conecte-se conosco


Tecnologia

Xiaomi bloqueia celulares em países proibidos pelos EUA; entenda

Publicados

em


source
Xiaomi Redmi 10 Prime
Divulgação/Xiaomi

Xiaomi Redmi 10 Prime

Usuários da Xiaomi em Cuba, Irã, Síria, Coreia do Norte, Sudão e Crimeia tiveram seus smartphones bloqueados pela companhia chinesa. Diversos relatos na internet, reunidos pelo portal XDA Developers, mostram a situação.

A gigante chinesa não vende oficialmente nesses países, mas sempre foi permissiva quanto à importação e ativação dos smartphones, como acontece também nos Estados Unidos – e acontecia no Brasil antes da Xiaomi chegar oficialmente ao país.

Agora, porém, os celulares ativados em regiões consideradas “problemáticas” pela Xiaomi foram bloqueados. Usuários divulgaram imagens que mostram os smartphones bloqueados com a seguinte mensagem: “A política da Xiaomi não permite a venda ou fornecimento deste produto no território no qual você tentou ativá-lo. Entre em contato com o varejista para obter informações adicionais”.

A Xiaomi ainda não comentou oficialmente o assunto, mas as regras da empresa mencionam a proibição em países que têm algum problema com os Estados Unidos.

“Todos os produtos vendidos estão sujeitos às leis de controle de exportação aplicáveis, incluindo, mas não se limitando, às leis de controle de exportação dos Estados Unidos. O Comprador não exportará nenhum produto adquirido do Vendedor para qualquer país ou território ou qualquer lugar se as leis de controle de exportação proibirem. Os países e territórios proibidos incluem Cuba, Irã, Síria, Coréia do Norte, Sudão e a região da Crimeia”, diz o texto.

Comentários Facebook
Propaganda

Tecnologia

Blue Origin, de Jeff Bezos, anuncia que dois empresários irão ao espaço

Publicados

em


source
Chris Boshuizen e Glen de Vries
Divulgação/Blue Origin

Chris Boshuizen e Glen de Vries

A Blue Origin, empresa do bilionário Jeff Bezos, anunciou dois dos quatro tripulantes que estarão em sua próxima viagem ao espaço, marcada para o dia 12 de outubro. O voo acontecerá cerca de  três meses depois do próprio Bezos ir ao espaço.

Os turistas espaciais da vez são Chris Boshuizen e Glen de Vries. O primeiro é ex-engenheiro da Nasa e co-fundador da empresa de satélites Planet Labs, enquanto o segundo é vice-presidente de Dassault Systèmes e co-fundador da Medidata, empresas de software. A Blue Origin deve anunciar os dois outros integrantes nos próximos dias.

“Esta é a realização do meu maior sonho de infância. Mais importante, porém, vejo este voo como uma oportunidade para inspirar estudantes a seguirem carreiras em ciência, tecnologia, engenharia e matemática, e catalisar a próxima geração de exploradores espaciais”, disse Boshuizen.

“Participar do avanço da indústria espacial e, um dia, disponibilizar esses recursos e essa compreensão para todos, é uma oportunidade incrível. Eu sou apaixonado por aviação e espaço desde que me lembro, então este voo é realmente um sonho que se tornou realidade”, declarou de Vries.

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Amazon lança Echo Show 15, quadro inteligente com Alexa integrada

Publicados

em


source
Amazon Echo Show 15
Divulgação/Amazon

Amazon Echo Show 15

A Amazon lançou nesta terça-feira (28) o Echo Show 15, uma tela inteligente de 15,6 polegadas que pode ser pendurada na parede. Assim como os demais modelos da linha Echo, o dispositivo tem suporte à assistente de voz Alexa.

À primeira vista, a novidade se parece bastante com um quadro, com direito até à moldura. O Echo Show 15, porém, pode executar diversas funções, como controlar dispositivos da casa inteligente, tocar músicas, agendar compromissos e fazer videochamadas.

A tela tem resolução Full HD, o que permite a realização de funções como assistir vídeos por streaming. Apesar da telona, a novidade não foca em um som muito potente, como é o caso do  Amazon Echo Show 10.

O Echo Show 15 ainda possui uma câmera de 5MP que, além de permitir videochamadas, também serve para o reconhecimento facial. Com ele, cada morador da casa pode ter uma interface diferente, acessada apenas por essa pessoa.

Veja Também:  Site da Apple sai do ar no dia do lançamento do iPhone 13

A novidade chega aos Estados Unidos até o final deste ano pelo preço oficial de US$ 249,99, cerca de R$ 1,3 mil em conversão direta. Apesar de não ter data para chegar ao Brasil, o modelo já está registrado no site da Amazon no país por R$ 1.899.

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA ATÉ O MOMENTO A GESTÃO DR. DIVINO PREFEITO DE BARRA DO BUGRES ESTÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana