodicamente

Já o ID.4 tem bateria capaz de armazenar até 77 kWh de energia, proporcionando autonomia máxima de 520 km. O motor elétrico posicionado no eixo traseiro gera força equivalente a 204 cv de potência.

Sendo assim, o ID.4 pode acelerar de 0 a 100 km/h em 8,5 segundos, com velocidade máxima de 160 km/h. A fabricante também divulgou que o proprietário do ID.4 poderá recarregar até 320 km de autonomia em uma unidade rápida em até 30 minutos. No carregador convencional, o ID.4 pode retomar 85 km na autonomia em cerca de uma hora.

A chegada do ID.4 é mais provável

A Volkswagen não confirmou qual dos modelos chegará primeiro, ou se ambos serão vendidos no Brasil. Conforme apurado pela reportagem do iG Carros, a marca alemã considera o hatchback ID.3 muito baixo para o padrão das ruas brasileiras. Há a preocupação de que o parachoque do modelo raspe em valetas, lombadas e rampas. Neste caso, um crossover faria mais sentido.

Veja Também:  Toyota mostra linha 2022 do Corolla Cross no Japão

As possibilidades pesam mais a favor do Volkswagen ID.4 , que poderá passar de R$ 500 mil, considerando o valor de outros veículos do segmento. A marca alemã tem uma parceria com Audi e Porsche para melhorar a infraestrutura para veículos elétricos nas principais capitais do Brasil.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

McLaren faz três unidades especiais do 720S em homenagem a Daniel Ricciardo

Publicados

em


source
Mclaren 720S Daniel Ricciardo: pintura alaranjada e detalhes azuis para combinar com o carro de F1 que venceu na Itália
Divulgação

Mclaren 720S Daniel Ricciardo: pintura alaranjada e detalhes azuis para combinar com o carro de F1 que venceu na Itália

Para homenager o piloto autraliano Daniel Ricciardo, a McLaren faz apenas três unidades exclusivas do modelo 720S que serão vendidas apenas na Austrália, terra natal do vencedor do GP da Itália, no último dia 12 de setembro. A novidade foi fabricada com ajuda da divisão de operações especiais da marca (MSO).

Foi a primeira vitória de Ricciardo pela McLaren , que não vencia uma prova na F1 desde 2012. A escuderia de Woking , que fica no condado de Surrey, no Reino Unido, também comemorou o segundo lugar de Lando Norris na prova italiana.

Entre os itens exclusivos da série limitada do 720S, destaca-se a pintura alaranjada em contraste com detalhes azuis, além de partes de fibra de carbono autografadas pelo piloto australiano.

Por dentro, o McLaren 720S especial também conta com detalhes pintados de laranja, mais exatamente no painel e nos bancos. Além disso, trata-se do supercarro original, que vem equipado com motor V8 de 4 litros de cilindrada, capaz de gerar 720 cv e 78 kgfm de torque, números para acelerar de 0 a 100 km/h em meros 2,8 segundos, conforme a fabricante.

“Um dos grandes privilégios de ser piloto da McLaren é poder estar ao volante dos vários superesportuvos da marca e quando algo oferece detalhes exclusivos estamos falando de peças únicas, como o 720S da série limitada”, disse o piloto de F1 vencedor do GP da Itália de 2021.

A série especial do McLaren 720S em homenagem a Daniel Ricciardo será vendida a partir do mês que vem, mas ainda não há um preço oficial divulgado. Tomando como base o 720S convencional, pode-se concluir que ficará acima dos US$ 300 mil, ou acima de R$ 1,7 milhão em uma conversão simples.

Veja Também:  Nissan comemora 250 mil veículos elétricos vendidos na Europa
Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana