conecte-se conosco


Mato Grosso

Governo de MT divulga resultado preliminar de edital para auxílio a atleta

Publicados

em

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), publicou nessa sexta-feira (09.06) o resultado preliminar do edital Bolsa Atleta 2022, que integra o projeto Olimpus. Com investimentos de R$ 5,04 milhões, a seleção pública visa conceder bolsas financeiras mensais a atletas de todo o Estado.

“Essa edição do Bolsa Atleta é a maior da história em abrangência, valores e quantidade de atletas atendidos. Por isso em nome do governador Mauro Mendes, em nome dos secretários que passaram pela Pasta, quero agradecer os servidores da Secel pelo empenho para efetivar essa política pública, que com certeza vai garantir ainda mais conquistas para o esporte de Mato Grosso”, expressa o titular da Secel, Jefferson Carvalho Neves.

Dentre os atletas classificados na fase de análise técnica estão moradores de diferentes municípios mato-grossenses, como Alta Floresta, Araputanga, Barra do Garças, Campo Verde, Cuiabá, Cáceres, Denise, Juara, Nobres, Nossa Senhora do Livramento, Sinop, Sorriso e Várzea Grande.

As modalidades praticadas pelos atletas também são variadas e incluem atletismo, boxe, futsal, natação, handebol, judô, karatê-dô tradicional, tênis de mesa, rugby, voleibol e wrestling. Ainda estão na lista de classificados os atletas com deficiência que atuam nas modalidades paralímpicas, tais como goalball, judô e futebol de cegos.

Veja Também:  Servidores do IML são treinados para a coleta de material biológico em pessoas vivas

Todos os atletas contemplados irão receber o benefício durante 12 meses. Aos esportistas de base, há três categorias de auxílio financeiro: a Infantil, com bolsas de R$ 200; a Base, no valor de R$ 400; e a Estudantil, de R$ 800. Para os atletas de alto rendimento, as bolsas mensais são de R$ 1.200, na categoria Nacional, e de R$ 2 mil reais, na categoria Internacional. 

Com a publicação do resultado preliminar, os interessados devem ficar atentos ao prazo para interposição de recursos administrativos dessa fase de seleção, que é de dois úteis, ou seja até terça-feira (14.06). O recurso deve ser enviado ao e-mail [email protected], conforme anexo 10 do edital. A homologação do resultado final está prevista para ser publicada no dia 23 de junho.

Serviço

Edital Bolsa Atleta 2022

Resultado preliminar de análise técnica: www.secel.mt.gov.br/editais

Prazo para recursos: até terça (14.06)

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Propaganda

Mato Grosso

Itiquira decreta luto oficial e suspensão do expediente nesta terça-feira

Publicados

em

Por

 

A Comarca de Itiquira (a 357 km ao sul de Cuiabá) está com o expediente suspenso nesta terça-feira (05) em virtude do falecimento do colaborador Ewerton Dioni Padilha Alves da Silva. Os prazos processuais com vencimento previsto para a data foram prorrogados para o primeiro dia útil seguinte à suspensão.

 As determinações constam na Portaria n. 26/2022/ADM, assinada pela juíza substituta e diretora do Foro da Comarca, Fernanda Mayumi Kobayashi, que ainda decretou luto oficial por três dias.

Clique neste link para acessar a Portaria n. 26/2022/ADM.

Alcione dos Anjos
Coordenadoria de Comunicação da Presidência do TJMT

Fonte: Tribunal de Justiça de MT

Comentários Facebook
Veja Também:  Governo promove curso de especialização para profissionais dos quatro polos turísticos do Estado
Continue lendo

Mato Grosso

Poder Judiciário de Mato Grosso

Publicados

em

Por

A Polícia Civil de Mato Grosso apresentou as novidades tecnológicas da instituição ao corregedor-geral da Justiça, o desembargador José Zuquim Nogueira, que no ato representou a presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), Maria Helena Gargaglione Póvoas. O encontro aconteceu nesta segunda-feira (07/07), na Corregedoria Geral da Justiça (CGJ), em Cuiabá.
 
Segundo o delegado-geral de Mato Grosso, Mário Dermeval Aravechia de Resende, a instituição promoveu uma evolução tecnológica nos últimos quatro anos. “Sejam em ações que já estão sendo desenvolvidas como melhorias no sistema da Polícia Civil, o GEIA, Inquérito Eletrônico, no SOS Mulher, integração com o Processo Judicial eletrônico (PJe), a Politec, o Ministério Público, a outras iniciativas que estão em desenvolvimento como gravação de oitivas, manual de objetos apreendidos, apreensão virtual tridimensional de objetos apreendidos, elementos de cadeia de custódia e diversas outras frentes. Cerca de meio bilhão foram investidos em sistemas que rodam e administram todos os produtos da Polícia Civil. Assim Mato Grosso tem um dos sistemas mais modernos do pais e que deve começar a funcionar este ano”, pontuou.
 
O coordenador de tecnologia da Polícia Civil, Fábio Ferreira, apresentou o trabalho realizado pela Polícia Civil para trazer melhorias e novas integrações, em busca de um sistema de excelência de investigação e gestão policial. Uma das novidades mostradas é a gravação de oitivas. “É algo que ainda aguarda parecer do Tribunal, mas já possuímos um sistema, o Kenta, que permite a gravação com toda segurança por meio de criptografia, assinatura eletrônica, que irá gerar um hash de segurança (um arquivo que se for alterado irá revelar essa modificação). O magistrado ainda receberá essa oitiva por um link, com uma senha, para acessar um portal de mídia da Polícia Civil. É como se fosse um streaming. Criamos isso por conta da dificuldade de remeter grandes arquivos ao PJE. Por exemplo, não consigo enviar um vídeo de 200 megas de Canarana para a capital. Então nos criamos um esquema de servidores, em que cada unidade se comunica com os servidores na nossa central”, explicou.
 
Outra inovação é a validação biométrica direto na Politec, o que permite que as pessoas que tenham a biometria coletadas sejam imediatamente identificadas, se cadastradas no sistema da unidade de perícia. “Além disso, realizamos o confronto de biometria. Se ele for de Mato Grosso e tiver uma identidade digitalizada, cerca de 70% da população já é, conseguimos validar em tempo real. Em uma semana pegamos cinco pessoas tentando se passar por outras, com documento falso. O sistema não fala de quem é biometria, só diz que a biometria não confere com o cadastro da Politec”, detalhou.
 
O corregedor-geral da Justiça, o desembargador José Zuquim Nogueira, parabenizou a instituição por todas as iniciativas. “Não sei se vocês sabem, mas entre a década de 70 e 80 fui delegado e vocês não imaginam a minha satisfação de ver todos esses avanços sendo realizados. E o caminho é esse mesmo, de unir forças, com integração e modernização. A pandemia impulsionou o desenvolvimento tecnológico, porque não podíamos ficar parados, e assim como o judiciário, vocês avançaram, mudanças que não tem volta e que oferecem um melhor serviço à população mato-grossense”, afirmou.
 
Participaram ainda da reunião o juiz auxiliar da CGJ, João Thiago de França Guerra, a vice-diretora geral do TJMT, Janaina Badre Teixeira Bergamaschi, o assessor jurídico da presidência, Paulo Roberto Gomes Bezerra Filho, o coordenador da CGJ, Flavio de Paiva Pinto, a diretora de Execução Estratégica, Daniela Silveira Maidel, delegado-geral adjunto da Polícia Judiciária Civil, Gianmarco Paccola Capoani, diretor Metropolitano da Polícia Judiciária Civil, Rodrigo Bastos da Silva e o diretor de Inteligência da Polícia Civil, Juliano de Carvalho.
 
#Paratodosverem Esta matéria possui recursos de texto alternativo para promover a inclusão das pessoas com deficiência visual. Descrição de imagem: Foto 1 colorida – Todos estão sentados à mesa, o delegado-geral de Mato Grosso, Mário Dermeval Aravechia aponta e conversa com o corregedor Zuquim. Ao fundo a tela do retroprojetor está projetada na parede.
 
Larissa Klein  
Assessoria de Imprensa CGJ
 

Fonte: Tribunal de Justiça de MT

Veja Também:  Dezoito municípios estão com alto risco de contaminação pela Covid-19

Comentários Facebook
Continue lendo

QUEREMOS SABER SUA OPINIÃO

EM SEU PONTO DE VISTA A GESTÃO AZENILDA PEREIRA SERÁ?

Barra do Bugres e Região

Mato Grosso

Agronegócio

Mais Lidas da Semana